Agricultores se preparam para explorar turismo rural

Visita ao Alambique e Cachaça Temosinha - troca de informações sobre o Turismo Rural

Visita ao Alambique e Cachaça Temosinha – troca de informações sobre o Turismo Rural

-Grupo de Teresópolis fez visita técnica a município quee é referência nacional na área de agroturismo

O estado do Rio de Janeiro, mundialmente conhecido por suas belas praias, também guarda tesouros turísticos distantes do litoral. Em Teresópolis, por exemplo, o fomento ao turismo rural é uma estratégia com grande potencial de êxito, graças à exuberância das belezas naturais da Região Serrana fluminense. Além de movimentar a economia local, representando uma renda alternativa aos agricultores, o turismo também promove a integração entre os ambientes urbano e rural, estimulando a valorização da vida fora das cidades.

Por isso, a capacitação dos produtores rurais para serem promotores do turismo no campo, também conhecido como agroturismo, é um dos importantes eixos do trabalho de incentivo ao desenvolvimento rural sustentável no interior fluminense. Nos dias 22 e 23 de agosto, um grupo de 15 pessoas, formado por agricultores familiares, jovens do campo e mulheres artesãs das microbacias Baixo Rio Paquequer e Rio Formiga, em Teresópolis, participaram de uma excursão técnica de turismo rural ao município de Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo, uma das referências desse tipo de turismo no país. A visita foi promovida pelo escritório local da Emater-Rio, com recursos do Programa Rio Rural, da secretaria estadual de Agricultura.

Segundo a engenheira agrônoma e extensionista rural da Emater-Rio, Monique Lopes da Silva, a capacitação dos agricultores na área de agroturismo ofereceu não apenas informações sobre o tema, mas também a vivência na atividade. No município capixaba, mais de 300 famílias estão envolvidas com atividades de turismo rural. “A excursão foi realizada a partir de uma solicitação dos próprios produtores, através do Diagnóstico Rural Participativo (DRP), que identifica as áreas de interesse das microbacias”, explicou.

Os produtores visitaram agroindústrias capixabas, conheceram diferentes formas de agregar valor aos produtos oriundos da agricultura familiar, e também alguns roteiros e circuitos turísticos de Venda Nova do Imigrante. “A seleção das propriedades visitadas foi feita a partir da articulação entre o escritório da Emater-Rio de Teresópolis e os agentes de extensão rural de Venda Nova do Imigrante, bem como as secretarias de Agricultura e de Turismo do município capixaba. Foram dois dias muito produtivos e de muito conhecimento”, completou a extensionista.

Turismo e agroindústrias

O principal destaque da visita técnica foi a importância da produção das agroindústrias na organização e dinâmica dos roteiros turísticos no campo. Doces, compotas, antepastos, geleias, entre outros produtos, são um grande atrativo não apenas para o consumo, mas também para os olhares curiosos dos turistas, já que a demonstração do processo produtivo também pode compor as atividades de visitação.

Nos dois dias de excursão técnica, os produtores de Teresópolis visitaram seis propriedades, onde puderam observar as características da administração de cada uma delas, voltadas ao turismo rural, bem como as estratégias para a venda aos turistas dos alimentos produzidos. Além disso, puderam conhecer produtos não muito comuns na área de agroindústria, como os sabonetes de leite de cabra e o socol – espécie de presunto cru feito de lombinho de porco maturado.

Para a agricultora Maria Lúcia Nogueira Lourenço, a excursão foi produtiva para todos os participantes. “Estamos tentando nos organizar para iniciarmos esse turismo rural. Pelo que vimos lá, ainda precisamos melhorar muita coisa. Mas, com as informações que nos passaram e os exemplos, fica bem mais fácil entender o que precisamos fazer”, comentou a produtora de hortaliças, que voltou inspirada para também produzir compotas e antepastos.

Para o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, a troca de experiências é essencial para alavancar o turismo rural no interior fluminense. “Buscar os exemplos vitoriosos na área de agroturismo, como o de Venda Nova do Imigrante, é muito importante para que os agricultores elaborem seus projetos. Esse tipo de visita é um diferencial para que a atividade não seja secundária, mas se estabeleça como uma das bases sólidas do desenvolvimento rural sustentável do Rio de Janeiro”, ressaltou o secretário.

Além da ação direta da Emater-Rio de Teresópolis e do Programa Rio Rural, a excursão técnica também recebeu apoios da Ecoplay, empresa de turismo local, e das secretarias municipais de Turismo e de Agricultura de Teresópolis.

Deixe seu comentário

Todos os dias nas bancas, o DIÁRIO traz pra você as mais elaboradas reportagens, reclamações da população com o Diário Comunidade, as matérias policiais, políticas, cultura, esporte, entretenimento e tudo mais para manter o teresopolitano informado. Além da melhor seção de classificados da região. O DIÁRIO tem a sua trajetória inserida na história do município de Teresópolis e trabalha com profissionais especializados e graduados, sempre em busca do melhor jornalismo. Leia O Diário de Teresópolis. Nas bancas.

Deixe uma resposta

Diario TV

Carregando...

Facebook

Twitter Diário TV

Assine nossa newsletter

Loading...Loading...