ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Donos de animais soltos em vias públicas são notificados

Data: 08/11/2019

Criador do Córrego do Príncipe é notificado preventivamente pela fiscalização do Meio Ambiente - AsComPMT

Nesta quinta-feira (07), moradores dos bairros Cascata do Imbuí, Posse, Córrego do Príncipe e região que possuem bois e cavalos receberam a visita das equipes da COPBEA – Coordenadoria de Proteção e Bem-estar Animal, da fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e da Guarda Civil Municipal. Na ação preventiva, os proprietários foram advertidos que os animais devem ser mantidos presos, para evitar que perambulem pelas ruas e causem acidentes de trânsito, colocando em risco a vida de condutores de veículos e de pedestres. Caso o problema persista, em breve, bovinos e equinos serão recolhidos e enviados para currais públicos fora do município.  “Existem vários proprietários notificados. Primeiro, eles tomam ciência da ação, depois são notificados. No caso de reincidência, são multados e o animal é apreendido”, relata Jackson Muci, coordenador da COPBEA.
Atualmente, a Prefeitura dá andamento a chamamento público para fazer convênio com currais públicos de apreensão. “Nesta ação, estamos avisando os donos de animais de médio e de grande porte que eles estão infringindo a lei e poderão ter seus bois e cavalos apreendidos e enviados para os currais de apreensão de Itambi, em Itaboraí, e de Seropédica, em Itaguaí. Depois, eles terão que ir até esses locais, pagar taxas, multa e o transporte para reaver seu animal”, alertou Jackson Muci.
Morador da Posse e integrante da diretoria da Associação de Moradores do bairro, Adriano Ramires diz que é comum encontrar cavalos e vacas perambulando em via pública. “São vários animais, alguns maltratados, mas a maioria são bem tratados. A gente tenta descobrir quem são os proprietários. Espero que a Prefeitura reative o recolhimento de animais. É fácil falar dos animais soltos, mas cada um tem que fazer a sua parte”, disse o morador.
Criador de vários animais de médio e grande porte no Córrego do Príncipe, Luiz Marcelo Pereira ‘Brizola’ aprovou a ação preventiva. “Animal na rua tem mais é que recolher mesmo. Tem criador do Caleme que traz cavalo e solta aqui. É perigoso, pode causar acidente. Bicho meu na rua não tem”, finalizou.  
A ação também atende reclamações feitas na Ouvidoria Geral da Prefeitura por moradores de vários bairros e repercute denúncias publicadas pelo jornal O Diário. Nesta quinta-feira, por exemplo, a reportagem mostrou que, mesmo após acidente na Cascata do Imbuí, onde motorista foi desviar de um cavalo e caiu dentro de rio, havia quatro animais soltos na Estrada da Posse. “Já vínhamos fazendo essas notificações formalmente, mas realizamos essa ação para alertar os proprietários que estão infringindo a lei e que poderão ter seus animais apreendidos. É um trabalho de conscientização. Esperamos que, com isso, diminua a incidência desses animais soltos nas ruas. Faremos esse trabalho em vários pontos da cidade”, finalizou Jackson Muci.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Um armazém que guarda quase 100 anos de história em Teresópolis

Mega-Sena acumula e próximo prêmio vai a R$ 14,2 milhões

Flamengo vence Grêmio e pode ser campeão Brasileiro no próximo domingo

Itaú vai fechar a agência da Calçada da Fama na próxima semana

Câmara não consegue notificar prefeito de pedido de CP

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ