Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

EcoRioMinas inicia as operações na BR-116 (RJ/MG), BR-465 (RJ) e BR-493 (RJ)

Serviços médicos e mecânicos já estão disponíveis para os usuários das rodovias

A concessionária EcoRioMinas inicia as operações nos 726,9 quilômetros do sistema Rio de Janeiro (RJ) – Governador Valadares (MG), dando início às obras de melhorias das rodovias e à prestação de serviços médico e mecânico 24h e gratuito aos usuários. Em 30 anos de concessão, a EcoRioMinas vai investir R$ 11 bilhões em todo o sistema Rio-Valadares. Outros R$ 9,9 bilhões serão aplicados na operação da malha rodoviária, totalizando um aporte de cerca de R$ 20 bilhões.
Entre as ações previstas no primeiro ano do contrato de concessão com a Agência Nacional de Transportes Terrestres, estão os serviços de conservação da rodovia, como roçada, capina e limpeza da pista, a recuperação da pavimentação, revitalização de pontes, viadutos e da sinalização horizontal, assim como a implantação de placas de trânsito. Esses trabalhos iniciais envolvem obras prioritárias que mitigam riscos de acidentes e desconforto aos usuários.
As obras de ampliação da capacidade das vias, com entregas previstas a partir do quarto ano de concessão, contemplam mais de 303 quilômetros de duplicações, 255 quilômetros de faixas adicionais e 85,5 quilômetros de vias marginais em toda a Rio-Valadares. A construção de 154 dispositivos, – entre trevos, viadutos, passagens inferiores, alças e retornos – além da implantação de 57 passagens de fauna e de 1,6 quilômetros de ciclovias tornarão o trânsito mais seguro. Nos trechos urbanos, a EcoRioMinas vai instalar 75 passarelas de pedestres e 462 pontos de ônibus. Ao longo do sistema rodoviário, haverá dois pontos de paradas e descanso para os caminhoneiros.

Pedágio na BR-116 – A cobrança de pedágio pela nova concessionária ocorre, a partir de 0h1m desta quinta-feira (22), com valor inferior ao exigido anteriormente nas três praças em funcionamento no trecho da BR-116, localizadas em Magé, na Baixada Fluminense. A cada passagem o percentual do desconto vai aumentando. Na trigésima viagem, o motorista alcança a tarifa mínima, que pode chegar a R$0,02, no caso das praças de Magé. Esse valor mínimo fica congelado e passa a valer para as demais travessias realizadas dentro do mesmo mês. Quando virar o mês, a tarifa volta ao valor total e reinicia um novo ciclo de descontos.
Sobre a Concessão – A EcoRioMinas, nova unidade da EcoRodovias, será responsável pela administração do Sistema Rodoviário Rio de Janeiro (RJ) – Governador Valadares (MG), que se estende por 726,9 quilômetros e corta 36 municípios dos dois estados. A malha rodoviária concessionada liga a capital fluminense ao leste de Minas e inclui o Arco Metropolitano, a Região Serrana do Rio de Janeiro e o Porto de Itaguaí, formando um importante corredor logístico entre o Sul e o Nordeste do Brasil.
A concessão abrange trechos das rodovias BR-116 (RJ/MG), BR-465 (RJ) e BR-493 (RJ), assumidos em setembro de 2022, com exceção do trecho da BR-116, na Rodovia Presidente Dutra, do Trevo das Margaridas até Seropédica, que passará a ser administrado e operado pela concessionária em março de 2023. Neste mesmo mês, a concessionária passa a realizar a operação completa em todos os trechos. Para mais informações, acesse < www.ecoriominas.com.br >.

Compartilhe:

Edição 20/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

População transforma terreno vizinho da UPA em lixão clandestino

Cães farejadores ajudam polícia a encontrar grande carga de drogas

Jovem encontrado morto na BR-116 tem passagem por tráfico, diz PCERJ

Prefeito diz que não vai pagar o aumento de ninguém

Teresópolis: matagal toma conta de rua no Golfe

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE