Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

“O LADO OBSCURO”: Teresópolis é cenário de websérie de terror

Depois do sucesso que vem alcançando em festivais o filme curta metragem “Simbiose”, a produtora R2 Filmes está investindo em um novo projeto em Teresópolis, agora voltado ao público que aprecia filmes e séries de terror: trata-se da web série “Lado Obscuro”, que já tem dois episódios disponíveis no YouTube. Os profissionais da indústria áudio visual, estabelecidos aqui no município, garantem que nessa nova produção não falta emoção e lógico o enredo desperta no espectador medo e terror. Toda a roteirização, preparação de elenco, pré-produção e gravações são realizados em Teresópolis. Entre algumas as locação destes primeiros episódios estão a Cachoeira de Campanha, no Terceiro Distrito, e o Teresópolis Shopping, no Centro. Nesta sexta-feira, 27, nós recebemos para uma entrevista o diretor da série, Rafael Reis; Diego Prata, que faz a preparação de elenco e trabalha na produção e Samuel Castro, o “Samuca”, que além de fazer captação de áudio durante as gravações é ator e interpreta um dos personagens na trama.

O diretor Rafael Reis falou sobre o sucesso da primeira produção da R2 Filmes. “A gente trabalha aqui em Teresópolis já tem dois anos, quando a gente começou as produções originais no meio do ano passado, com ‘Simbiose’. A gente conseguiu viabilizar através de uma campanha de ‘crowdfunder’ e conseguimos levantar o dinheiro pra bancar essa produção. Esse curta metragem estreou no Festival Hack Town, que é o maior festival de inovação da América Latina e aí ele percorreu outros festivais no Brasil, passando por Sudeste, Nordeste e também dois festivais na Inglaterra e agora ele está encerrando o ciclo de festivais em Nova Friburgo, o FENF (Festival de esquetes e vídeos online de Nova Friburgo) que termina agora”. Rafael Reis agora se dedica integralmente à nova produção. “A gente está fazendo a web série ‘O Lado Obscuro’, uma web série de terror. Eu acho bem bacana explorar esse tema de gênero aqui no Brasil que é pouco explorado e mesmo com uma equipe reduzida, uma equipe pequena é uma equipe de grande qualidade que a gente está entregando o nosso trabalho e mostrando que se a gente consegue fazer com isso com poucos recursos, imagina se tivéssemos mais”, destaca Rafael Reis.

A equipe da R2 Filmes se desdobra pra entregar o melhor produto áudio visual e quem está trabalhando em dobro é Samuel Castro que é técnico em captação de áudio, mas no último episódio de “O Lado Obscuro”, faz uma participação com ator. “Que loucura, eu faço a parte técnica e fiz uma pontinha nesse último episódio. Eu interpreto o Diego, que é namorado da protagonista e a vida dele é estar no meio do mato, ele é biólogo, a vida dele é o mato, os pássaros, enfim ele não liga pra absolutamente nada, nem pro namoro dele e ele acaba meio que se perdendo no meio do mato e a namorada não sabe o que fazer, fica perdida. Só que como ela está perdida, ela vai tomar banho de rio e descobre que tem um cara completamente obcecado por ela e o resto da história precisa ver na série”, convida Samuca.

Qualidade local

Segundo Samuel Castro a equipe toda tem muita qualidade. “Eu estou aprendendo muito, a gente tem uma equipe bem reduzida, mas bem unida, uma equipe de muita qualidade. Eu trabalhei com áudio visual, inclusive em agência, mas eu acho que a receita disso tudo vai dar sucesso, com certeza”. Diego Prata, que trabalha na produção e preparação de elenco contou como começou a produção da web série e destacou a qualidade da equipe de produção. “O trabalho da web série começou através do curta ‘Simbiose’ que foi o primeiro trabalho da R2 Filmes e a partir dali a gente conseguiu fomentar uma equipe muito forte e muito desejosa de fazer um movimento. A partir dali a gente conseguiu montar essa equipe, eu fiz a parte da produção dessa web série, a gente conseguiu fechar uma equipe muito boa, muito capacitada, muito artística pra poder dar seguimento e junto da produção, com uma amiga minha que a gente faz uma pesquisa em preparação de elenco, que é a Aline Sereno, e a gente teve a oportunidade também de desenvolver nesse trabalho agora com a R2 Filmes”.

Cursos

Diego Prata revelou a nossa reportagem que a intenção da R2 Filmes é preparar novos profissionais na cidade. “Essa é um pouco da ideia da R2 Filmes, a gente sai da cidade, vai buscar formações, faz faculdade e sente que tem que devolver para o lugar onde a gente vive e nasceu e a ideia agora da R2 Filmes, com essas produções que estão sendo vistas, bem aclamadas, ganhando premiação em festivais e a ideia agora é a gente fazer uma formação em imersão, em pequeno tempo, uma coisa mais prática pras pessoas terem autonomia e poderem fazer também seus próprios filmes e poder fomentar esse lugar artístico. Teresópolis tem muito talento local e a ideia da R2 Filmes é fomentar o áudio visual e vamos começar com alguns cursos onde vamos abordar roteiro, interpretação pra áudio visual, produção, edição, direção. É um curso bem fechadinho pra realmente botar em prática as ideias”, pontuou o produtor.

Onde assistir

O diretor aproveitou a entrevista para convidar o público para assistir a web série. “Quem quiser assistir ‘O Lado Obscuro’ basta acessar o YouTube da R2 Filmes e também o Instagran R2 Filmes online que tem o link lá pra web série. Se você tiver coragem assista ‘O Lado Obscuro’”, finaliza Rafael Reis.

Tags

Compartilhe:

Edição 18/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

Veja como ficam as repartições e atrativos turísticos de Teresópolis no feriado

Moradores da Fazendinha denunciam o estado precário da Rua Jaguaribe

Albuquerque: manilhas usadas em obra da PMT foram compradas por moradores

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE