Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Homicídios com requintes de crueldade têm ligação com o tráfico

Polícia Civil mantém linha de investigação e reforça importância de enfrentamento a esse tipo de crime

Isla Gomes

Teresópolis é considerada uma cidade tranquila, com baixos índices de criminalidade. Porém, algumas ocorrências dos últimos dias podem gerar na população, erroneamente, a sensação de que essa segurança está ameaçada. Quando apreensões de quantidades exorbitantes de drogas e principalmente homicídios com requintes de crueldade são registrados no município – como os dois últimos registrados, no Matadouro e às margens a BR-116, os moradores questionam a motivação de tanta violência e infração. Nesta quinta-feira, 31, a equipe da Diário TV e do Jornal O Diário esteve na 110ª Delegacia de Polícia para esclarecer esses fatos com a autoridade policial do município, o Delegado Márcio Dubugras. “Quando acontecem fatos semelhantes aos últimos homicídios registrados na cidade, a primeira coisa que a Polícia Civil faz é justamente tentar identificar as pessoas e verificar se elas possuem anotações criminais, por ser crimes bárbaros nós de prontidão verificamos se a vitima tem alguma anotação anterior por trafico de drogas ou uso de drogas. Nesses últimos casos de homicídio que ocorreram, nós averiguamos que as pessoas envolvidas tinham passagens com anotação por tráfico de drogas, então se percebe que a principal linha de investigação é justamente p envolvimento com esse delito em questão, seja por dívidas com a facção que pertence s ou assassinado por facções rivais”, declara o titular da 110ª DP.

“A gente tem uma integração muito grande, a Policia Civil, Policia Militar, Ministério Público e também a Guarda Municipal, nós trabalhamos sempre de forma conjunta em todas as operações que são feitas”, frisou o Delegado Dr. Márcio


A dependência química representa uma das mais graves doenças da sociedade moderna. Hoje, atinge cerca de 5% da população mundial, segundo estimativas da própria ONU, em seu Relatório Mundial Sobre Drogas, e o tráfico de drogas é um dos delitos que mais geram outros delitos ainda piores, como os homicídios, por exemplo, neste âmbito as forças de segurança lutam incansavelmente para combater essas ocorrências. “A gente tem uma integração muito grande, a Polícia Civil, Polícia Militar, Ministério Público e também a Guarda Municipal, nós trabalhamos sempre de forma conjunta em todas as operações que são feitas, pois o foco do cidadão de bem não é qual força se segurança irá comandar a missão e sim que a ocorrência seja efetuada de forma diligente, então em Teresópolis nós temos essa mentalidade de um compromisso muito grande em lutar contra esses crimes visando a segurança no presente e para as futuras gerações do município, inclusive temos diversas linhas de investigação com relação ao trafico de drogas em vigor e em breve os autores serão presos”, frisou o Delegado, reforçando a importância da população fazer denúncias e compreender a necessidade de trabalhar contra a utilização de drogas.

Tags

Compartilhe:

Edição 24/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Festival Sesc de Inverno terá shows com Mumuzinho e Paralamas do Sucesso

Onde estão os vereadores de Teresópolis?

Promoção de Férias no Parc Magique e Fazendinha do Le Canton no domingo (28)

Novos radares começam a funcionar na Rio-Teresópolis x Além Paraíba

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE