Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Margaridão, uma flor de muita beleza e utilidades

Teresópolis mais uma vez tomada pelo Girassol Mexicano, também conhecido como "Mão de Deus" e usado em chá e paisagismo

Marcello Medeiros

Cercada por beleza cênica única e três unidades de conservação ambiental, Teresópolis vive belos momentos da natureza em diversas épocas do ano. Atualmente, o que salta aos olhos em praticamente toda a cidade é a floração da Thitonia diversifolia, o popular Margaridão. A planta, que entre os nomes populares também é conhecida como Mão de Deus ou Girassol Mexicano, se propaga com bastante facilidade e ocorre em terrenos outras espécies têm mais dificuldade de prosperar, como encostas com grande inclinação, por exemplo. A planta pode chegar até a 2,5 metros de altura e, além do paisagismo, serve como chá com diversas indicações, como tratamento da síndrome de abstinência a drogas psicotrópicas em dependentes químicos. Outra curiosidade é que recentemente foi lançada uma essência da margarida rústica. “A Thitonia diversifolia é uma planta de origem mexicana, da América Central. Conhecida popularmente como Margaridão, Girassol do México, se estabelece com facilidade em margens de rodovias ou terrenos baldios por ser uma planta pioneira, as primeiras que ocupam uma área quando ocorre alguma perturbação. Ela se adapta muito bem onde foi gerada alguma erosão, algum acidente, sendo muito boa também para segurar o terreno”, explica a Bióloga Hayssa Dumard.
O Margaridão se adaptou muito bem no Brasil, sendo encontrado em abundância no Norte (Amazonas), Nordeste (Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Sergipe), Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro) e Sul (Paraná, Santa Catarina). Possui inflorescência disposta em capítulos com corola amarela que pode ser propagada por estacas ou sementes, florescendo entre outono e inverno. O problema dessa planta são as proporções que ela toma e, no período sem flores, fica apenas um grande arbusto, de quase três metros.  Porém, não deve ser retirada, principalmente pelo motivo explicado acima, e pode ser cuidada de uma forma bem simples. 

Outras utilidades
A parte aérea da planta pode ser utilizada como chá, indicado para atenuar a síndrome de abstinência a drogas psicotrópicas em dependentes químicos (álcool, fumo) e também diabetes, dor de cabeça, diarreias, anti-inflamatório, febre, hepatite, malária e ascaridíase. Porém, para essa utilização é indicado comprar o produto industrializado, por exemplo, para evitar a preparação de modo incorreto ou com partes que tenham propriedades diferentes do indicado e que podem vir a causar problemas graves. “Ela é muito promissora como fitoterápico, com muitas pessoas utilizando como calmante ou anti-inflamatório, por exemplo. Mas é preciso ter muito cuidado, pois por outro lado há estudos toxicológicos que mostram que o uso oral e prolongado pode fazer o efeito contrário. No lugar de bem, fazer mal ao fígado e rim do usuário. É preciso saber qual parte, qual planta exata utilizar, qual espécie, pois pode haver variações”, atenta Hayssa.
É comercializada a Essência Floral Mão de Deus, cuja descrição é a seguinte: “Floral de limpeza que ameniza os sintomas que se manifestam na abstinência.  Traz paz, acalma e dá sustentação. Mesmo a pessoa que se  encontra  na escuridão tem sempre a esperança de que limpando as mágoas, ressentimentos,  sentimento de abandono, ela pode ser feliz, encontrar maneiras  de superar os obstáculos, os vícios  e libertar-se dos traumas”.

Por possuir tantas propriedades, a Tithonia diversifolia é objeto de diversos trabalhos científicos. “Estudos nas montanhas do oeste do Kenya, na Ásia, no sul e no leste da África identificaram a biomassa verde da Tithonia como sendo uma efetiva fonte de fósforo e nitrogênio para o arroz e o milho.

 

Tags

Compartilhe:

Edição 20/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar

Mercado aumenta previsão da inflação de 4% para 4,05% em 2024

“Sabores Britânicos” segue até o dia 28 em Teresópolis

Santa Rita, o berço das plantações orgânicas de Teresópolis

Teresópolis: Vale dos Frades vai receber festival de música e arte da montanha

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE