Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

“Água vai ficar mais barata e esgoto só será cobrado quando o serviço estiver instalado”

Vinícius Claussen participa do programa Hélio Carracena, da Diário TV

Wanderley Peres

O prefeito Vinícius Claussen participou nesta terça-feira, 21, do programa Hélio Carracena, da tevê Diário, respondendo à participação dos ouvintes, e prometendo voltar no dia 4 de abril, no mesmo horário, para nova rodada de perguntas. “Gosto muito desse papo aberto, importante para que as demandas sejam respondidas, frente a frente, como estamos fazendo”, disse, falando sobre as carências do interior do município, dos problemas da cidade, das obras em curso, das reformas de escolas e, além de fazer novas promessas, falando ainda do assunto do momento: a concessão do serviço de abastecimento de água do município, em processo de outorga onde será concedido, ainda, a exploração do serviço de esgoto. “Serão dois serviços, de distribuição de água, onde o contribuinte vai pagar menos do que paga hoje à Cedae e da coleta do esgoto, que só será cobrado o serviço quando ela estiver apta a coletar, transportar até a estação e tratar o esgoto. Essa conta será na ordem de 90% do valor da conta da água”, afirmou.

INTERIOR
Antes de falar sobre a venda da água, que prefere chamar de outorga, “porque água não se vende”, disse, Vinícius prometeu a restauração da estrada de Água Quente, que parte é municipal e outra estadual. “Já concluímos os 68 quilômetros da estrada Teresópolis Nova Friburgo, RJ130, e fizemos 12 quilômetros de estrada ligando Santa Rita à cidade, facilitando o acesso ao Parque Natural Montanhas de Teresópolis”.

AGRICULTURA
Sobre as demandas do interior, com a estradas esburacadas e sem condições de uso, Vinícius disse que encontrou a Prefeitura com apenas uma patrol, e quebrada, e que agora o município tem duas máquinas, mais os equipamentos do estado a serviço do município, agradecendo ao ex-secretário José Carlos da Estufa pela passagem pela secretaria.

FEIRINHA
A reforma da Feirinha do Alto é um projeto desafiador porque abrange uma área de 20.000 metros quadrados, obra de 14 milhões de reais. Não é uma obra de maquiagem, é macrodrenagem, colhendo as águas da Granja Guarani; implantando o fio em tubulação subterrânea, e ainda tem o paisagismo, wifi e outras modernidades… Vai ficar uma feirinha de padrão internacional, para a população e o turista. É algo complexo e a empresa enfrentou diversos desafios. Mas agora vai ser aberta nova frente de trabalho, e em breve será terminado o primeiro quarteirão. Os banheiros já estão reformados e a obra ficará de boa qualidade.

RODOVIÁRIA
“Passo todo dia de manhã, acompanhando essa obra da reforma. A rodoviária não recebe uma obra tão robusta como a da Feirinha mas é a maior já feita em 40 anos. Não é uma obra fácil também porque o terminal rodoviário é um condomínio e o serviço vem sendo feito com a rodoviária funcionando, daí os eventuais imprevistos. Vamos reformar todas as calçadas, tornando-a acessível, os banheiros já estão prontos, termos telão de led com as informações turísticas”.

MOBILIDADE
“O plano de mobilidade estamos indo para o terceiro processo de licitação e devemos ter o interesse do mercado em fazer o trabalho, que é modelado no plano de Londrina. É uma grande necessidade do município esse planejamento porque a cidade não parece de crescer. São 112 mil veículos emplacados no município, 3 mil só no ano passado”.

NOVO REGADAS
“O centro comercial da cidade precisa ser revitalizado. Temos um projeto em andamento e pretendemos arranjar o recurso para a Calçada da Fama e o Parque Regadas. O novo Parque Regadas terá arborização, valorizando ainda mais o lugar”, disse. Sobre o tempo exíguo para a realização da revitalização, Vinícius lembrou que falta finalizar o projeto e alcançar o recurso, afirmando que Juscelino fez Brasília em pouco mais de um ano e está trabalhando firme no propósito de conseguir também mais essa conquista.

CORTE DA BARRA
“O bairro das Paineiras tem demandas que precisamos atender, e vamos fazer isso. A rua é uma rota secundária de mobilidade, muito útil para a cidade, como agora, na reforma do Corte da Barra, que a obra pronta vai trazer segurança à população. Vamos observar o que pode ser feito na iluminação pública e no pavimento da rua, porque a iluminação traz a segurança para a cidade e vem sendo melhorada a cada dia”.

RIO PAQUEQUER
“Já fizemos três limpa-rios, e estamos atravessando bem a estação das chuvas, e tivemos alguns pontos de alagamentos específico. É um absurdo o município não ter um metro quadrado sequer de esgoto tratado, e um crime ambiental. Precisamos de um rio Paquequer vivo, porque ele morre ao passar pela cidade. Todos os nossos rios nascem em nosso município e esses cursos d’água vão passar por outros municípios. Os valões abertos, os esgotos a céu aberto. Isso tem que acabar”.

PRECATÓRIOS
“Estive em Brasília, no Encontro Nacional de Prefeitos, e fui escolhido vice-presidente em Precatórios. Então, tocar essa complicada pauta, que é um problema de muitos municípios e um desafio histórico nosso, no interesse de outros municípios também vamos lutar para resolver esse problema. Vamos ter acesso a advogados e parlamentares, para alterar a lei, facilitando o pagamento das dívidas que os municípios Brasil afora têm. Vamos redefinir o percentual do RCL, de 5.51%, da receita quase total dos municípios, o correto seria incluir receitas carimbadas, para esse custeio e ainda buscar linhas de créditos para os municípios com precatórios, vamos promover o deságio e aliviar os orçamentos municipais. O terreno da praça Olímpica, por exemplo, gerou uma dívida de R$ 130 milhões em precatórios para o município, e a área não vale mais de R$ 6 milhões”.

Prefeito Vinicius Claussen durante entrevista no programa Hélio Carracena ao vivo na Diário TV

CRISE NA SAÚDE
“Teresópolis tem 279 milhões de dívida em precatórios, por isso a dificuldade na área da saúde no ano passado, porque teve sequestro na conta desde setembro de 2022. O ano novo já começa complexo também, com inflação alta, o que pesa muito na família, mas também para administração pública, que exige reajuste por conta dessa inflação. Ao mesmo tempo, houve agora a desoneração do ICMS, que fez Teresópolis perder cerca de R$ 1 milhão por mês, e houve a diminuição do valor do Fundeb. Tudo isso, que não está previsto, dificulta as coisas.

ERMITAGE II
“Já foi licitado pelo Estado e o governador deve vir em breve para o início de obras das novas 500 unidades no condomínio Ermitage.

REMÉDIOS
“Comprar medicamentos no segmento público é exercício hercúleo. Temos o recurso, usamos a tabela Cimed, e as licitação dão desertas, não se conseguindo fazer as compras. Mas estamos fazendo o esforço e buscando alternativas para manter a medicação nos postos.

ESCOLA LINO
A reforma da escola Lino Oroña estamos acompanhando de perto. Já fizemos a pintura da quadra e a cobertura. Quando a empresa entrou na reforma, encontrou uma realidade que não esperava, e tivemos que aditivar o contrato. Agora, são 11 operários trabalhando e a entrega será em setembro desse ano.

HERMÍNIA JOSETTI
A escola Herminia Josetti, estamos terminando o projeto junto as secretarias de Educação e Obras para a realização de uma escola linda e confortável, e também segura para os alunos. Pretendemos terminar o orçamento até abril e licitar em maio a construção dessa nova escola.

REFIS
“Para facilitar a vida da população estamos com o Refinanciamento de dívidas, que vai até o dia 5 de abril. É uma grande oportunidade, porque serão concedidos 100% de desconto em multas, juros e correção para o pagamento à vista ou 70% de desconto a prazo, com pagamentos parcelados até o mês de dezembro. A TIA, que é um serviço digital da Prefeitura, está enviando as Cartinhas com débitos, e estamos no balcão à disposição para essa negociação”.

Prefeito respondeu perguntas enviadas pelos internautas e telespectadores

HOSPITAL
“Hoje, a prefeitura tem contrato com os hospitais filantrópicos, e contratamos vários serviços novos, leitos clínicos infantil e adulto, e foram ampliados também os serviços. Temos o compromisso do governador Cláudio Castro, de um hospital Estadual Regional em nosso município. O secretário de Saúde Dr. Luizinho já tem essa demanda nossa e faremos uma reunião que já marcada. Temos até o terreno para esse hospital, que será na Barra do Imbuí. Faz parte do plano de governo do Cláudio Castro esse hospital na Região Serrana, que é a única região que não conta com hospital regional”.

VENDA DA ÁGUA
“O projeto de outorga da água está sendo elaborado desde 2017, com a realização de audiências públicas e consultas públicas. Estamos aguardando a autorização pela Câmara da Lei autorizativa, e queria trazer tranquilidade aos contribuintes. Assinando o contrato, o custo da água vai cair 10%. Se você paga R$ 200 vai pagar R$ 180, no ato inicial. É mentira que o custo vai subir, não tem essa história de aumentos absurdos. E teremos ainda a tarifa social, cerca de 20 mil famílias, que terão de 60 a 80% de desconto. As cerca de 7 mil famílias inscritas no Bolsa Família, com renda de 1/4 de salário mínimo per capta, essas terão água tratada, 15m3, por apenas R$ 23,15.

Vinicius voltou a defender a concessão dos serviços de água e esgoto no município

EMPREGOS
Saneamento é essencial. Vamos conseguir despoluir o rio Paquequer, melhorar a saúde pública, investir no desenvolvimento humano. Mais de meio bilhão será investido na obra, 800 empregos gerados no município.

ESGOTO
“Vamos fazer a concessão dos serviços de fornecimento de água e de tratamento do esgoto em Teresópolis. A outorga trata de dois serviços diferentes. Na água a tarifa vai cair 10% com relação ao que é cobrado atualmente e temos oito empresas interessadas. O esgoto só poderá ser cobrado a partir da construção do separador absoluto, evitando o mau cheio na estação seca e o transbordamento do esgoto na estação de chuvas. O separador vai alcançar praticamente 90%, representando 367 quilômetros de canalização. A empresa só poderá iniciar a cobrança pelo serviço, quando ela estiver apta a coletar, transportar até a estação e tratar o esgoto, e isso não é para agora. Esse segundo serviço, se você paga R$ 100 de água vai pagar R$ 90 por ele. Mas só será cobrado quando o serviço estiver devidamente instalado”.

Compartilhe:

Edição 17/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Veja como ficam as repartições e atrativos turísticos de Teresópolis no feriado

Barra: 60 dias de trânsito lento na Rua Dr. Oliveira

Teresópolis recebeu etapa do Circuito Carioca Master de Vôlei de Praia

Quatro fontes com água imprópria para consumo em Teresópolis

Moradores da Rui Barbosa denunciam calçada em situação irregular

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE