ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

COPBEA registra denúncia e acompanha caso de crueldade extrema a animais

Data: 20/07/2021

Identificada como Branquinha, a cadela era cuidada por moradores do bairro Agriões e estava desaparecida há mais de um mês - Reprodução

A Coordenadoria de Proteção e Bem-estar Animal (COPBEA)/Secretaria Municipal de Meio Ambiente registrou ocorrência e a 110ª DP está investigando a morte de dois animais domésticos. A medida foi tomada após a COPBEA receber denúncia de que os corpos de um gato e de uma cadela comunitária haviam sido encontrados totalmente mutilados. O corpo do gato foi descoberto no dia 30 de junho perto de uma trilha no bairro Jardim Serrano, na mesma área em que o corpo da cadela foi encontrado, no dia 9 de julho. Identificada como Branquinha, a cadela era cuidada por moradores do bairro Agriões e estava desaparecida há mais de um mês. "Estamos acompanhando a investigação da Polícia Civil, pois tudo indica que os crimes foram praticados pela mesma pessoa. Pedimos que os moradores fiquem atentos e denunciem caso percebam alguma situação suspeita na região. Maltratar animais é crime e deve ser punido, ainda mais os praticados com requintes de crueldade", explica Jackson Muci, coordenador da COPBEA.
De acordo com a delegada de polícia Carolina Marins, da 110ª DP, a denúncia tem sigilo garantido. "Contamos com a colaboração da sociedade para identificarmos o suspeito dessa monstruosidade com os animais. Qualquer informação relevante do suspeito ou suspeita pode ser comunicada pelo Whatsapp da 110ª DP e o sigilo é garantido". Os telefones da 110ª DP para o recebimento de denúncias de maus tratos e abandono de animais são (21) 2642-9252 e (21) 98596-7436. As denúncias também podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria Geral da Prefeitura, (21) 2742-8761, ou pelo aplicativo e-Ouve. Todas serão encaminhadas à Coordenadoria de Proteção e Bem-estar Animal.

 

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Novo coreto na Praça da Matriz de Santa Teresa

Estado promete construir mais 1.088 unidades habitacionais na Região Serrana

Prefeitura de Teresópolis estuda possível suspensão da vacinação em adolescentes

Aulas: Saúde recebe diretoras escolares para atualizar regras sanitárias

CoronaVac dá proteção acima de 90% a quem tem comorbidades, diz estudo

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy