Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Construtoras comemoram redução de juros do crédito habitacional

Mudança anunciada pela Caixa deve gerar aumento na procura e valorização das unidades na planta

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta semana uma redução na taxa de juros do crédito imobiliário. Os detalhes foram anunciados em um evento para o setor de construção civil realizado na sede do banco, em Brasília, nesta quinta-feira, 16.  A redução dos juros ocorre em uma modalidade específica de financiamento habitacional, o crédito Poupança Caixa. A Caixa oferece atualmente quatro modalidades de financiamento da casa própria: crédito com taxa fixa de juros, crédito com correção pela Taxa Referencial (TR), financiamento corrigido pela inflação (IPCA) e o crédito Poupança Caixa, em que a taxa de juros tem uma parte fixa, definida pelo banco, e outra variável, que corresponde à remuneração da poupança. É justamente na taxa fixa cobrada pelo banco que houve redução de 3,35% ao ano (a.a.) para 2,95% a.a. Com isso, o crédito Poupança Caixa passa a ser 2,95% a.a + rendimento da poupança. Variável, o rendimento da poupança corresponde a 70% da Taxa Selic, a taxa básica de juros, atualmente em 5,25%. Na prática, o crédito nessa modalidade terá correção de 6,62% a.a., se considerarmos o valor da Selic vigente no momento. 
A partir de 4 de outubro, já será possível realizar as simulações com as novas condições da linha de crédito imobiliário Poupança Caixa, tanto pelo aplicativo Habitação Caixa ou diretamente no site do banco. As contratações começam no dia 18 do mesmo mês. Atualmente, a carteira de crédito habitacional da Caixa soma um volume R$ 534,6 bilhões, com 5,8 milhões de contratos, o que representa 67,3% de todo o financiamento imobiliário concedido no país.

Mercado em Teresópolis
Entramos em contato com Phellipe Ribeiro, Gerente Comercial da Gênesis Empreendimentos, construtora local que já construiu diversos prédios no município e atualmente tem obras em andamento e lançamento para o próximo mês. Ele destaca a importância dessa mudança. “A conjuntura está excepcionalmente propícia para aquisição do tão sonhado imóvel e provavelmente veremos uma alta valorização das unidades que estão sendo negociadas na planta", enfatiza, informando ainda: "A Gênesis, observando o crescimento econômico de Teresópolis e a necessidade novos projetos, está lançando dois empreendimentos, o Solar Pimenteiras, que compõe o seguimento do Casa Verde e Amarela e o Vibránt Agriões, que será um projeto inovador com data prevista de início de vendas para outubro".
A construção civil é um dos setores que mais emprega em Teresópolis e a redução de juros pode fazer que o número de interessados em adquirir um imóvel aumente e, com isso, a necessidade de construção de novos prédios. "A construção civil é um dos segmentos que mais fomenta a nossa economia. Enxergando a necessidade de manter o setor aquecido, a Caixa anunciou cortes na taxa de juros para contratação de crédito habitacional na contramão do aumento da Selic", comemora Phellipe Ribeiro.

 

Tags

Compartilhe:

Edição 23/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Dengue: Teresópolis chega 965 casos em 2024

“Jantar Imperial” neste sábado no restaurante Donna Tê em Teresópolis

Coréia: um mês após tragédia moradores ainda aguardam o poder público

Oposição impede urgência para projeto que substitui antigo DPVAT

Redução de IR para motoristas de táxi e aplicativos é aprovada pela CAE

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE