Pichadores flagrados agindo na Rua Monte Líbano

A Rua Monte Líbano é bastante freqüentada pelos vândalos, que aproveitam os espaços mais ermos para deixar suas marcas indecifráveis

A Rua Monte Líbano é bastante freqüentada pelos vândalos, que aproveitam os espaços mais ermos para deixar suas marcas indecifráveis

– Câmeras de segurança registram ação de vândalos em rua da Várzea

Um pequeno grupo de pichadores teve suas ações flagradas enquanto deixavam suas marcas em fachadas, colunas e portas da Rua Monte Líbano, na Várzea. Os marginais agiram por volta das 22h e não se incomodaram com as inúmeras câmeras de vigilância que fazem parte do esquema de segurança da rua. As imagens foram encaminhadas para os donos de loja e moradores que tiveram prejuízos para que fossem feitas denúncias às autoridades civis e militares.

Não é a primeira vez que bandidos com latas de spray são flagrados por equipamentos tecnológicos. No último dia 8 de outubro as câmeras da Casa de Cultura, em Araras, mostraram em detalhes a ação de um bando, que deixou marcas inclusive nos vidros do espaço. Interessante lembrar que, poucos dias antes, os mesmos marginais tentaram desligar as câmeras para mascarar o ataque planejado. A mesma quadrilha escalou a Igreja Batista Central para deixar suas marcas, situação registrada na madrugada do dia 26 de outubro, situação que se repetiu no espaço das máquinas de autoatendimento da agência central da Caixa Econômica.

Câmeras flagram

A quadrilha que atacou a Rua Monte Líbano só foi flagrada graças a presença das câmeras instaladas em vários pontos da rua em uma parceria dos empresários e síndicos de prédios com a empresa Show News. De acordo com Claudio Espíndola, diretor da empresa. “Podemos dizer que hoje em dia essas câmeras tem poucas funções. Nós colocamos esse sistema há mais de u m ano e de lá pra cá a incidência de problemas caiu drasticamente. Nós tínhamos muitas ocorrências de assalto, pequenos furtos em lojas, era uma rua muito visada. Depois desse investimento no projeto da Show News, ficou tudo bem mais calmo”, garante o empresário. “Apesar da existência das câmeras ter feito diminuir os problemas, tivemos esse caso de vandalismo na rua com esses pichadores que atacaram alguns espaços. Essa turma tá sempre atacando aqui, prova disso são as paredes do INSS que estão repletas dessas marcas”, comenta.

Segundo Claudio, sistemas de vigilância com câmeras como o da Monte Líbano podem ser criados em qualquer outro local. “Estamos prontos para atender quem precisar, seja venda ou mesmo locação dos equipamentos. Nós colocamos câmeras aqui com o objetivo de coibir os problemas. Sempre que algo acontece, as imagens são entregues ao responsável pela loja para que ele tome as providências, chame a polícia e faça os Boletins de Ocorrência. Nosso papel não é o de investigar, mas de fornecer as ferramentas necessárias que vão ajudar a identificar o problema”, detalha o empresário.

Denuncie os marginais

A prática da pichação configura ação criminosa através do artigo 65 da Lei dos Crimes Ambientais, número 9.605/98,  que estabelece punição de três meses a um ano de cadeia e pagamento de multa. Para tentar diminuir a incidência do ato de vandalismo, é necessária a participação da população, que deve denunciar qualquer ato suspeito. Além disso, como se percebe, a grande maioria dos criminosos que usam latas de spray são jovens: Assim, os pais devem ter mais atenção do que seus filhos vêm fazendo e, sendo o caso, repreende-los para que a prática – que parece inocente, mas é bastante grave – não seja apenas o pontapé inicial para se começar uma vida delituosa. Os telefones para denúncias são o 190 e 2742-7755, não sendo necessário se identificar. O 30º Batalhão de Polícia Militar também disponibiliza o canal de WhatsApp 99817-7408 e a sua página na rede social Facebook para receber denúncias.

Deixe seu comentário

André Oliveira é comunicador e fotógrafo. Tem 20 anos de experiência no setor de comunicações, com passagens por diversos segmentos como rádio, jornal, revista e TV. É repórter e apresentador do jornal O DIÁRIO e da DIÁRIO TV.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...