Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Empresas Alterdata e Dafel são destaques em ranking internacional

O momento da cidade é mesmo mágico e com toda a projeção motivada pelos recentes índices de segurança e belezas naturais impulsionados pela mídia nacional e internacional, as boas notícias são de motivar até mesmo o mais pessimista dos teresopolitanos. Mas sempre há espaço para notícias ainda melhores, como o que aconteceu na última semana em que duas das maiores empresas de nosso município se destacaram no importante ranking de satisfação entre colaboradores, o Great Place to Work. Alterdata e Dafel consolidam suas participações no estudo, que é feito em mais de cinquenta países e mostram que a força do investimento nas pessoas pode trazer excelentes resultados, inclusive quanto à satisfação dos próprios funcionários para com o seu ambiente de trabalho.

Anderson Duarte

O momento da cidade é mesmo mágico e com toda a projeção motivada pelos recentes índices de segurança e belezas naturais impulsionados pela mídia nacional e internacional, as boas notícias são de motivar até mesmo o mais pessimista dos teresopolitanos. Mas sempre há espaço para notícias ainda melhores, como o que aconteceu na última semana em que duas das maiores empresas de nosso município se destacaram no importante ranking de satisfação entre colaboradores, o Great Place to Work. Alterdata e Dafel consolidam suas participações no estudo, que é feito em mais de cinquenta países e mostram que a força do investimento nas pessoas pode trazer excelentes resultados, inclusive quanto à satisfação dos próprios funcionários para com o seu ambiente de trabalho. Em entrevista ao programa Jornal Diário na TV, do canal 4, Ladmir Carvalho e Felipe Coelho, falaram da emoção de receber um prêmio tão importante, para as suas empresas e também para a cidade.
“A lista carioca é uma das mais difíceis do país, basta vermos a quantidade de excelentes empresas que temos na região e foi a primeira lista regional do mundo, em todos os 57 países que seguem a metodologia. Aqui é o berço de várias estatais, muitas empresas centenárias, empresas de grande visibilidade, marcas famosas, entre muitos outros fatores competitivos e acirrados e nós, humildemente deixamos a nossa marca. No ano passado ficamos de fora do ranking Rio e depois de algumas correções e melhorias no último ano, finalmente podemos soltar o grito de que somos uma das melhores empresas para se trabalhar no estado do Rio de Janeiro, e isso é muito bom”, enalteceu Felipe Coelho.
“Gostamos de ver o resultado do nosso trabalho, faz parte do ser humano, por isso recebemos este prêmio com muita alegria, na verdade é esse o mais importante de todos os que já recebemos, com a maior significância. Dedicamos muito esforço para a Alterdata ser um bom lugar para trabalhar, claro que nenhuma empresa no mundo é perfeita, afinal é feita de gente imperfeita, no entanto, o esforço para melhorar e tratar todos com respeito e dignidade vai ser sempre nossa marca”, assim definiu a premiação, o sócio de Ladmir, José Ronaldo Costa, em sua rede social. Para Ladmir, além de toda essa dimensão social e relação harmoniosa com os colaboradores, há o aspecto de investimento em capital humano, uma das prioridades da empresa desde a sua concepção.
“Sempre fomos muito focados na formação de nossos colaboradores, tanto que temos a Universidade Corporativa Alterdata e tantas outras ações neste sentido, mas entendemos também que não basta apenas capacitar e treinar a nossa equipe precisamos proporcionar a eles bons momentos que lhes façam querer voltar no dia seguinte com ânimo e vontade para trabalhar. Quando vemos uma publicação que enaltece o fato de ganharmos esse prêmio, isso nos deixa ainda mais motivados com relação ao que estendemos ser um bom lugar para trabalhar e que bom que podemos oferecer isso aos nossos colaboradores e amigos”, explica Ladmir. 
A consultoria responsável pelo Ranking das Melhores Empresas Para Trabalhar divulgou a lista das Melhores Empresas Para Trabalhar no Rio de Janeiro 2017, no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, na Zona Sul carioca. Na categoria grandes, o Banco Losango conquistou o penta consecutivo. A Radix voltou ao topo do ranking entre as médias. Já na categoria pequenas, o Comunique-se levou o primeiro lugar. Apesar da crise no estado, houve crescimento do número de inscritos, foram 107 empresas participando do estudo, enquanto no ano passado foram 105. Para participar da 10ª edição da premiação no Rio de Janeiro, as empresas tinham de contar com no mínimo 30 colaboradores. As 107 inscritas – totalizaram 79.831 funcionários – com 50 premiadas: 11 grandes, 29 médias e 10 pequenas.  O evento contou com a parceria do Grupo HEL, responsável pela organização e, pela primeira vez foi temático, a inspiração foi o cinema internacional. 
A pesquisa mede o nível de confiança dos funcionários em cinco dimensões: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem. Ao longo do estudo, são avaliados também os comentários dos empregados sobre o ambiente de trabalho e as práticas culturais adotadas nas organizações, como inspiração dos funcionários, celebração das conquistas e compartilhamento dos resultados com a equipe. Mesmo vivendo um momento de crise no estado, e a consequente dificuldade no orçamento, as empresas premiadas mostraram superação em relação ao bem-estar e qualidade de vida dos funcionários. Mônica Paiva, Diretora do Great Place To Work – GPTW Rio, comentou sobre os dez anos do prêmio e como as empresas premiadas passaram por cima da crise econômica no Brasil e no estado do Rio.
“A relação das empresas com os seus funcionários mudou muito e para melhor. No passado o sonho dos funcionários era entrar em uma empresa e trabalhar lá a vida toda. Hoje, ter um ambiente onde ele está sempre se desenvolvendo e conseguir um equilíbrio maior entre trabalho e vida pessoal são os pontos mais valorizados. Portanto, se eles precisarem mudar de empresa para conquistarem esses objetivos não irão hesitar. Agora, os colaboradores não se limitam a obedecer, querem participar, dar suas contribuições e deixar a sua marca. Por isso é tão importante ouvir as necessidades dos funcionários para desenvolver práticas corporativas alinhadas as suas expectativas”. A diretora do GPTW Rio enaltece o poder de superação das empresas. “Estamos em um momento de crise financeira e moral no nosso país, e o Rio de Janeiro é um dos estados mais afetados, mas mesmo assim as empresas daqui têm se superado e crescemos a lista de 45 (2016) para 50 empresas premiadas este ano. Mantivemos a média do índice de confiança em 84% e o as dimensões mais bem avaliadas da pesquisa são orgulho de pertencer e camaradagem com 86%”. 
As empresas premiadas têm, em média, 31 anos de existência e nove empregam funcionários fora do Brasil, somando 1.280 brasileiros que trabalham no exterior. Em média, as empresas premiadas possuem unidades em seis estados. Os CEOs possuem, idade média, de 49 anos e estão há nove no cargo. Sessenta e dois por cento das empresas oferece bolsas de estudos para pelo menos 50% dos funcionários para cursos de graduação ou pós-graduação. No que diz respeito ao gênero, em média, há 44% mulheres e 56% homens no quadro de funcionários. Outro ponto que vale salientar é a comunicação entre líderes e colaboradores. Quanto maior o número de feedbacks dados aos funcionários, maior é o índice de confiança.  Quarenta e um por cento dos colaboradores das companhias premiadas receberam mais de três feedbacks ao ano.

Foto: Duas das maiores empresas de nosso município se destacaram no importante ranking de satisfação entre colaboradores, o Great Place to Work. Alterdata e Dafel consolidam suas participações no estudo, que é feito em mais de cinquenta países e mostram que a força do investimento nas pessoas pode trazer excelentes resultados

 

Tags

Compartilhe:

Edição 22/06/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Justiça manda Vinícius pagar o que deve à Viação e empresa não vai cobrar a passagem dos idosos

Festival Sesc de Inverno confirma 15 atrações musicais

Golpista usa nome da Naturgy para lucrar em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

MPRJ lança canal específico para receber denúncias relacionadas às eleições municipais

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE