Dois presos por receptação de carro roubado

Veículo roubado no Rio de Janeiro foi entregue para homem em Teresópolis. Os dois terminaram atrás das grades

Veículo roubado no Rio de Janeiro foi entregue para homem em Teresópolis. Os dois terminaram atrás das grades

– Moradores de Teresópolis estariam envolvidos em grande esquema criminoso

Graças a denúncias anônimas passadas ao quartel do 30º BPM, policiais do Setor de Inteligência, a P2, conseguiram retirar de circulação dois homens envolvidos com roubos de veículos e ainda receberam informações sobre outros que fariam parte de quadrilha especializada nesse tipo de crime. Comunicados que um carro roubado no Rio de Janeiro estaria sendo trazido para Teresópolis, os agentes montaram campana no Soberbo e passaram a seguir o Honda HRV de cor cinza assim que ele ingressou nos limites do município, na Avenida Rotariana. No bairro do Alto, próximo à Praça Higino da Silveira, o motorista parou para falar com outro homem, momento que a dupla foi abordada pelos policiais.

Apurou-se que o primeiro havia sido contratado para trazer o carro roubado Serra acima, serviço pelo qual receberia R$ 3 mil – quantia encontrada com o outro meliante, um homem de 33 anos morador de Teresópolis. Eles foram levados para a 110ª Delegacia de Polícia, dando mais detalhes sobre o esquema. Outros dois residentes na cidade seriam responsáveis por confeccionar novas placas e documentos para veículos roubados e furtados, que passariam a ser clones de veículos legais. A situação pode ter relação com investigação sobre caso semelhante em São José do Vale do Rio Preto, onde policiais do 30º BPM apreenderam esta semana quatro clones. Os acusados presos no bairro do Alto foram autuados por receptação, ação crime que pode render até três anos de prisão. O HRV ficou no pátio da Polícia Civil.

Homem oriundo do Rio recebeu os R$ 3 mil pelo serviço de “motorista” e acabou preso pelo crime de receptação

Homem oriundo do Rio recebeu os R$ 3 mil pelo serviço de “motorista” e acabou preso pelo crime de receptação

Entorpecentes

Um homem de 33 anos tentou entrar no município portando oito papelotes de cocaína. Ele foi abordado por policiais do 30º BPM em coletivo oriundo de Guapimirim e terminou no xadrez da 110ª DP. Frequentemente, pessoas têm descido a serra para comprar drogas em favelas do Rio de Janeiro para revender em Teresópolis, tentando se desvencilhar das garras da lei fazendo baldeação em ônibus e vans que atendem localidades da Baixada Fluminense.

Também nesta quinta-feira, equipe da Polícia Reservada estava em diligência na Rua Maracajés, Jardim Meudon, quando abordou um homem em atitude suspeita. Em consulta a sua ficha criminal, os militares descobriram que ele tinha mandado de prisão em seu desfavor pela acusação do crime de tráfico de entorpecentes. Ele foi conduzido ao setor carcerário local e, posteriormente, seria transferido para unidade prisional da Polinter no Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário

Todos os dias nas bancas, o DIÁRIO traz pra você as mais elaboradas reportagens, reclamações da população com o Diário Comunidade, as matérias policiais, políticas, cultura, esporte, entretenimento e tudo mais para manter o teresopolitano informado. Além da melhor seção de classificados da região. O DIÁRIO tem a sua trajetória inserida na história do município de Teresópolis e trabalha com profissionais especializados e graduados, sempre em busca do melhor jornalismo. Leia O Diário de Teresópolis. Nas bancas.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...