Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Aluna da rede estadual do Rio de Janeiro conquista nota 1000 na redação do Enem

Maria Luiza Januzzi, de colégio em Valença, é uma das 60 estudantes em todo o país a alcançar pontuação máxima

Um feito e tanto para se orgulhar da educação pública do Rio de Janeiro! A jovem Maria Luiza Januzzi, de 17 anos, do Colégio Estadual Padre Sebastião da Silva Pereira, de Valença, na Região Sul Fluminense do Rio de Janeiro, conquistou a nota 1000 na redação do Enem. No total, 60 alunos em todo o país conseguiram a pontuação máxima, sendo que apenas quatro são de escolas públicas.

O Rio de Janeiro teve, ao lado de São Paulo, sete redações com a nota 1000, o melhor resultado entre os estados. Neste ano, o tema da dissertação foi “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”, no qual a estudante da escola de Valença mostrou todo o seu talento e repertório em um belíssimo texto.

– É uma emoção muito grande ver que todas as minhas horas de estudos foram recompensadas. Não tenho palavras para expressar a felicidade e o alívio em meu coração. Quero agradecer a todos que, de alguma forma, contribuíram para minha formação, educação e crescimento. Obrigada à minha escola, aos meus familiares e amigos que sempre me apoiaram. Que todos os jovens desse país possam, assim como eu, encontrar nos estudos uma forma de mudar de vida – afirmou Maria Luiza, um exemplo para os estudantes da rede estadual.

A secretária de Estado de Educação do Rio de Janeiro, Roberta Barreto, também comemorou a conquista da aluna Maria Luiza do colégio de Valença.

– É uma honra termos uma aluna como a Maria Luiza, que nos enche de orgulho. Que este resultado traga inspiração para todos os estudantes de nossa rede – concluiu a secretária.

OUTROS DESTAQUES DA REDE ESTADUAL

Os estudantes do Colégio Estadual Marechal Zenóbio da Costa, em Nilópolis, Baixada Fluminense, também tiveram ótimo desempenho na redação do Enem. Ao todo, 26 alunos alcançaram notas entre 800 e 960. Tudo graças ao Projeto Redação 1K, que é realizado, desde 2022, com as turmas da 3ª série do Ensino Médio.  A iniciativa foi criada para aprimorar a escrita dos candidatos.  A escola já é conhecida pelas conquistas em Olimpíadas de Matemática, tendo levado a medalha de ouro na competição nacional e a de bronze na disputa internacional, em Nova York, no ano passado.

– Me sinto muito feliz e recompensada com tantos resultados positivos frutos do trabalho realizado por mim no Projeto Redação 1K. Com empenho e muita dedicação, consegui levar 16 alunos à nota acima de 900 na redação do Enem 2023. Além de outros nove alunos que alcançaram notas acima de 800 pontos. Considero um sucesso e avanço na qualidade do ensino público – destacou a professora de Língua Portuguesa Luciana Varella, responsável pelo projeto.

Outros alunos da rede estadual se destacaram na redação com uma excelente pontuação. Entre eles, estão Kauã Tranquilino Fagundes (nota 980) e Pedro Henrique Alves Ricardo (900), ambos do Colégio Estadual cívico-militar Cel PM Marcus Jardim, em São Gonçalo (Alcântara), na Região Metropolitana do Rio.

Compartilhe:

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

Do abrigo para o lar, a importância das feiras de adoção de pets

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE