Tag Arquivo | "Ciee"

DIÁRIO recebe visita de turma do CIEE Teresópolis

Aprendizes visitaram a redação do Diário e puderam conhecer parte da rotina dos profissionais que trabalham criteriosamente em prol da informação

Aprendizes visitaram a redação do Diário e puderam conhecer parte da rotina dos profissionais que trabalham criteriosamente em prol da informação

– Alunos do módulo de tecnologia, mídias e comunicação conhece rotina da equipe

 

Os jovens aprendizes conveniados ao Centro de Integração Empresa – Escola (CIEE) participaram de uma atividade de campo nesta terça-feira, 19. O grupo, sob supervisão da orientadora Melise Brum, visitou as novas instalações do DIÁRIO na Rua Carmela Dutra, em Agriões. Eles conheceram a rotina da equipe de jornalismo e os bastidores dos estúdios de gravação. Não faltou interação entre os aprendizes e os profissionais, que puderam falar de suas experiências e detalhar todo o processo de criação do noticiário, desde a definição dos temas das reportagens até a concretização das matérias que são levadas aos jornal impresso, à TV e ao site.

Os visitantes acompanham o processo de postagem de notícias no site e nas mídias sociais que servem como ferramenta de informação à disposição da população

Os visitantes acompanham o processo de postagem de notícias no site e nas mídias sociais que servem como ferramenta de informação à disposição da população

“O CIEE trabalha em parceria com várias empresas do município, onde buscamos ofertar aos aprendizes a oportunidade de ver de perto situações que vão contribuir com o desenvolvimento de cada um deles. Nós treinamos e buscamos mostrar situações práticas”, explica Melise. Segundo a orientadora, a turma está passando pelo módulo ‘Tecnologias, Mídias e Comunicação’, que abrange exatamente a rotina da redação. “O Diário é um grande parceiro e nos oportunizada essa visita. Nossa atuação se baseia também no fato de que muitos deles ainda não ingressaram em faculdades. Com essas experiências abre-se uma cortina de oportunidades que expõem horizontes que vão influenciar na escolha profissional dessas pessoas”, avalia.

 

Visita às instalações

Os aprendizes foram acolhidos pelo diretor comercial do grupo, Nathan dos Santos. Após as boas vindas, ele conduziu os visitantes pelas instalações. O primeiro ponto foi a o espaço onde funciona a redação. Como a visita aconteceu na parte da manhã, houve oportunidade de ver de perto parte da rotina dos jornalistas e repórteres-cinematográficos, que se preparavam para sair e cumprir as pautas determinadas pela editoria. Causou especial interesse o fato de a redação ser um espaço de interatividade constante, onde profissionais conseguem trocar informações e alimentar as três mídias do grupo: a impressa, através do DIÁRIO, a Diário TV e também o NetDiário. Em seguida o grupo seguiu para os estúdios onde são gravados algumas das atrações da TV. A maior curiosidade girou em torno da cozinha onde é rodado o programa Diário Mais, que apesar de ser cenográfica, tem todos os equipamentos em pleno funcionamento.

Os aprendizes tiveram uma tarde de conhecimento na nova sede do Diário

Os aprendizes tiveram uma tarde de conhecimento na nova sede do Diário

Entre os alunos, o clima foi de euforia e de descobrimento. “Pra mim é um tremendo prazer participar desse programa que nos oferece oportunidade de se desenvolver além do mercado de trabalho. Para mim, será o primeiro emprego. Quando temos oportunidade buscar a qualificação, vamos nos tornar profissionais melhores. Hoje, visitando o Diário, tenho certeza de que me identifico com esse mercado das mídias”, avalia o aprendiz Humberto Gallo. Seu colega, Guilherme de Souza, também disse ter ficado empolgado com a visita. “Sempre tive característica que me identificaram com a mídia. Depois dessa visita, pude ter mais noção de como funciona esse trabalho. Essa experiência, esse envolvimento com os profissionais é muito bacana e me vejo inserido nessa rotina. Pena que a cidade não oferece oportunidades de formação dentro dessa área”, opina.

Depois de conhecer as instalações, os alunos participaram de uma palestra sobre a história do grupo Diário e sua importância no desenvolvimento do município e, em especial, da mídia local. A conversa foi conduzida pelo profissional Nathan dos Santos. Por fim, novo espaço para sanar muitas dúvidas.

O CIEE tem sua sede em Teresópolis na Rua Alice Regadas, 66, sala 710 na Várzea. As inscrições para novos aprendizes são feitas através do site www.ciee.org.br. Além da formação tradicional, também são oferecidos programas especiais, como o PDP, que visa a formação dos participantes através da observação de posturas profissionais, passando por oficinas que vão desde a preparação para uma entrevista de emprego, até os passos decisivos para uma caminhada vitoriosa no mercado de trabalho.

 

 

 

 

Postado em Capa, Cidade, CulturaComentário (0)

CIEE encerra atividades de 2014

– Evento com apresentações e homenagens marca o final dos trabalhos deste ano

"É uma oportunidade de transformação. Esses jovens chegam de uma forma e saem totalmente diferentes”, explica Danielle Rabelo

“É uma oportunidade de transformação. Esses jovens chegam de uma forma e saem totalmente diferentes”, explica Danielle Rabelo

Após um ano de muitas experiências, grande aprendizado e trabalho árduo, os participantes do Programa Jovem Aprendiz que são capacitados pelo CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) participaram de uma grande festa de encerramento das atividades de 2014. O evento foi realizado na Casa de Portugal no início da tarde desta quarta-feira com homenagem aos alunos e apresentações culturais. O Programa Jovem Aprendiz visa contribuir para a formação profissional dos jovens voltado para a preparação e inserção no mundo do trabalho, com base na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. O Centro de Integração Empresa-Escola e a Fundação Roberto Marinho estão juntos nessa ação oferecendo à empresa a oportunidade de formar um profissional alinhado com o mundo do trabalho. A proposta pedagógica propõe o desenvolvimento de competências e habilidades para o trabalho. Na empresa, o aprendiz aplica os conhecimentos adquiridos na formação teórica e desenvolve seu aprendizado com a prática, a orientação do seu educador corporativo e a contribuição dos colegas de trabalho.
Danielle Rabello, Assistente de Desenvolvimento Profissional do CIEE, falou sobre o trabalho realizado pelo órgão: “O Centro de Integração Empresa-Escola é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, atuamos na cidade há quatro anos e a gente desenvolve alguns programas, como os de Estágio, o Aprendiz Legal, e o Programa PDP – Desenvolvendo Pessoas. No caso do Aprendiz Legal o jovem precisa se cadastrar pelo site do CIEE para todos os programas que são oferecidos, através do www.ciee.org.br. A partir do momento em que ele faz esse cadastro o perfil dele fica disponível para as empresas”.

Postado em Banner principal, Capa, CidadeComentário (0)

Jovens aprendizes visitam a redação do Diário

– Alunos do CIEE buscam mais informações sobre a profissão jornalismo

“Nós conseguimos desenvolver diversas competências nestes jovens, o que é muito satisfatório, tendo em vista o a forma com que eles chegam no CIEE”, lembra a professora Danielle Rabello

“Nós conseguimos desenvolver diversas competências nestes jovens”, lembra a professora Danielle Rabello

Os jovens do projeto CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), visitaram na tarde desta quarta-feira a redação do Diário de Teresópolis/Diário TV para conhecerem a profissão ligada a mídia e informação, além de ter os seus primeiros contatos com o equipamento utilizado pelos profissionais de som, edição e imagem.  A instituição sem fins lucrativos, que trabalha com os jovens que buscam vagas de estágio e aprendizagem, vem obtendo êxito na capacitação dos iniciantes com estágios junto a organizações públicas e empresas privadas no território nacional. E foi assim na da tarde desta quarta-feira, quando a professora Danielle Rabello trouxe os seus alunos à redação para um bate papo de muita informação sobre estrutura, mídia, jornalismo… Olhos brilhantes e o interesse por cada detalhe marcaram a manhã de “informação” dos meninos e meninas que são ligados ao SEBRAE em um projeto com mais de cinquenta anos de idade e que está a todo vapor revelando e formando profissionais de gabarito para o mercado de trabalho.
O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) é uma instituição filantrópica, mantida pelo empresariado nacional, de assistência social, sem finalidades lucrativas, que trabalha em prol da juventude estudantil brasileira. Mas também com o objetivo de capacitar a mão de obra que surge no país, o que retorna naturalmente para o empresariado. “No início, estes jovens mostram – muitas vezes – uma certa insegurança, pois não possuem qualquer experiência profissional”, explica a professora Danielle que, mesmo jovem, já tem uma boa experiência com os aprendizes, buscando sempre tirar o máximo de cada um deles para otimizar o trabalho. “Com o passar do tempo e com o nosso trabalho, eles vão se desenvolvendo… Nós conseguimos desenvolver diversas competências nestes jovens, o que é muito satisfatório, tendo em vista o a forma com que eles chegam no CIEE”, sorri a professora, que viu com muito bons olhos a visita à redação do Diário: “Essa visita foi super importante para que eles conhecessem a realidade de um veículo de mídia, de comunicação  e inclusive nós estamos abordando este assunto nas aulas. Sobre o poder da influencia da tecnologia na vida destes jovens e como a mídia contribui para o nosso conhecimento”, explica a professora com orgulho do aproveitamento obtido na formação de profissionais no CIEE.

Postado em Banner principal, Capa, CidadeComentário (0)

Jovens Aprendizes visitam as instalações do Grupo Diário

Parte do grupo visita os estúdios da Diário TV e ouve explicações do profissional Nathan dos Santos

Parte do grupo visita os estúdios da Diário TV e ouve explicações do profissional Nathan dos Santos

– Rapazes e moças atendidos pelo CIEE conhecem a rotina de trabalho dos profissionais

 

A redação do grupo Diário ficou movimentada na tarde desta terça-feira, dia 26, com a visita de um grupo de jovens aprendizes atendidos pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Rapazes e moças com idades de 14 a 26 anos viram de perto os trabalhos das equipes técnica e de jornalismo na sua rotina de trabalho. Eles foram acompanhados pelo jornalista, editor chefe da Diário TV, Anderson Duarte, e pelo consultor de marketing, Nathan dos Santos, que mostraram as instalações e contaram um pouco da trajetória vitoriosa dos principais meios de comunicação da cidade.
O CIEE realiza um trabalho filantrópico e existe há mais de 40 anos. O grupo tem sua filial em Teresópolis há cerca de três anos e desde então tem atuado na formação dos Jovens Aprendizes. Todo o material didático dos alunos é fornecido pela Fundação Roberto Marinho, parceira do trabalho. “Nós inserimos jovens no mercado de trabalho. Esse grupo que está aqui é formado por pessoas de 14 a 24 anos incompletos. Todos estão trabalhando em empresas aqui da cidade e, uma vez por semana, participam da capacitação teórica oferecida pelo CIEE”, explica a assistente social Danielle Rabello de Siqueira, responsável pelos alunos.

O jornalista Anderson Duarte fala aos aprendizes sobre o trabalho que acontece no setor técnico da Diário TV

O jornalista Anderson Duarte fala aos aprendizes sobre o trabalho que acontece no setor técnico da Diário TV

Jovem Aprendiz

O grupo que visitou O DIÁRIO é composto por jovens que em locais como Green Fruit, Supermercado Regina, Multimarket, Flor da Posse e Colégio São Paulo. “As empresas inseridas no programa Jovem Aprendiz costumam nos procurar para dar esse atendimento. Faz parte do projeto que eles aprendam na prática, mas também que recebam teoria”, detalha.
Segundo a assistente social, a visita aos estúdios e redação foi motivada por uma discussão que o grupo teve há uma semana sobre a mídia e seu papel na formação profissional.
Os visitantes foram divididos em dois grupos. Enquanto uns ouviam as explicações do consultor Nathan dos Santos e conheciam os estúdios de TV, outros eram acompanhados pelo jornalista Anderson Duarte na parte técnica. Além de ver de perto os equipamentos, puderam conhecer novas tecnologias e os profissionais que atuam nos bastidores. Depois todos foram à redação para acompanhar a rotina dos jornalistas.

A assistente social Danielle Rabello acompanhou o grupo e falou sobre o trabalho que a CIEE faz com os jovens aprendizes

A assistente social Danielle Rabello acompanhou o grupo e falou sobre o trabalho que a CIEE faz com os jovens aprendizes

Conhecendo

Para o jovem Jonathan Ribeiro, foi uma oportunidade para conhecer um espaço diferente. “Achei muito interessante, até porque a gente não conhece muito bem esse trabalho. A maioria das pessoas acha que o jornalismo é só o repórter e a câmera. Mas hoje deu pra ver que existem muitos profissionais nos bastidores que fazem a coisa acontecer”, declara o rapaz, que é funcionário do Supermercado Regina.
Também animado com as novidades, Luiz Gustavo Mota se interessou pela parte técnica e pelas novidades tecnológicas. “Achei muito legal, diferente mesmo. Principalmente de ver a parte técnica, o jeito de trabalhar. Fiquei interessado na nova tecnologia do Drone que vocês estão usando”, comenta o rapaz, que trabalha no Flor da Posse, referindo-se a aeronave não tripulada utilizada pela equipe de jornalismo para eventos especiais.
Condutor da visita e responsável pelas explicações e questionamentos, o jornalista Anderson Duarte avaliou o momento. “E sempre uma alegria para todos nós da equipe recebermos visitas como essa, de jovens que estão sedentos pela formação e pela informação. Nossas portas estarão sempre abertas para receber grupos como esse”.

Luiz Gustavo se interessou pelo trabalho técnico e pela aeronave não tripulada ‘Drone’, que capta imagens aéreas para as reportagens

Luiz Gustavo se interessou pelo trabalho técnico e pela aeronave não tripulada ‘Drone’, que capta imagens aéreas para as reportagens

Aprendiz Legal

O Aprendiz Legal é um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem.
A profissionalização do jovem é uma etapa do seu processo educativo (ECA, art. 62) e, portanto, a razão de ser do trabalho é a formação, não a produção. O programa Aprendiz Legal, ao basear-se na Lei 10.097/2000 e em sua regulamentação, o Decreto nº 5598/2005, legitima a intenção e os esforços para contribuir com a empregabilidade de jovens, especialmente os menos privilegiados. Este é um passo para integrar a sociedade em torno de uma causa comum: atender à necessidade dos jovens com suas diferenças individuais, suas condições específicas, aprendendo a conviver com a diversidade humana sem preconceitos.
O objetivo é contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade. Responsabilidade que é compartilhada do Estado, da sociedade, da família e dos próprios jovens fortalecer sua autoestima e sua condição de cidadãos por meio do trabalho.

 

Postado em CidadeComentário (0)


Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...