Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Castro determina o cancelamento da prova objetiva do concurso da PM

Governador também determinou abertura de processo para apurar falhas e punir os responsáveis

O Governador Cláudio Castro determinou que a primeira etapa do concurso da Polícia Militar – a prova objetiva -, realizada no último fim de semana, seja cancelada. Uma sindicância e um processo administrativo foram abertos para apurar as falhas durante a realização da prova. O Ibade – Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo -, responsável pelo concurso, foi notificado ontem. “Contratamos uma empresa para realizar um concurso e o que vimos no último fim de semana é inadmissível. Diante do que foi amplamente mostrado nas redes sociais, e em respeito aos candidatos que agiram corretamente, não me resta outra alternativa que não seja cancelar a prova objetiva”, disse o Governador.
Cláudio Castro destacou o grande número de inscritos para o concurso da Polícia Militar – o maior da história. No total, 119.541 candidatos se inscreveram para disputar duas mil vagas. A prova foi realizada em 121 locais no Rio, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Niterói. “A enorme procura demonstra o quanto estamos valorizando aquela que é uma das carreiras profissionais mais importantes e valorizadas pela minha administração”, acrescentou. O governador tranquilizou os inscritos no concurso: “Quem se inscreveu pode ficar tranquilo que em breve vamos anunciar as novas datas para a realização das provas, que acontecerão ainda este ano”.

Tags

Compartilhe:

Edição 17/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis: Passagens de ônibus dos doentes crônicos continuam sem solução

Polícia Ambiental flagra mais um desmatamento em Albuquerque

Parque Nacional terá processo seletivo para agente ambiental

Adolescente denunciado por tráfico de drogas na Tijuca

Ramais de abastecimento de água danificados na Barra

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE