Tag Arquivo | "fisioterapia"

Cuidado com a postura ao usar os equipamentos eletrônicos móveis

A fisioterapeuta Isabel Peres e a postura ideal para navegar no Facebook sentado na cama

A fisioterapeuta Isabel Peres e a postura ideal para navegar no Facebook sentado na cama

– Falta de atenção ao navegar na internet pode ocasionar dor nas costas e outras lesões

Estamos na época da tecnologia e muitas pessoas vivem mais no mundo virtual do que no mundo real. As pessoas sobrevivem “a base” de Whatsapp, Facebook, Twitter, Instragram entre outras redes sociais menos festejadas. Absolutamente viciados em internet seja em casa, no trabalho ou mesmo na rua. O problema é que estas pessoas andam navegando nos celulares, tablets, notebooks. Mesmo sentados ou em pé não tem a postura ideal para fazê-lo e acabam por sofrer com dores na coluna, entre outros incômodos musculares e até a famosa LER – Lesões por Esforços Repetitivos com as hérnias de disco por utilização de forma indevida destes aparelhos. E como o brasileiro é famoso por gastar mais tempo em redes sociais do que todos os outros internautas do universo, o problema aqui é mais sério. Entre os teresopolitanos nós podemos encontrar diversos casos apenas dando uma volta na Calçada da Fama.

“Errado” é navegar no celular com a flexão de cabeça o tempo todo

ERRADO: Navegar no celular com a flexão de cabeça o tempo todo 

A Lesão por Esforço Repetitivo é corriqueira devido ao uso sem pausas de tecnologias como tablets, celulares, notebooks e computadores, por exemplo. “Essa postura pode acarretar em problemas que vão desde um incômodo até uma lesão cervical”, explica a fisioterapeuta Isabel Peres, que ilustra. “Você está lá com a cabeça em flexão e só fazendo este movimento de abaixar e o que isso pode te causar? Um problema de cervical, uma contratura muscular de trapézio, entre outros problemas”, explica a profissional que também detectou diversas manias pelas ruas. “Tem gente que desenvolveu uma técnica até de digitar com uma mão e ficar com a outra livre, mas o maior problema para nós fisioterapeutas é que a pessoa tem mesmo que abaixar para ver o visor do aparelho. Então ele pode cair em um buraco, atropelar o outro, mas segue navegando no celular”, sorri a profissional que não condena a utilização dos aparelhos, mas que a postura seja corrigida para se evitar os problemas futuros.

Outra mania detectada pela fisioterapeuta é com relação às pessoas que falam sem parar nos aparelhos celulares, sem usar as mãos. Estas pessoas acabam escorando o telefone no ombro e comprimindo junto a orelha. “É inacreditável, mas a pessoa tem não resiste a tentação de falar no telefone fazendo outras coisas e, para deixar os braços livres, acabam colocando o celular no ombro e comprimindo-o na orelha para segurar e falar. Na rua ou mesmo em casa. Não tem uma compensação estrutural neste processo. Uma elevação do ombro e lateralização da cabeça e a pessoa até se sente confortável, ‘esticando’ a conversa, mas quando você termina e volta para a posição normal de pescoço, cabeça e ombro, você já está todo dolorido com uma musculatura alongada e outra encurtada e isso pode trazer diversos problemas”, ensina Isabel que faz um trabalho específico com postura em seu consultório.

 Postura correta para navegação em notebook

É sempre recomendável que se faça uma pausa a cada hora de navegação para se relaxar a postura, dedos e punhos. Mas com a quantidade de sites de relacionamentos e informações por segundo que se absorve na internet hoje em dia, sabemos que a tentação de se seguir por horas a fio em navegação, as vezes são irresistíveis. “O internauta atento e disciplinado pode ficar horas navegando sem sentir dor alguma”, explica a profissional ao mostrar a posição correta. “O usuário do equipamento precisa estar bem sentado com a postura reta com a angulação do joelho para o pé de 90 graus e com a angulação da coluna com o quadril também retinho e o ideal, quando a pessoa estiver no notebook, que este equipamento nunca fique abaixo da sua visão, então o notebook tem que ficar um pouco acima de um computador normal, colocando um bom apoio no colo até que este notebook chegue à posição ideal, de forma que você não tenha que fazer flexão de cabeça para ver o que está na tela”, ensina a profissional que vê no pilates uma ótima saída para as dores adquiridas. “As pessoas que trabalham muito tempo sentados que precisam do notebook para trabalhar ou os tablets, nós temos o pilates que usa a resistência com as molas e os exercícios do solo e que certamente irá aliviar as articulações dos ombros, alongar a musculatura cervical e tudo mais e mesmo se você tentou ficar na postura correta e não obteve êxito, vale a pena correr para o pilates que vai aliviar as dores do dia-a-dia com certeza”, completa a fisioterapeuta que atende na Travessa Portugal, 54 – loja 01, bem no centro da cidade.

 

 

Postado em Capa, Cidade, SaúdeComentário (0)

Professora do UNIFESO no Encontro de Fisioterapia

Durante o encontro, Andrea destacou a necessidade de aprimoramento nos Trabalhos de Conclusão de Curso utilizando a pesquisa

– Evento teve como principais objetivos discutir a abertura de novos cursos e a indicação de novos membros para a Comissão de Educação

A professora Andrea Graniço, coordenadora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) participou, no final de 2012, do “Encontro de Coordenadores de Fisioterapia”, na sede do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-2), no Rio de Janeiro. O evento teve como principais objetivos discutir o ensino em Fisioterapia, a abertura de novos cursos e a indicação de novos membros para a Comissão de Educação.
Durante o encontro, Andrea destacou a necessidade de aprimoramento nos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) utilizando a pesquisa. “Isso me permitiu perceber o quanto o nosso curso de Fisioterapia avança na qualidade dos trabalhos de conclusão”, destacou Andrea, ressaltando que aproveitou a oportunidade para apresentar às Instituições do Rio de Janeiro como funciona o TCC do curso de Fisioterapia no UNIFESO e seus desdobramentos em congressos, publicações em revistas, programas de Mestrado, etc.

Unifeso campus principal

Curso de extensão em Cirurgia Oral

Estudantes a partir do sexto período do curso de Odontologia e cirurgiões-dentistas interessados em aprofundar os conhecimentos em cirurgia oral, aprimorar os serviços prestados aos pacientes, estabelecer um planejamento de atendimento na perspectiva da promoção e manutenção de saúde, e ter uma visão holística das necessidades da reabilitação oral podem se inscrever para o curso de extensão em Cirurgia Oral oferecido pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO).
Coordenado pelo professor Sydney de Castro Alves Mandarino, especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, o curso vai abordar os princípios da cirurgia, os princípios da exodontia, cirurgia pré-protética, infecções e tratamentos das lesões patológicas da boca, entre outros assuntos, durante nove meses, com início no dia 2 de abril e término em dezembro.
As aulas vão acontecer às terças, das 18h às 19h, com aulas teóricas; e das 19h às 22h, com práticas nas clínicas odontológicas do UNIFESO.

 

Postado em CidadeComentário (0)


Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...