Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

City tour com personagens históricos promove pontos turísticos de Teresópolis

Jardineira fará passeios guiados, inicialmente para alunos da rede pública. Intenção é criar novo atrativo turístico

Luiz Bandeira

Secretaria de Turismo e iniciativa privada se mobilizaram para oferecer um novo atrativo turístico para o visitante. Inicialmente oferecido aos alunos da rede municipal de ensino, um city tour a bordo de um veículo com janelas panorâmicas e assentos que se assemelham a bancos de praça, conhecido popularmente como jardineira, começa a circular por pontos turísticos que remetem à história da cidade. Os passeios serão orientados por guias de turismo credenciados. A reportagem do jornal O Diário e Diário TV foi conhecer melhor o projeto nesta segunda-feira, 27.
Empresário dedicado ao serviço de passeios turísticos no entorno da Feirinha do Alto, com os já famosos trenzinhos, Rogério Modesto relatou que agora investe nesse projeto em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo para promover passeios onde personagens históricos brasileiros revelam a relação da nobreza com a memória da cidade. “Com um prazer enorme estou aqui para apresentar o City Tour ‘Jardineira Cultural’, em homenagem aos 200 anos da Imperatriz Teresa Cristina. O trenzinho recreativo todo mundo já conhece e essa é uma maneira diferente de olhar Teresópolis. Junto com um guia de turismo, o André Rebouças e a Imperatriz Teresa Cristina, a gente está apresentando a cidade”, conta Rogério,que se refere aos nobres da monarquia brasileira, representados por atores, André Rebouças, abolicionista e amigo da família imperial e da própria Imperatriz, de onde originou-se o nome da nossa cidade.

Os personagens históricos fazem parte do passeio guiado contando a relação da nobreza com a cidade de Teresópolis


Os primeiros passeios vão ser oferecidos a professores e diretores da rede municipal de ensino. “Para que elas possam conhecer na prática aquilo que a gente quer oferecer às nossas crianças e posteriormente estaremos apresentando pros nossos turistas também”, projeta o empresário. Rogério disse ainda que esse é um projeto antigo e que quando ele adquiriu o veículo mais de 10 anos atrás já tinha em mente promover os passeios guiados. “A Tragédia de 2011 nos atrapalhou e, posteriormente, eu, o Henrique Silva e a Juliana da Eco Play, a gente sempre vinha conversando muito sobre isso, então eu posso dizer que esse é um projeto em conjunto com o Henrique, que hoje é o nosso subsecretário de Turismo, com a Juliana da Eco Play, que criou também uma historinha lúdica da formiguinha visitando Teresópolis e conhecendo. Tudo isso será apresentado agora pras nossas diretoras. A nossa ideia e fazer que Teresópolis seja cada vez mais vista e mais amada”, estima Rogério Modesto.

Antes de embarcarem para o passeio, os visitantes fazem uma visita ao Palacete Teresa Cristina para contemplar as obras de arte expostas no prédio histórico

Vivendo a história
O subsecretário de Turismo do município é também um dos idealizadores do projeto e ainda incorpora o personagem André Rebouças, com a indumentária elegante de alguém que frequentava os palácios imperiais à época. Henrique Silva fala entusiasmado sobre o projeto. “É um prazer muito grande fazer esse trabalho por que nós percebemos que a nossa própria população não conhece a história de Teresópolis, nós precisamos levar isso para a rede pública é um compartilhamento de informações, e trazer a cidadania é fazer o pertencimento do cidadão teresopolitano e nada melhor do que começar com as crianças e as professoras que vão ter a oportunidade de conhecer um pouco melhor a nossa cidade levando isso pras escolas”, pontuou.
Henrique destacou também a importância de contar a história às novas gerações. “Algumas pessoas pensam, por eu estar em companhia da Imperatriz, que eu sou o Dom Pedro II. Não eu não sou Dom Pedro II, eu sou André Rebouças que é um cidadão que nasceu no interior da Bahia, que veio para o Rio de Janeiro, amigo da família imperial, inclusive Dom Pedro II, financiou os seus estudos, tanto no Brasil como no exterior. Então André Rebouças tem uma dívida muito grande com a família imperial e eu estou aqui no papel de acompanhante da nossa imperatriz e acho interessante também que as pessoas venham saber quem foi a Imperatriz Teresa Cristina, que foi a esposa de Dom Pedro II, a cidade de Teresópolis recebe esse nome em homenagem a ela”, ensina.

Secretária de Cultura Cléo Jordão prestigiou a iniciativa em prol do turismo e da cultura da cidade

Do passeio para a escola
Solange Dias, diretora da escola Municipal Belkis Morgado, no bairro de São Pedro, falou com a reportagem do jornal O Diário e Diário TV sobre o conhecimento adquirido em passeios como esse. “Nós conhecemos nossa cidade, mas por incrível que pareça hoje nós tivemos outro olhar, tinham muitas coisas que nós nunca tínhamos percebido, que nós não tínhamos nem conhecimento e aí com esse conhecimento que adquirimos hoje, com certeza vamos levar para os nossos professores e vamos trazer os nossos alunos pra ter, desde pequenos, o quê nós aprendemos depois de tão grandes. Vai ser importante pro turismo com certeza, acho que isso tem que ser fomentado, por que é um passeio que todos deveriam fazer”, concluiu a professora.


Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 13/08/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Policial civil denunciado por lavagem de dinheiro é preso no Rio

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Petrópolis x Teresópolis, a travessia mais bonita do Brasil