Candidatos a prefeito participam de debate histórico

Sete dos oito candidatos a prefeito de Teresópolis participaram do Debate organizado pela Diário TV nesta segunda-feira no Hotel Intercity

Sete dos oito candidatos a prefeito de Teresópolis participaram do Debate organizado pela Diário TV nesta segunda-feira no Hotel Intercity

– Diário TV e jornal Diário reúnem sete candidatos para debater processo político de Teresópolis

Na noite desta segunda-feira, 26, aconteceu nas instalações do Hotel Intercity, em Agriões, o maior debate entre candidatos a prefeito da história de Teresópolis. Sete dos oitos pleiteantes ao cargo de prefeito participaram do evento, transmitido ao vivo para os assinantes da RCA. O evento contou com apoio do Hotel Intercity, Sandro Borges Produções e Eventos, VM Madeiras, Ricardo Wagner, Padaria Império, F Security, OAB e Observatório Social do Brasil – Teresópolis.

Antes do início da transmissão representantes dos candidatos participaram do sorteio que definiu o posicionamento dos candidatos nas bancadas, perguntas feitas pelas entidades parceiras e também os questionamentos entre os pleiteantes. O sorteio definiu a ordem dos candidatos: Nilton Salomão, André Couto, Luiz Ribeiro, Cláudio Mello, Roberto Petto, Paulo Ramos e Mario Tricano. O candidato Claudinho do Posto não compareceu ao debate. Sua assessoria alegou que ele estava com problemas de saúde.

Valéria Silva, do Observatório Social de Teresópolis, leu o protocolo de transparência antes da assinatura dos sete participantes

Valéria Silva, do Observatório Social de Teresópolis, leu o protocolo de transparência antes da assinatura dos sete participantes

Dentro do regulamento do evento, no primeiro bloco, os candidatos responderam perguntas enviadas pelas entidades parceiras do debate. Os questionamentos foram apontados através de sorteio. Nilton Salomão falou sobre transparência nas licitações públicas e a possibilidade de prestigiar empresas de Teresópolis. André Couto foi questionado sobre a Leio de iniciativa popular que prevê o investimento de 3% dos recursos próprios em habitação. Já Luiz Ribeiro falou sobre as Organizações Sociais e sua gestão na Saúde pública. Cláudio Mello discorreu sobre iluminação pública e a ‘caixa preta’ da arrecadação da TIP – Taxa de iluminação. O candidato Roberto Petto falou sobre mobilidade urbana e a necessidade de investimentos. Paulo Ramos foi questionado sobre merenda escolar. Por fim, Mario Tricano falou sobre saneamento básico.

 

Audiência total: O Debate foi transmitido ao vivo pela Diário TV para os assinantes RCA em Teresópolis

Audiência total: O Debate foi transmitido ao vivo pela Diário TV para os assinantes RCA em Teresópolis

Transparência

O segundo bloco foi marcado pela intervenção do Observatório Social do Brasil em Teresópolis, que propôs aos candidatos a assinatura de um termo de compromisso com a transparência nas contas públicas do município. Os candidatos ouviram a leitura do termo e tiveram a oportunidade de assinar o documento, justificando em seguida sua opção. Todos os sete participantes assinaram o termo proposto pela organização.

No mesmo bloco começaram a acontecer os direitos de resposta julgados por uma comissão especial. Participaram Marco Benedito, representando a OAB; Eliandro Maurat, do projeto Salva Vidas no Trânsito; Marco Benedito, da Associação Comercial – Aciat; e Claudia Mateus, do Observatório Social. Foram concedidos direitos de resposta a Luiz Ribeiro, citado por sua relação com a Beneficência Portuguesa; e Tricano, creditado por ter se referido aos desabrigados de 2011 como ‘meia dúzia de gatos pingados’.

Cláudio Carneiro, presidente do Observatório Social, apontou a contribuição do Debate para o processo de formação da cidadania da população

Cláudio Carneiro, presidente do Observatório Social, apontou a contribuição do Debate para o processo de formação da cidadania da população

O terceiro bloco do Debate foi dedicado às perguntas entre os candidatos. Foram dedicados 30 segundos para a pergunta, dois minutos para resposta, um minuto de réplica e mais um minuto de tréplica. Pela ordem, os questionamentos foram os seguintes: Petto questionou Paulo Ramos sobre a importância da agricultura do município e os planos para o setor. Depois Salomão perguntou a Luiz Ribeiro sobre sua participação direta e indireta nas últimas administrações municipais. Em seguida Paulo Ramos quis saber de Salomão sobre projetos para o Turismo da cidade. Tricano e Cláudio Mello discutiram sobre propostas de redução de repasses ao Legislativo.

Na sequência, realizada no bloco seguinte, após concessões de direitos de resposta, André Couto questionou Petto sobre o seu trabalho com vice-prefeito de Mario Tricano. Depois Luiz Ribeiro perguntou a Tricano sua opinião sobre a Lei da Ficha Limpa. Cláudio Mello perguntou a Andre Couto sobre os benefícios que a cidade teve com seu trabalho como assessor parlamentar.

Por fim, no último bloco do programa, após mais direitos de resposta, os candidatos tiveram três minutos para fazer suas considerações finais.

 

Avaliações positivas

Após o evento, empresários e parceiros comentaram o debate e sua contribuição para o processo político da cidade. Ladmir Carvalho, diretor da Alterdata Software, o evento ficou acima do esperado. “Achei o debate espetacular, com a participação de todos, falando, trocando informações. Isso esclarece sobre as necessidades do município. Não sou a favor e nem contra qualquer um deles, mas estou do lado da nossa cidade. Achei o debate um pouco evasivo, muitos fugiram dos questionamentos e isso não é legal. Sei que falaram pouco do nosso principal problema, que é gestão. A Prefeitura precisa de organização, gestão de qualidade. Isso foi pouco comentado. O Diário está de parabéns, é um evento difícil de ser fazer e o sucesso foi atingido”, finaliza.

Outro que aplaudiu a iniciativa foi Rodrigo Ferreira, presidente da subseção local da OAB. “Só temos que louvar a iniciativa da Diário TV que de forma democrática trouxe o debate de todos os candidatos. Antes disso, fez uma série de entrevistas, igualmente democráticas, abrindo oportunidade a todos os candidatos de se manifestarem, dando direitos iguais a todos os candidatos. Hoje assistimos um ato de democracia, sem precedentes em Teresópolis, onde os candidatos trouxeram propostas, enfrentamentos, críticas, sugestões e até provocações que foram bem recebidas e respondidas à altura”, avaliou.

Para o empresário Marco Freitas, presidente a Aciat, o nível foi muito bom. “O Grupo Diário está de parabéns, um debate de alto nível, muito equilibrado. Vejo que para o eleitor foi um grande apoio para a decisão. Esse evento fortalece a democracia e vai ajudar o eleitor a se definir sobre seu voto no próximo domingo”, opina.

Outro que aprovou o evento foi Cláudio Carneiro, presidente do Observatório Social do Brasil em Teresópolis. “Penso que foi um momento de cidadania, onde cada candidato pôde colocar suas ideias e entendimentos sobre a cidade. Isso vai ajudar realmente na decisão pelo voto. Parabenizo à Diário TV pela organização e pela parceria com o OSB. Esse evento torna-se importante para que as pessoas conheçam realmente os candidatos”, finaliza.

Deixe seu comentário

André Oliveira é comunicador e fotógrafo. Tem 20 anos de experiência no setor de comunicações, com passagens por diversos segmentos como rádio, jornal, revista e TV. É repórter e apresentador do jornal O DIÁRIO e da DIÁRIO TV.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...