Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Enel promove encontro com consumidores na ACIAT

O Programa Jornal Diário na TV, do Canal 4, recebeu nesta quarta-feira, 09, o presidente do Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio, antiga Ampla, para conhecer um pouco mais dos encontros regionais que o órgão tem organizado nas localidades atendidas pela concessionária. Manoel Neto explicou que a reunião realizada aqui em Teresópolis é a terceira etapa regional realizada este ano e o objetivo foi discutir com a comunidade diversos assuntos relacionados à prestação do serviço público de energia elétrica. A reunião aconteceu na Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis, ACIAT e registrou bom público, composto por representações de associações de moradores e a sociedade civil teresopolitana.

Anderson Duarte

O Programa Jornal Diário na TV, do Canal 4, recebeu nesta quarta-feira, 09, o presidente do Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio, antiga Ampla, para conhecer um pouco mais dos encontros regionais que o órgão tem organizado nas localidades atendidas pela concessionária. Manoel Neto explicou que a reunião realizada aqui em Teresópolis é a terceira etapa regional realizada este ano e o objetivo foi discutir com a comunidade diversos assuntos relacionados à prestação do serviço público de energia elétrica. A reunião aconteceu na Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis, ACIAT e registrou bom público, composto por representações de associações de moradores e a sociedade civil teresopolitana.
Além de Teresópolis, o Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio já visitou em 2017 as cidades de Santo Antônio de Pádua e de Angra dos Reis, onde ouviu junto com representantes da empresa as principais sugestões da população da região do Noroeste e da Costa Verde. Na cidade de Teresópolis, o Conselho também reuniu consumidores de municípios próximos como: São José do Vale do Rio Preto, Areal e, respectivamente, Paraíba do Sul, Nova Friburgo, Sumidouro e Três Rios, onde parte da população é atendida pela Enel. “Essa é uma oportunidade de ouro para a população e também para a Enel. Através do conselho podemos usar as demandas apresentadas como instrumentos de pressão para eventuais mudanças e melhorias, já que o órgão é uma espécie de ligação com a empresa e também com a agência reguladora”, explica Manoel.
Criado pela Lei Federal nº 8613/1993, o Conselho de Consumidores da Enel é formado por representantes de classes de consumidores dentro da área de concessão da distribuidora de energia, como: residencial, comercial, industrial, rural e poder público. Responde diretamente à Aneel e atua de forma consultiva junto à empresa com a finalidade de contribuir com sugestões para a melhoria da qualidade dos serviços prestados. Manoel Neto é o presidente do Conselho e disse também que é através destas reuniões itinerante nos municípios atendidos pela empresa que a entidade pode se colocar à disposição ouvindo a opinião do consumidor local sobre a real prestação do serviço da empresa e também uma ocasião de divulgação de mais um canal que o consumidor pode contar. “Quando iniciamos nossas reuniões, esclarecemos qual o nosso papel e deixamos claro que estamos do lado do consumidor. Estamos ali para fazer essa interface entre a empresa e o consumidor para que as situações sejam resolvidas da melhor maneira. Após colocadas todas as questões pelos clientes, sempre damos a palavra para a empresa apresentar os seus projetos para a área de concessão e dizer o que faz para melhorar os serviços prestados na região”, enaltece Neto.
“Damos voz a todos os consumidores que estiverem presentes e queiram usar a palavra. Por isso convocamos a população a comparecer à reunião e participar”, finaliza. O Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio atua desde o ano de 2000, sendo formado por dez membros (cinco titulares e cinco suplentes), que representam as classes de consumidores dentro da área de concessão da Enel, como: Residencial, Comercial, Industrial, Rural e Poder Público. Sua criação está prevista no artigo 13 da Lei nº. 8.631, de 4 de março de 1993, e é regulamentada pela Resolução Normativa nº 451, de 27 de setembro de 2011, da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. São indicados pelas Classes que representam e respondem diretamente à ANEEL e tem como função observar as operações da Enel Distribuição Rio. É responsável por analisar e avaliar questões relativas ao fornecimento de energia e às tarifas cobradas pela distribuidora. Verificar se os serviços prestados ao consumidor final estão adequados, fiscalizando e propondo sugestões para melhorias. É uma entidade pró-consumidor.

Foto Gilberto Oliveira: “Quando iniciamos nossas reuniões, esclarecemos qual o nosso papel e deixamos claro que estamos do lado do consumidor. Estamos ali para fazer essa interface entre a empresa e o consumidor”, lembra Manoel

Tags

Compartilhe:

Edição 20/06/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Montanhista é atropelado na rodovia Rio-Teresópolis

“CADÊ O DINHEIRO DO ROTATIVO?”: Gratuidade da passagem de idosos entre 60 e 64 anos pode ser suspensa em Teresópolis

Mulher grávida participa de assalto em Vieira

Delino Tomé corre mais de 900 quilômetros em 14 dias seguidos

Cantor Chrystian morre em São Paulo, aos 67 anos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE