Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Chuva causa deslizamento de terra e deixa família desabrigada

Temporais frequentes deixam Defesa Civil em estágio de atenção em Teresópolis

Marcello Medeiros

As tradicionais e fortes chuvas do mês de março voltam a preocupar os teresopolitanos. Nas últimas duas semanas, temporais têm atingido a região em todos os finais de tarde e, na madrugada desta quinta-feira, grande quantidade de chuva tirou o sono de moradores de diversos bairros – independente de serem consideradas áreas de risco, um resquício das consequências da catástrofe de 12 de janeiro de 2011. Apesar da precipitação e preocupação, apenas duas ocorrências foram registradas pela Defesa Civil na madrugada de ontem. A mais grave delas aconteceu na Rua Íris, bairro do Jardim Meudon, onde deslizamento de terra fechou parcialmente a via pública.
Além disso, devido ao aterramento do talude, houve a interdição de um imóvel e a família composta por três pessoas precisou sair, sendo encaminhada para atendimento pela Secretaria de Desenvolvimento Social. A Secretaria de Serviços públicos foi acionada para desobstrução da Rua Íris nas primeiras horas da manhã. Também logo após o dia clarear nesta quinta-feira, foi feito um pedido de avaliação na Creche Municipal Paraíso, no bairro Vale do Paraíso.  A equipe técnica foi ao local e constatou a necessidade de manutenção em um muro. A Defesa Civil permanece em estágio de atenção, monitorando as condições do tempo e mantendo a população informada através das redes sociais, dos alto-falantes das sirenes do Sistema de Alerta e Alarme e do aplicativo AlertasDCT.

 

Morte em Petrópolis
Um deslizamento de terra matou um menino de sete anos de idade e deixou uma mulher ferida, no Morro do Querosene, no distrito da Posse, em Petrópolis. Segundo o Corpo de Bombeiros, a equipe de resgate foi acionada por volta das 7h30 da manhã desta quinta-feira, por causa do deslizamento decorrente de chuvas. Segundo o Corpo de Bombeiros, quando o menino foi resgatado, ele já estava morto. Seu corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal. A mulher foi socorrida por moradores locais e levada para um hospital.
De acordo com a prefeitura de Petrópolis, aconteceram deslizamentos na Estrada União e Indústria, que foi interditada na altura da Curva da Jacuba; na pista sentido Rio de Janeiro da BR-040; na Rua Noêmia Alves Rattes; e na Estrada do Brejal. A Defesa Civil do município vizinho também está em estágio de atenção, já que a chuva permanece em algumas regiões da cidade e existe a previsão de chuva permanente ao longo do dia. A secretaria orienta a população a ter atenção em função dos acumulados que deixam o solo encharcado.

 

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 28/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira

Dia do Desafio: Sesc Teresópolis promove atividades gratuitas

Moradores de Albuquerque continuam convivendo com lamaçal

Ladrão de residência tenta fugir da PM pulando em rio

Homem é preso por grave agressão à mulher na Várzea

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE