Cerimônia de casamento. O sonho de toda mulher

O Higino Country Club decorado para o casamento de Bruna e Máximo

A tradição diz que o mês de maio é considerado o mês das noivas

 

Segundo o padre e teólogo Pedro Washita, do Instituto Teológico de São Paulo, o mês de maio é considerado o mês das noivas por uma tradição importada dos países do hemisfério norte, onde maio é um mês muito importante para os costumes populares. Naquela parte do mundo, a chegada de maio é celebrada com muitas flores, em homenagem à natureza que refloresce e à primavera que por lá atinge a plenitude. Ao longo dos séculos, esses elementos foram sendo associados à celebração do amor no casamento. Essa mesma ligação com as flores e a feminilidade fez com que maio, além de mês das noivas, também fosse considerado o mês das mães e de Maria.
Pensando nisso, eu convidei a cerimonialista, Mônica Fernandes para um bate papo no Super Mais. Natural de Teresópolis, Mônica foi para o Rio de Janeiro para fazer faculdade de Relações Públicas e começou a trabalhar com eventos corporativos, e através desse tipo de evento, recebeu uma proposta para fazer uma festa de casamento no Parque Lage. Apesar de na época ser avessa á casamentos, ela topou o desafio, que segundo ela, foi imenso, pois tratava-se de uma festa diferente, que fugia dos padrões tradicionais, a começar pelo local. Ela lembra que produziu o casamento todo, nos mínimos detalhes e da forma que os noivos queriam, diferente do tradicional, e conta que quando acabou a festa deu tudo de presente para os convidados, pois não tinha onde guardar tanta coisa, e achou que aquele seria o último casamento que ela faria, já que a área dela era de eventos corporativos. Na semana seguinte, o Parque Lage ligou para ela produzir outro evento, e nessa festa pintou outra proposta para que ela fizesse outra festa de casamento, e assim, de boca em boca, surgiram outros casamentos e Mônica acabou mudando o foco de suas atividades se especializando nos casórios…e lá se vão 15 anos casando com glamour.

O estilo romântico em arranjos compõe bem e dão o clima

A história do buquê

Em Campos, em um casamento, uma das convidadas pegou o buquê, e coincidentemente ela era de Teresópolis, e havia se encantado com a festa. Procurou a noiva e perguntou sobre a cerimonialista. Mais 1 ano de preparação para realizar outro casamento. Foi a grande reviravolta porque abriu um leque de oportunidades para fazer casamentos em Teresópolis.
Uma noiva em especial passou 2 anos indo aos casamentos para ver se a cerimonialista era aprovada para fazer o casamento dela. E depois desse tempo todo de análise, Mônica finalmente foi contratada para a festa.
Mônica descobriu que na cidade existem bons profissionais, bons parceiros, tem potencial. “O mercado de casamentos em Terê está aquecido, outros profissionais surgiram, o que é bom para a cidade.
A cidade precisa ser vista também”, afirma a profissional.

Requinte e bom gosto nos mais diversos estilos dão o tom do trabalho da cerimonialista Mônica Fernandes

Representando a Região Serrana

No ano de 2012, Mônica foi convidada para assinar um espaço em um dos maiores eventos, representativos no mercado de casamentos, para representar a região serrana. A proposta era de montar no local uma festa, mostrando que na serra existem bons profissionais. “E foi um desafio grande, porque a gente ainda tem que construir isso, fortalecer ainda mais o mercado, mas trouxe um bom resultado. Esse ano novamente o convite foi feito, para dar destaque para Teresópolis”, conclui.
Mônica afirma que em algumas áreas é preciso uma maior profissionalização, mas 90% já é possível encontrar na cidade para que se faça um excelente casamento, com profissionais daqui. Um detalhe ou outro ainda precisa ser trazido de fora. “Isso facilita o trabalho, vai abrir uma frente boa para outros profissionais. Gostaria imensamente que as pessoas achassem maravilhoso casar em Teresópolis, pois a cidade tem lugares lindos, tem profissionais competentes, algumas coisas precisam se ajustar, mas em 4 anos eu tenho visto a coisa mais bonita de se ver”, conta Mônica. “Temos maquiadores excelentes na cidade, até o 3º casamento eu trazia de fora, mas agora não tenho mais dúvidas, utilizo os serviços dos profissionais daqui”, conclui.

Decoração da cerimônia de casamento de Vivi e Vítor

Antecedência

A noiva precisa se preparar com bastante antecedência, pelo menos 1 ano para garantir os profissionais que ela quer, a igreja principalmente. Para que os noivos fiquem confortáveis com os serviços que os noivos sonharam, 1 ano de antecedência é o ideal. Um casamento demanda, precisa de planejamento, precisa estar ao gosto dos noivos e dentro das suas possibilidades financeiras
O marco zero de um casamento, segundo Mônica, é a lista de convidados. “A partir dela definimos o local que comportará o evento e respectivas necessidades, checar datas para avaliar se a proximidade de um feriado pode ajudar ou atrapalhar! Sempre haverá prós e contras, mas na avaliação geral, é pela lista de convidados que saberemos. Saber se há algum evento fixo próximo à data ou na mesma data, que comprometerá hospedagem e outros serviços para seus convidados”, explica a cerimonialista.
Definir o estilo da festa, se ela vai ser contemporânea, rústica, clássica, romântica (todas acabam sendo), escolher os profissionais dos seus sonhos: cerimonial, decorador, fotógrafo, filmagem, buffet, bolo, docinhos…O cerimonial irá desdobrar todos os ítens para que os noivos tenham as opções de acordo com suas possibilidades e desejos. Na escolha de todos eles, a empatia com o fornecedor deve ser considerada. Imagine que durante um ano trocarão informações, ideias, sonhos!!! Procure profissionais em quem confie.

Decoração simples para casamento religioso

Preparação

Por isso leva 1 ano de preparação, para poder construir a festa e até mesmo ter tempo hábil de mudar o que a noiva escolheu. “É muito comum a noiva começar com um casamento lilás e verde, e de repente descobrir que amarelo com vermelho e laranja é lindo!”, afirma a cerimonialista.
Segundo Mônica Fernandes, o pré evento também é muito gostoso para os noivos, é preciso aproveitar tudo, cada momento dessa construção. Acaba sendo uma diversão para os dois e para as mães que geralmente participam de tudo. Existem mães que fazem patchwork, fazem artesanato, lembrancinhas á mão, se envolvem de corpo e alma com o casamento.
Mas, os imprevistos também acontecem, como a chuva em um casamento ao ar livre, e é preciso muito profissionalismo para resolver a questão de última hora.
Um dos momentos mais importantes para Mônica, é o momento dos noivos, onde ela literalmente seqüestra os dois para que eles possam jantar e brindar antes de receber os convidados para a festa, ela faz questão desse momento. Depois eles voltam para a festa.
A produção do local escolhido para a festa deve ser especial, e segundo a profissional, é importante valorizar o lugar do jeito que ele é. “Não gosto muito de transformar o local”, afirma ela.

Mônica Fernandes brilhou no programa Super Mais

A artista

A decoração precisa refletir o que o casal gosta, por isso a primeira entrevista com os noivos leva aproximadamente quatro horas. A cerimonialista faz tudo, ajuda a escolher o vestido, faz a decoração, providencia o Buffet, tudo… a noiva não se preocupa com nada.
“Meu coração fica apertado quando eu vejo a noiva saindo do carro para o casamento, é um sentimento de mais um dever cumprido”.
É possível se fazer um casamento em locais menores, maiores, a céu aberto, o importante é o casamento ser personalizado para os dois, tem que ter um toque pessoal, que os amigos ao entrarem na festa reconheçam o casal lá.

Para quem quiser uma consultoria da cerimonialista, ela atende em seu escritório no Shopping New Fashion, com hora marcada. Ligue para (21) 9124-7841 e marque sua entrevista.
Site:Mfproducao.com.br

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Todos os dias nas bancas, o DIÁRIO traz pra você as mais elaboradas reportagens, reclamações da população com o Diário Comunidade, as matérias policiais, políticas, cultura, esporte, entretenimento e tudo mais para manter o teresopolitano informado. Além da melhor seção de classificados da região. O DIÁRIO tem a sua trajetória inserida na história do município de Teresópolis e trabalha com profissionais especializados e graduados, sempre em busca do melhor jornalismo. Leia O Diário de Teresópolis. Nas bancas.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...