Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Eleições em Teresópolis

Eleitor pode denunciar compra de votos pelo 2742-7565

Domingo de eleições tranquilas em Teresópolis, até o momento. De acordo com o TRE cinco urnas apresentaram defeitos e foram substituídas. Em alguns bairros candidatos insistiram em jogar suas propagandas de forma irregular nas ruas. Nas primeiras horas do dia, equipes do setor de Serviços Públicos da Prefeitura chegaram a fazer a limpeza em alguns locais, mas ainda se vê muito papel jogado na expectativa dos candidatos de conquistar votos de eleitores que ainda não se decidiram. O TRE recebeu denúncias de compra de votos e boca de urna, mas até o momento ninguém foi detido em Teresópolis.  A votação será encerrada às 17h, conforme horário local de cada região. São 147.302.357 brasileiros aptos a escolher o presidente da República, os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, 54 senadores, 513 deputados federais, 1.035 deputados estaduais e 24 deputados distritais. Estaremos ao vivo na Diário TV com a apuração dos votos. Você poderá acompanhar no canal 4 da RCA ou em pelo Youtube.

Aplicativo Emergência RJ recebe denúncias de crimes eleitorais

Em um pleito marcado pela presença dos candidatos nas redes sociais, o eleitorado do Rio de Janeiro tem à disposição um canal on-line para informar crimes eleitorais. Trata-se de uma funcionalidade incorporada ao aplicativo Emergência RJ, com a qual qualquer cidadão pode registrar denúncias, que são, em seguida, encaminhadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado.

Embora o usuário preste as informações mediante cadastro, o relato chega às autoridades sem que sua identidade seja revelada, isto é, de forma anônima.

Ao instalar o aplicativo, disponível para os sistemas Android e IOS, a população pode comunicar ocorrências relacionadas à compra de votos, boca de urna, casos em que eleitores são impedidos de votar ou tentativas de voto duplicado em favor de algum candidato. Também são vedados, segundo a legislação eleitoral vigente, o oferecimento de transporte gratuito a eleitores e outros benefícios em troca de voto, situações que podem ser informadas pelo aplicativo. Após efetuar o download do aplicativo, que pode ser feito por meio da Apple Store e da Google Play, o usuário deve preencher os dados cadastrais e validar uma conta de e-mail ou Facebook. Apesar do cadastramento do usuário, a denúncia contra qualquer crime eleitoral será remetida sob anonimato à Central do 190, da Polícia Militar, e depois encaminhada ao TRE.O aplicativo foi criado por iniciativa da chamada Coalizão Eleitoral, comitê formado por membros do TRE-RJ, Procuradoria Regional Eleitoral, Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e instituições ligadas à segurança pública, como a Secretaria de Estado de Segurança, a Guarda Municipal, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal e as polícias Civil e Militar.

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 01/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

GCM e PM apreendem produtos de beleza e saúde vendidos em via pública

Estudantes na campanha contra o mosquito Aedes aegypti

Homem preso com maconha e cocaína em Água Quente

OABRJ e TRF2 realizam parceria para casos de regularização fundiária

Foragido da Justiça é localizado em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE