Parlamentares Juvenis apresentam projetos de lei

 

Cada comissão irá escolher quatro projetos que serão encaminhados para a votação final, para que então sejam selecionados os seis a serem enviados ao Poder Executivo. Em destaque o parlamentar Wenderson Nogueira, Coordenador do PJ

Cada comissão irá escolher quatro projetos que serão encaminhados para a votação final, para que então sejam selecionados os seis a serem enviados ao Poder Executivo. Em destaque o parlamentar Wenderson Nogueira, Coordenador do PJ

Os integrantes da décima edição do Parlamento Juvenil (PJ), projeto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), apresentaram nesta terça-feira (22), seus projetos de lei. Cada um dos 85 parlamentares teve dois minutos para defender sua proposta. O encontro foi presidido pelo parlamentar Ryan Moreira de Nova Friburgo, eleito presidente dessa edição do PJ na abertura dos trabalhos. “Presidir o PJ é presidir a esperança e a juventude. Ver cada um aqui tentando mudar a realidade do nosso estado é incrível!”, disse Ryan.

Dentre os projetos apresentados, o combate ao preconceito foi um dos temas mais citados. Karina Nunes, do município de Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio, eleita primeira secretária da Mesa Diretora, propôs a criação do Dia de Combate à Desigualdade de Gênero. “Todas as pessoas, independentemente de sua orientação sexual, têm os mesmos direitos na sociedade e merecem ser tratados com respeito e dignidade”, defendeu Karina. Outro integrante da Mesa Diretora, o vice-presidente Alessandro Novaes, do município de Piraí, também elaborou um projeto de lei contra o preconceito. “Meu projeto dispõe sobre a criação de uma semana de conscientização contra o preconceito, com o objetivo de amenizar a situação. O número boletins de ocorrência de casos de preconceito tem aumentado muito, temos que firmar nossa luta.”, explicou Alessandro.

Outro tema bastante abordado foi a saúde. Propostas como cursos de primeiros socorros nas escolas e incentivos a doações de sangue ganharam espaço entre os parlamentares. “O meu projeto propõe que a doação, em vida, de medula óssea, sangue ou órgãos, vire critério de desempate nos concursos públicos e até isenção de taxas de inscrições. O objetivo é fazer as pessoas reconhecerem a doação de vida para a vida, e isso pode incentivar no futuro que sejam também doares de órgãos pós-vida”, defendeu o presidente Ryan Moreira.

Na próxima etapa do PJ os parlamentares serão divididos em três comissões para selecionarem os projetos que irão para a votação final. Essas comissões serão formadas de maneira que os integrantes não estejam na mesma comissão que vai analisar seu próprio projeto. Cada comissão irá escolher quatro projetos que serão encaminhados para a votação final, para que então sejam selecionados os seis a serem enviados ao Poder Executivo.

Programação – Quinta-feira (24): 9h – Visita ao projeto social; 14h – Trabalho nas Comissões – Elerj; 18h – Atividade Cultural. Sexta-feira: (25) 9h – Plenária Final – votação dos projetos (Plenário Barbosa Lima Sobrinho) – Atividade aberta ao público + Cápsula do Tempo; 16h – Atividade Cultural; 20h – Encerramento.

Deixe seu comentário

Todos os dias nas bancas, o DIÁRIO traz pra você as mais elaboradas reportagens, reclamações da população com o Diário Comunidade, as matérias policiais, políticas, cultura, esporte, entretenimento e tudo mais para manter o teresopolitano informado. Além da melhor seção de classificados da região. O DIÁRIO tem a sua trajetória inserida na história do município de Teresópolis e trabalha com profissionais especializados e graduados, sempre em busca do melhor jornalismo. Leia O Diário de Teresópolis. Nas bancas.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...