Começa a temporada de aferição dos taxímetros

Segundo o presidente Onofre Correa, Sindicato e prefeitura tentam juntos fazer com que o Ipem volte a realizar as vistorias em Teresópolis

Segundo o presidente Onofre Correa, Sindicato e prefeitura tentam juntos fazer com que o Ipem volte a realizar as vistorias em Teresópolis

– Motoristas de Praça de Teresópolis têm que ir a Petrópolis para se regularizar

A partir da próxima segunda-feira, 10, os taxistas que trabalham em Teresópolis deverão providenciar a aferição dos taxímetros. O procedimento é anual e faz parte da série de obrigações que os motoristas de praça que possuem concessão no município precisam cumprir para circular em conformidade com a legislação. O processo é realizado em Petrópolis, sendo necessário o agendamento prévio através do site do Instituto de Pesos e Medidas – Ipem.

“A aferição é periódica. Todo ano fazemos esse procedimento nos taxímetros que são utilizados em Teresópolis”, justifica Onofre Correa, presidente do Sindicato dos Taxistas de Teresópolis. “Nesse período alguém pode ter feito troca de carro ou algum reparo. Esses equipamentos de precisão, que definem  valores de serviços ou de produto, precisam ser verificados como forma de garantia aos consumidores. É uma prestação de contras”, analisa.

Até o dia 27 de outubro os taxistas devem agendar o procedimento através do site do Ipem <http://servicos.rbmlg.gov.br/agendamento>. Será informado o CPF do permissionário e em seguida o agendamento, na data e horário de preferência do profissional. A guia deverá ser impressa e juntada aos documentos como último certificado do Ipem, exercício de 2015; CRLV de 2015, Taxa do Guia de Recolhimento da União (GRU) quitada no valor de R$ 51,96; Certificado de Segurança Veicular para carros GNV dentro da validade e com foto do veículo; documento de identidade e comprovante de residência.

 

Feirinha de Itaipava

De acordo com o presidente do Sindicato, “A aferição está sendo feita na Feirinha de Itaipava (BR 040, km 63 – Itaipava) onde o taxista tem que comparecer. Mesmo aquele que não estiver com o veículo em condições de circular, têm que comparecer à sede do Ipem para justificar e pedir um novo prazo. Nesse período não poder rodar até fazer a aferição”, adverte.

Há poucos anos o procedimento de aferição dos taxímetros era realizado em Teresópolis. Segundo Correa, a cidade perdeu esse serviço quando deixou de contar com a representação do Ipem no município. O representante garante que as autoridades estão se esforçando para que o serviço volte a ser prestado aqui. “O prefeito já fez um pedido ao governador para que o Ipem volte para Teresópolis, mesmo porque não precisamos ficar dependentes de outras cidades. Esse trabalho sempre foi feito aqui. Esse deslocamento faz o taxista perder praticamente o dia todo”, pontua.

O sindicato tem também um relojoeiro credenciado pelo Ipem que presta atendimento aos profissionais na cidade. “Se houve alguma mexida ou reparo no taxímetro, tem que ir até lá para os possíveis ajustes”, adverte Onofre.

Em caso de permuta ou transferência, a documentação da Prefeitura e do relojoeiro também deverá ser apresentada. Caso não seja feito o procedimento no prazo, o taxista poderá ser autuado.

Maiores informações podem ser obtidas com os responsáveis pelos pontos de táxi ou com o próprio Sindicato pelos telefones 2742-6457 ou 97650-7319.

 

Deixe seu comentário

André Oliveira é comunicador e fotógrafo. Tem 20 anos de experiência no setor de comunicações, com passagens por diversos segmentos como rádio, jornal, revista e TV. É repórter e apresentador do jornal O DIÁRIO e da DIÁRIO TV.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...