Feira da Agricultura Familiar ganha espaços definitivos

A oferta de produtos frescos chama a atenção dos clientes, que chegam em cada vez menor número

A oferta de produtos frescos chama a atenção dos clientes, que chegam em cada vez menor número

– Trabalho do “Vem para Roça” será realizado nos bairros do Alto e Várzea

A qualidade, variedade e bons preços das mercadorias selecionadas da produção orgânica, da agricultura convencional e do artesanato rural, além do contato direto entre produtores e consumidores, garantem o sucesso da Feira da Agricultura Familiar “Vem para Roça”. Iniciada em abril desde ano, a feira, que é composta por agricultores familiares e grupos organizados em associações e cooperativas, passa agora a funcionar definitivamente toda quarta-feira na Praça Governador Portella, ao lado da Prefeitura, na Várzea, e aos sábados na Praça Nilo Peçanha, ao lado da escola Ginda Bloch, no Alto.

Criado por iniciativa da Emater-Rio e do Programa Rio Rural, o projeto tem o objetivo de fortalecer a agricultura familiar através da realização das feiras livres em praças públicas, criando mais espaço de comercialização e divulgação dos produtos do campo.  A oferta de produtos frescos chama a atenção dos clientes, que podem comprar legumes, hortaliças e frutas da agricultura convencional e orgânica direto do produtor.

O agricultor José Wanderson Pimentel relata que o movimento da feira tem ficado cada vez melhor. “Hoje vendo bem mais do que vendia no meu sítio, em Bonsucesso. O movimento da feira cresce a cada dia e as vendas só aumentam”, disse. Ainda segundo Wanderson, durante o mês de outubro haverá uma programação especial toda quarta-feira, com uma nutricionista palestrando sobre vários temas alimentares. Ele também informa que ainda existem vagas para outros produtores rurais e convida:  “Venham porque vale a pena, a gente se enriquece muito com o contato direto com o cliente. Temos experiências que lá na roça a gente não tem. Enfim, temos outra visão de comércio”, concluiu.

De acordo com a Emater, Teresópolis conta com cerca de 3.500 agricultores familiares atuando nas atividades de olericultura e fruticultura, produção de plantas medicinais, aromáticas e ornamentais, criação de animais e no artesanato.

Deixe seu comentário

Todos os dias nas bancas, o DIÁRIO traz pra você as mais elaboradas reportagens, reclamações da população com o Diário Comunidade, as matérias policiais, políticas, cultura, esporte, entretenimento e tudo mais para manter o teresopolitano informado. Além da melhor seção de classificados da região. O DIÁRIO tem a sua trajetória inserida na história do município de Teresópolis e trabalha com profissionais especializados e graduados, sempre em busca do melhor jornalismo. Leia O Diário de Teresópolis. Nas bancas.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...