Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Mais da metade da Alerj foi renovada nesta eleição

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) terá, a partir de 2019, 36 novos deputados em relação à legislatura atual. Isso representa mais da metade dos 70 parlamentares da câmara estadual.

 Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

 
A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) terá, a partir de 2019, 36 novos deputados em relação à legislatura atual. Isso representa mais da metade dos 70 parlamentares da câmara estadual.
Entre os novos nomes está Rodrigo Amorim, do PSL, que teve a maior votação entre os deputados estaduais: 141 mil votos. O advogado ganhou os holofotes na semana passada, depois de quebrar uma placa de rua que homenageava a vereadora Marielle Franco, assassinada em março deste ano.

Quatro dos cinco primeiros colocados são do PSL. Todos novatos na Alerj. O partido conquistou a maior bancada da Alerj: 13 deputados.

Entre os 34 que foram reeleitos, a maior votação ficou com Márcio Canella, do MDB, com 110 mil votos.

A Alerj ficou distribuída entre os seguintes partidos: PSL (13 deputados), DEM (seis), MDB e PSOL (com cinco cada um); PRB, PSD, PDT, PT e SD (com três cada um); PSDB, PSC, PP, PRP, PHS, Novo e DC (dois cada um); e PSB, PCdoB, PPS, PTB, PR, Pode, Patri, Avante, PRTB, Pros, PTC e PMB (com um cada).

Tags

Compartilhe:

Edição 16/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Sul do Brasil pode registrar geada nos próximos dias

Correios anunciam cargos de nível médio e superior em concurso público

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Barra: 60 dias de trânsito lento na Rua Dr. Oliveira

ChocoSerra começa nesta sexta-feira em Teresópolis, confira a programação

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE