Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Alerj instala mais 11 comissões permanentes e elege presidentes

Deputado André Corrêa assume presidência da Comissão de Orçamento, umas das mais importantes do parlamento

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) instalou mais 11 comissões permanentes na última quinta-feira, 16, com a eleição de seus presidentes e vice-presidentes. Essas comissões têm a função de dar parecer sobre temas abordados em projetos ou mensagens, além de realizar audiências públicas para discutir assuntos de interesse parlamentar e da população fluminense. Entre as funções do Parlamento Fluminense está a de fiscalizar o orçamento, apresentar propostas de lei das matérias orçamentárias – como o Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) -, e apreciar as Contas do Governador e do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A responsável por esses encaminhamentos iniciais é a Comissão de Orçamento da Alerj, uma das principais pastas da Casa, que agora será presidida pelo deputado André Corrêa (PP) e terá como vice-presidente o deputado Carlos Macedo (REP). Ambos foram eleitos durante a instalação do colegiado. A primeira audiência do grupo já foi marcada para o próximo dia 27/02, quando os deputados irão avaliar o demonstrativo de metas fiscais que deveriam ser cumpridas pelo Poder Executivo no 3º quadrimestre de 2022.

A reunião cumprirá a determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Serão convidados representantes da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e do Tribunal de Contas. “Esse será um ano muito desafiador para o estado. Para começar vamos ter que nos debruçar e analisar a queda no orçamento estadual, fruto da nova tributação sobre combustíveis, que será bastante significativo. Teremos também a reforma tributária, que está saindo do papel e com certeza irá impactar muito na economia do Rio, e também vamos discutir os regimes de benefícios fiscais. O próprio Executivo colocou que o Rio concede, hoje, 363 benefícios e isso impacta o orçamento em R$ 20 bilhões. Precisamos dar uma olhada nisso. Teremos muito trabalho, mas estou muito motivado”, afirmou Corrêa. O deputado está em seu sétimo mandato na Casa, mas pela primeira vez irá presidir a Comissão de Orçamento. Ainda compõem a comissão como integrantes efetivos os deputados Douglas Ruas (PL), Renato Miranda (PL), Arthur Miranda (Pode), Andrezinho Ceciliano (PT) e Vinicius Cozzolino.

Comissão de Tributação

A Comissão de Tributação, Controle de Arrecadação e de Fiscalização também definiu seu novo comandante para dirigir os trabalhos. Foram eleitos para presidente e vice-presidente do colegiado, respectivamente, os deputados Arthur Monteiro (Pode) e Luiz Paulo (PSD). Após a instalação e a eleição de presidente, Luiz Paulo entregou ao deputado Monteiro um documento com o compilado dos trabalhos do grupo nos últimos anos e disse estar à disposição da presidência para o que precisar. Monteiro frisou que fará uma gestão compartilhada e pretende aprender com o grupo, além disso, antecipou que um dos temas que serão abordados na comissão será a reforma tributária. “Temos que incentivar e dar valor a arrecadação de impostos de tributos próprios. Venho para essa comissão para dar ênfase a isso. Não tem estado e bem-estar social sem receita. O gestor público tende a se preocupar só com a despesa, mas também precisamos nos preocupar com a receita. Friso que também quero fazer uma gestão compartilhada”, afirmou o presidente da comissão. Ainda integram a comissão como membros efetivos os deputados André Correa (PP), Célia Jordão (PL) e Filipe Soares (União).

Comissão de Ciência e Tecnologia

A Comissão de Ciência e Tecnologia será presidida pela deputada Elika Takimoto (PT) e a vice-presidência ficará com a deputada Dani Balbi (PSol). Para a primeira reunião do colegiado, a ser realizada no dia 2 de março, foi proposto convidar membros da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e reitores de universidades estaduais e federais instaladas no Rio para mostrarem o planejamento na área para os próximos anos.Doutora em Física pela Uerj e professora há 18 anos no Cefet, Takimoto destacou a importância da ciência e tecnologia para o desenvolvimento social e econômico do estado. “O Rio tem um grande potencial nesta área devido à concentração de universidades e centros de pesquisa instalados aqui. Não vamos conseguir falar sobre desenvolvimento sem ciência, tecnologia e inovação, mas entendo que isso depende de financiamento. E essa comissão vai se debruçar para ir atrás dessas demandas. Tenho plena consciência de que a valorização da ciência é a valorização da vida”, comentou. Compõem a comissão como integrantes efetivos os deputados Tande Vieira (PROS), Filipe Soares (União) e Vitor Júnior (PDTR).

Comissão de Defesa dos Direitos Humanos

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania elegeu novamente a deputada Dani Monteiro (PSol) para presidir o colegiado, já a vice-presidência ficará com o deputado Márcio Gualberto (PL). O grupo também deliberou sobre a primeira reunião, que será realizada no dia 2 de março para definir o plano de trabalho da comissão. Escolhida pela segunda vez para comandar os trabalhos da comissão, Dani Monteiro disse que o objetivo será conseguir manter o colegiado ativo e atuante. “São mais de três décadas de assistência à população, de acolhimento em caso de violação de direitos e, acima de tudo, de um trabalho incessante. Nossa comissão seguirá mantendo o atendimento aqui na sede da Alerj, manterá o Zap da Cidadania e produzirá políticas públicas a partir de audiências, visitas técnicas e fiscalizações de promoções e violações de direitos humanos que estejam ocorrendo no nosso estado”, pontuou. Integram, ainda, a comissão como efetivos os deputados Fred Pacheco (PMN), Jorge Felippe Neto (Avante) e Andrezinho Ceciliano (PT).

Comissão de Trabalho

A Comissão de Trabalho, Legislação e Seguridade Social elegeu a deputada Dani Balbi (PCdoB) para presidir o colegiado. A vaga de vice-presidente segue em aberto e os membros do grupo podem se candidatar na primeira reunião, que ainda não tem data definida. Em seu primeiro mandato, a presidente da comissão destacou a importância de enfrentar os desafios necessários para gerar emprego e renda no estado. “As novas oportunidades devem garantir ocupações de qualidade à população fluminense. Os empregos devem passar por bases industriais sólidas e entregar remuneração adequada, que os permita vencer o orçamento doméstico mensal. O fortalecimento da classe trabalhadora também será uma pauta para a comissão, que vai atuar para fortalecer os sindicatos. Focaremos na retomada de uma agenda de valorização do trabalho, que para nós é um dos motores do desenvolvimento econômico e social”, explicou. Também compõem a comissão como efetivos os deputados André Corrêa (PP), Valdecy da Saúde (PL) e Val Ceasa (Patriota).

Comissão de Defesa do Meio Ambiente

Para conduzir os trabalhos da Comissão de Defesa do Meio Ambiente foram eleitos os deputados Jorge Felippe Neto (Avante) e Felipinho Ravis (SDD) para a presidente e vice-presidente, respectivamente. Durante a reunião de instalação, os componentes do grupo destacaram a importância de implementar ações de combate às inundações e de cobrar o cumprimento da porcentagem de saneamento prevista no edital de concessão da Cedae, em conjunto com as Comissões de Saneamento Ambiental e de Política Urbana e Habitação da Casa. “Vamos tratar o meio ambiente como um tema central para a sociedade; isso é fundamental. Pretendemos continuar os trabalhos a partir da realização de audiências públicas, vistorias e fiscalizações”, disse o presidente da comissão. São membros titulares os parlamentares Filippe Poubel (PL), Léo Vieira (PSC), Professor Josemar (PT) e Flávio Serafini (PSol).

Veja as composições das demais comissões instaladas:

Comissão de Normas Internas

Os parlamentares Rodrigo Amorim (PTB) e Renato Miranda (PL) foram eleitos, respectivamente, para a presidência e vice-presidência do colegiado. Como membros titulares estão os deputados Fred Pacheco (PMN), Jorge Felippe Neto (Avante), Guilherme Delaroli (PL), Andrezinho Ceciliano (PT) e Vinicius Cozzolino (União).

Comissão de Redação
Foi eleito como presidente da comissão o deputado Carlos Macedo (REP) e como vice-presidente o deputado Jair Bittencourt (PL). Integram o grupo como membros titulares os deputados Fred Pacheco (PMN), Jorge Felippe Neto (Avante), Guilherme Delaroli (PL), Carla Machado (PT) e Franciane Motta (União).

Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiário
Os deputados Cláudio Caiado (PSD) e Renato Miranda (PL) foram eleitos para a presidência e vice-presidência do grupo, respectivamente. Compõem a comissão como membros titulares os deputados Jorge Felippe Neto (Avante), Samuel Malafaia (PL) e Yuri (PSol).

Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional
Foi eleito para a presidência da comissão o deputado Renato Machado (PT) e para a vice-presidência o deputado Carlos Macedo (REP). Também são membros titulares os deputados Yuri (PSol), Dr. Pedro Ricardo (PROS) e Bernardo Rossi (SDD).

Comissão de Indicações Legislativas
O colegiado terá o deputado Filipe Soares (União) na presidência e a deputada Célia Jordão (PL) na vice-presidência. Fazem parte também da comissão os parlamentares Júlio Rocha (AGIR), Carlos Minc (PSB) e Otoni de Paula Pai (MDB).

Tags

Compartilhe:

Edição 16/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Sul do Brasil pode registrar geada nos próximos dias

Correios anunciam cargos de nível médio e superior em concurso público

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Barra: 60 dias de trânsito lento na Rua Dr. Oliveira

ChocoSerra começa nesta sexta-feira em Teresópolis, confira a programação

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE