Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Começa o recadastramento do cartão especial de transporte em Teresópolis

Atualização da documentação é obrigatória para a gratuidade nos ônibus municipais

A Secretaria Municipal de Saúde começou a recadastrar nesta segunda-feira, 03, os beneficiários do cartão especial que garante a gratuidade às pessoas com deficiência física e doenças crônicas no transporte público municipal. O recadastramento acontece de acordo com agendamento prévio. O beneficiário deve consultar dias e horários de atendimento nos canais oficiais da Prefeitura, bem como pelo seguinte número de WhatsApp: (21) 2127-4000. O atendimento ocorre no Centro de Saúde Dr. Armando Gomes de Sá Couto (Rua Francisco Sá, 299, Várzea) e deverão ser apresentados os documentos a seguir: cartão Riocard Mais Passe Especial; Identificação original (identidade e CPF); comprovante de residência original atual; e laudo médico original. Em caso de menores de idade, será aceita a certidão de nascimento original.
ASSISTÊNCIA SOCIAL – O Conselho Municipal de Assistência Social de Teresópolis (CMAS) Convoca os munícipes e conselheiros para participarem da sua nona reunião ordinária, que será realizada no próximo dia 6 outubro, quinta-feira, às 9h da manhã, presencialmente, na CEAC (Praça Baltazar da Silveira, n° 65 – cobertura, Várzea). Na reunião, serão debatidos a aprovação da Ata nº 012; o fórum de eleição da sociedade civil; informes e comissões, informes gerais e assuntos gerais de interesse dos participantes. A chamada da reunião acontecerá às 9h15.

Capacitação para a saúde
A Sociedade de Ciências Médicas de Teresópolis, na Ermitage, sediou o curso de capacitação para profissionais de saúde, na última semana. O grupo reuniu membros da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para debater a Estratégia de Saúde da Família. Este curso é resultado de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ), o Instituo de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IMS-UERJ) e diversos municípios da Região Serrana do estado. O primeiro encontro presencial foi marcado pela apresentação do projeto e dinâmicas de grupo ao longo do dia. Como principal objetivo desde projeto está a formação de multiplicadores de iniciativas que buscam melhorar o atendimento de pacientes da saúde pública. “Estamos instrumentalizando todos os profissionais presentes para que eles possam, ao final do curso, espalhar este conhecimento nos seus municípios fortalecendo o trabalho com a população mais carente”, explicou a tutora do projeto, Norma Pontes.
A SMS foi representada por profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), enfermeiros e também pelas Subsecretárias de Atenção Básica à Saúde, Dra. Claudia Miguel e Adriana Chaves. “A palavra que define nosso trabalho é persistência. Estamos na gestão há 4 meses e tudo só é possível se acreditarmos e acolhermos o SUS. Foi dessa forma que conseguimos vencer a pandemia apesar das dificuldades, e todo ganho é para o Sistema Único de Saúde”, comentou a Dra. Claudia Miguel. Em formato híbrido, os encontros ocorrem até o mês de dezembro com a presença dos seguintes municípios: Teresópolis, Petrópolis, Carmo, Cachoeiras de Macacu, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro e Guapimirim.

Edição 23/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Chuvas no estado do Rio provocam ao menos sete mortes

Justiça Federal determina retorno de Adélio Bispo a Minas Gerais

Ônibus: novas tarifas intermunicipais entram em vigor neste sábado

Sexta e sábado com feira de adoção de cães na Várzea

Asfalto ficou na promessa e Vale dos Cedrinhos segue quase intransitável

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE