Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Alerj divulga lista dos vencedores do Prêmio Paulo Freire

Foram selecionadas 41 iniciativas promovidas por profissionais de educação de escolas e universidades da rede pública

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) divulgou os vencedores da terceira edição do Prêmio Paulo Freire. Foram selecionadas 41 iniciativas promovidas por profissionais de educação de escolas e universidades da rede pública de ensino em áreas como Comunicação, Sustentabilidade e Ciências. A premiação será realizada no dia 12 de dezembro, às 18h, na Capela Ecumênica da UERJ, no Campus Maracanã. Criada pela Alerj em 2018, a premiação vem se expandindo ao longo de suas edições. Hoje, a iniciativa contempla 11 categorias: Projeto Político Pedagógico, Educação Especial, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, Jovens e Adultos, Ensino à Distância, Educação Popular, Ensino Técnico, e Educação do Campo. “É uma alegria fazer essa dupla homenagem: o reconhecimento de 41 práticas pedagógicas e, ao mesmo tempo, reverenciar o nosso mestre maior e patrono da educação brasileira. Paulo Freire. Mesmo com todas as adversidades impostas pela realidade, os educadores e os estudantes mostram vigor e compromisso em todos os quase 200 projetos inscritos. Sigamos na luta pela educação pública com qualidade”, comentou o presidente da comissão, deputado Flávio Serafini (PSol).
De acordo com as regras do edital, a escolha dos projetos ficou a cargo de uma banca plural de avaliação, composta por nove integrantes: três indicados pela comissão; um do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe); um da União de Professores Públicos no Estado do Rio de Janeiro (UPPES), um representante do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN); um indicado pela União Estadual dos Estudantes Secundaristas (UEES); um outro pela Associação dos Estudantes Secundaristas do Estado do Rio de Janeiro (AERJ) e um último pela União Nacional de Estudantes (UNE).Confira abaixo os projetos vencedores nesta edição.

I – Projeto Político-Pedagógico
Sidney Cardoso Santos Filho (Projeto CIEP 441 Sustentável). Rayanne de Medeiros Gonçalves (Curso Pré-Militar Apolônio de Carvalho)

II – Experiência Pedagógica no Ensino Fundamental
Allan Sandes de Oliveira (Projeto Ilha de Cientistas); Fernanda Sansão Ramos Mattos (Árvore das Lembranças do Cizínio); Isabella Coelho Figueiredo (Jornal JB) Jéssica Gralato Ferreira (Projeto Literário “Escrevivendo com Conceição Evaristo – Rumo a uma Educação Antirracista Rosângela dos Santos Corrêa Nunes (Projeto Agroflorestar).

III – Experiência Pedagógica na Modalidade Educação Especial, na perspectiva inclusiva
Marcele Maria Ferreira Lopes (Vidas Secas em Telas); Roseli Sobreira Borrego (Peja Bilíngue – Suíça é Libras em Ação); Geisa Porto (Inclusão TEA: reconexão com a natureza para superação de obstáculos )

IV – Experiência Pedagógica na Modalidade Educação de Jovens e Adultos
Flávio da Silva Miranda (Produção audiovisual: Luz, Câmera, Ciência em ação); Juliana Martins Marteleto Novo (Um recorte de gênero na EJA: reflexões, desafios e potencialidades das mulheres na sociedade); André Guimarães Valente (Implementação do curso de formação inicial em Cuidador de Idoso Integrado ao Ensino Médio na modalidade EJA no Campus São Gonçalo do IFRJ); Daniel de Souza Santos Candido (Dinamizando o currículo de Ciências e Biologia no CEJA Itaboraí: a sustentabilidade como tema gerador).

V – Experiência Pedagógica no Ensino Médio
Daniela Araújo de Abreu (Caixas Conceituais: liberte seu conceito); Allan da silva (Aprendizagem Gráfica: uma imagem vale mais que mil palavras!); Saulo Paschoaletto de Andrade (Serviços Gerais: o “faz tudo” no aplicativo); Izabela de Fátima Bellini Neves (Sustentabilidade Já! construindo um futuro melhor no curso de formação de professores); Maria Silvia Gomes (Mostra de Cultura Negra do Liceu Nilo Peçanha).

VI – Experiência Pedagógica no Ensino Técnico (Integrado, Concomitante e/ou Subsequente)
Caroline Porto de Oliveira (Faetequinho); Luciane de Paiva Moura Coutinho (Escola de Projetos ETESC); Anderson Carlos Nogueira Oriente (Economia Solidária – disciplina do Curso Técnico em Administração); Luiz Carlos Ribeiro de Santana (Práticas de pesquisa e preservação do acervo da Fundação de Bem-Estar do Menor (FUNABEM): sensibilização do olhar de alunos do Ensino Médio Técnico).

VII – Experiência Pedagógica no Ensino Superior
Lorena Lopes Pereira Bonomo (CRIAS – Ateliê de Geografia das Infâncias da Baixada Fluminense); Thiago Ranniery (Projeto Fundão Biologia na fronteira da diferença); Rosa Malena de Araújo Carvalho (Experiências corporais lúdicas na educação de jovens, adultos e idosos); Luciene de Sousa Teixeira Vales (Alfabeclicando: reforço escolar de alfabetização com uso de games educativos).

VIII – Experiência Pedagógica no Ensino a Distância
Doti Gay Pinto (Fórum de discussão: educação sobre drogas na perspectiva do conceito de redução de danos – uma experiência EaD na EJA semipresencial); Isabela Lopes da Conceição (Pré-UERJ Maricá)

IX – Experiência Pedagógica na área de Ciência e Tecnologia
Herivelto Nunes Paiva (PODPAND – Podcast do Colégio Estadual Pandiá Calógeras); Lucas Peres Guimarães (Do óleo para o sabão: por uma ciência empreendedora); Rute Maria Júlio (A divulgação científica: inclusão da Entomologia na obra “Abaporu”).

X – Experiência Pedagógica na área da Educação do Campo ou diferenciada (indígena, quilombola e caiçara)
Sandro Oitaven (Complexo Agroecológico do CEFFA CEA Rei Alberto I); Maria Clara Estoducto Pinto (Metodologias participativas de Educação em solos na Escola Municipal CEFFA Flores em Nova Friburgo, RJ: a pedagogia da alternância como estratégia de sensibilização para a transição agroecológica); Rafaela dos Santos Ferreira de Araújo (A escola que descobriu o vento); Shirleine Angelo Gomes de Loureiro Maior (Recriando as máscaras africanas atrás do Romuald Hazoumè).

XI – Experiência Pedagógica na área da Educação Popular
Ariadna Patricia Estevez Alvarez (Curso de Atualização Profissional em Práticas de Convivência nos Territórios); Ana Paula dos Santos Monteiro (Rodas Literárias: narrativas do cotidiano em contos que encantam); Thales Rabelo (Projeto Livres Para Brilhar); George Ferreira Lau (Curso Preparatório Comunitário Paulo Freire); Leonardo Conceição Gonçalves (Das lutas corporais às lutas sociais: um golpe na violência contra mulher).

Tags

Compartilhe:

Edição 20/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

População transforma terreno vizinho da UPA em lixão clandestino

Cães farejadores ajudam polícia a encontrar grande carga de drogas

Jovem encontrado morto na BR-116 tem passagem por tráfico, diz PCERJ

Prefeito diz que não vai pagar o aumento de ninguém

Teresópolis: matagal toma conta de rua no Golfe

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE