Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Furto de cabos tem causado prejuízo para empresas e população

Retirada criminosa está prejudicando serviços de internet, TV a cabo e telefonia

Marcello Medeiros

Quando um ladrão sobe em um poste ou qualquer outra estrutura com o objetivo de retirar fios para vender o cobre em seu interior e assim conseguir um dinheiro, acaba muito mais do que cometendo o conhecido crime de furto – artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Ele causa prejuízo para empresas e população, deixando às vezes um bairro por vários dias sem os serviços de telefonia, TV a cabo ou internet, por exemplo. Nas últimas semanas, alguns flagrantes desse tipo de ação dos “ladrões de galinhas da atualidade” foram registrados em bairros como Posse, Santa Rita e Araras, só para citar. Nos últimos dias, uma das empresas que têm sido prejudicadas pelo aumento desse tipo de crime é a Speed Fiber, que fornece internet e TV a cabo e tem entrado com contato com os seus assinantes para explicar a situação e pedir que qualquer situação suspeita seja denunciada.
“Como é de conhecimento público, a prática delitiva de furto de cabos para a obtenção de cobre está se espalhando pelo país prejudicando a todos, aos consumidores e aos prestadores de serviços. Nossa empresa já fez as correspondentes denúncias policiais, e as autoridades locais estão trabalhando para prender os responsáveis por estes crimes, porém precisamos de vossa colaboração. Se tem informações que possam ajudar as autoridades a parar com este crime, por favor nos informem através de nossos canais de atendimento: WhatsApp (21) 2042 1141, Telefone (21) 2741-4600 , email contato@speedfibertelecom.com.br e site speedfibertelecom.com.br. Desde já agradecemos a colaboração de todos e esperamos que estas ações delitivas terminem para poder continuar brindando um ótimo serviço a todos nossos assinantes”, informa a Speed Fiber.

Crime causa prejuízo para empresas e população, deixando às vezes um bairro por vários dias sem os serviços de telefonia, TV a cabo ou internet, por exemplo. Foto: Arquivo Diário

Mais de 100 quilos
No início de dezembro, dois homens, de 28 e 32 anos, foram flagrados agindo nas proximidades de um condomínio na Estrada de Santa Rita, localidade do mesmo nome no Segundo Distrito do município. Quem percebeu a ação delituosa foi um funcionário desse local, que acionou o 30º Batalhão de Polícia Militar via 190. Uma equipe de DPO da região foi destacada para Santa Rita e conseguiu abordar a dupla antes que fugisse. Os homens estavam em um Renault Clio de cor prata, que tinha no seu interior uma grande quantidade de fios, sendo estimado mais de 100 quilos do material arrancado de postes da região. Também foi apreendido um alicate e a escada utilizada pela dupla criminosa.

Funcionários “fake”
Dois dais antes, dois homens, de 28 e 20 anos de idade, foram flagrados praticando o furto de fios de telefonia na Estrada José Gomes da Costa Júnior, no bairro da Posse. Para “disfarçar”, eles fingiam prestar serviço para uma empresa de telefonia. Porém, um Policial Civil da 110ª DP desconfiou da situação e resolveu aborda-los, questionando o que faziam no local. Além de veículo incomum para a prática desse serviço, um Gol de modelo antigo, eles não pareciam consertar nada na rede. Além disso, dentro do automóvel havia grande volume de cabos cortados. Não bastasse a situação mais do que suspeita, eles não souberam sequer informar o nome da empresa e, logicamente, fazer contato com um suposto responsável. O PCERJ acionou reforço da Polícia Militar, que encaminhou ao local viatura do DPO Ermitage. A dupla foi encaminhada para a 110ª Delegacia de Polícia, onde foi descoberto que o mais velho já havia sido preso exatamente pelo mesmo motivo. De acordo com o Delegado Marcio Dubugras, eles vão responder por furto qualificado e interrupção de serviço telefônico. Importante frisar ainda que empresas de reciclagem identificadas de posse de material oriundo de furto também são autuadas e o responsável pode ser preso pelo crime de receptação.

Edição 23/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Chuvas no estado do Rio provocam ao menos sete mortes

Justiça Federal determina retorno de Adélio Bispo a Minas Gerais

Ônibus: novas tarifas intermunicipais entram em vigor neste sábado

Sexta e sábado com feira de adoção de cães na Várzea

Asfalto ficou na promessa e Vale dos Cedrinhos segue quase intransitável

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE