Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Homem acusado de matar aposentado em Teresópolis é condenado a 27 anos de prisão

Idoso foi espancado por suposto usuário de drogas que tentava ajudar no bairro do Vale da Revolta

Marcello Medeiros

Depois de um ano e nove meses, um homem acusado de um crime bárbaro no Bairro do Vale da Revolta, ocorrido em 13 de junho de 2022, foi condenado a 27 anos de prisão. Ele foi denunciado pela morte brutal do aposentado Manoel Pontes, de 69 anos, que havia o abrigado em sua própria casa com o objetivo de ajuda-lo. Ele seria viciado em drogas. “Esse autor, Bruno Branco, morava na rua, quando a vítima, vendo aquela condição e sendo uma pessoa extremamente evangélica, trouxe o autor para dentro da sua casa. Então ele começou a residir dentro da casa da vítima, sendo que o autor, usuário de drogas e começou a cometer subtrações de bens dentro da casa do Sr. Manoel e não teve mais condições de mantê-lo ali. Ainda assim, alugou uma casa para ele”, relatou ao Diário na época do crime o Delegado Márcio Dubugras, titular da 110ª Delegacia de Polícia, citando ainda a motivação para o espaçamento do idoso até sua morte. “Bruno Branco continuou realizando subtrações, invadindo a residência da vítima, subtraindo pertences e usando o dinheiro para comprar drogas e quando a vítima disse para o autor que não iria mais pagar o aluguel da residência dele, ele trouxe a vítima para dentro da residência dele e o espancou até a morte”, relatou a autoridade policial do município.
Nesta quarta-feira, nossa reportagem conversou novamente com Dubugras, que falou sobre o desfecho do caso. “Foi feita rapidamente identificação e decretada a sua prisão. Na segunda-feira, saiu o resultado. Em júri popular decidiram pela culpa e a Juíza responsável condenou o criminoso a 27 anos de reclusão. Às vezes os fatos podem demorar a ser solucionados, pois nos processos demora justamente a parte de instrução de provas, mas um criminoso cruel não fica impune e vai ficar 27 anos preso”, enfatizou o Delegado.

Manoel Pontes, de 69 anos, segundo a polícia, havia alugado uma casa para ajudar o homem que acabou tirando a sua vida
Edição 19/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com oito granadas em Teresópolis

Apagão cibernético afetou site e sistemas judiciais do Supremo

Golpes: média é de pelo menos quatro vítimas por dia em Teresópolis

Festival Sesc de Inverno: Teresópolis com shows de Ney Matogrosso, Mart’nália e Mumuzinho

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE