Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Associação quer o fim dos atrasos na TEREPREV

A Associação de Aposentados e Pensionistas da Prefeitura de Teresópolis acredita que somente a Justiça pode dar uma solução para os atrasos nos salários dos servidores inativos e aguarda a decisão sobre a regularização dos pagamentos, mesmo após a prefeitura conseguir suspender a obrigação de fazer o repasse em dia das verbas para o Tereprev. A ação que tem o objetivo de garantir o fim dos atrasos que se repetem desde outubro do ano passado continua em andamento e aguarda sentença do juiz Carlo Basílico. O médico Humberto Vilhena, presidente da Associação explicou que o pedido exige que seja cumprida a lei, determinando os repasses para que o Tereprev pague os proventos até o 5º dia útil de cada mês.

Marcus Wagner

A Associação de Aposentados e Pensionistas da Prefeitura de Teresópolis acredita que somente a Justiça pode dar uma solução para os atrasos nos salários dos servidores inativos e aguarda a decisão sobre a regularização dos pagamentos, mesmo após a prefeitura conseguir suspender a obrigação de fazer o repasse em dia das verbas para o Tereprev. A ação que tem o objetivo de garantir o fim dos atrasos que se repetem desde outubro do ano passado continua em andamento e aguarda sentença do juiz Carlo Basílico. O médico Humberto Vilhena, presidente da Associação explicou que o pedido exige que seja cumprida a lei, determinando os repasses para que o Tereprev pague os proventos até o 5º dia útil de cada mês.
O representante da associação destacou que a liminar não foi cassada, apenas houve a suspensão do efeito que determina prazo e multas. Ele explicou que é importante que o judiciário tenha sensibilidade sobre o problema: “A situação é caótica porque a maioria já esgotou a capacidade de obter recursos, de endividamento frente às suas necessidades pessoais e ainda aqueles que pegam empréstimos para ajudar os filhos, tudo isso já chegou ao limite. Além de tudo, os aposentados não têm como fazer greve e a própria capacidade de mobilização do aposentado é limitada por força da idade. Existe uma questão social gravíssima que se justapõe à crise que já afeta a cidade porque há o problema com o pagamento de salário do governo do estado e somando os servidores ativos e inativos da prefeitura e do governo estadual, eles correspondem a 20% da força salarial de Teresópolis”. 
Vilhena também destacou que é necessário haver uma mudança de postura na direção do Tereprev para que defendam os interesses dos aposentados e não do prefeito: “A presidente da Tereprev fez um pronunciamento que mandou pelo Whatsapp absolutamente inapropriado, como se tivesse se vangloriando de ter vencido uma situação. Na realidade, ela é nossa representante, é a pessoa responsável por uma autarquia que tem autonomia, então ela tinha que lutar pelos aposentados e o que a gente verifica é exatamente o contrário. Ela repete palavras que a gente tem certeza que foram ditadas a ela pelo prefeito. É uma situação absurda que vivemos atualmente. A crise nós conseguimos entender, o que não dá para entender é a falta de sensibilidade do poder público. Espero que o juiz Carlo Arthur Basílico possa analisar isso com rapidez e com muita sensibilidade”.
Ainda de acordo com o presidente da associação, somente a Justiça pode dar uma solução para o caso, pois além de a prefeitura não pagar, também em momento nenhum mostra que esteja buscando soluções.
De acordo com a ação “o perigo do dano está evidenciado no fato de que a não realização dos repasses gera sério risco à receita do Instituto de Previdência e lá na frente comprometer mais ainda o caixa para o cumprimento de suas obrigações. Também se evidencia tal perigo quanto ao fato de o não pagamento dos proventos aos aposentados e pensionistas até o 5º dia útil comprometer o principio da dignidade da pessoa humana, em razão da não preservação do mínimo existencial dos aposentados e pensionistas”. 
A filiação à Associação dos Aposentados e Pensionistas poderá ser feita deixando mensagem pelo Whatsapp 99122-2218 ou no Edifício Túlio Spector, cobertura, no Sindicato dos Bancários, das 14h às 17h.

Foto: O médico Humberto Vilhena está à frente da Associação dos Aposentados e Pensionistas e convida os servidores inativos para se filiarem 

Tags

Compartilhe:

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE