Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Ministra do TSE manda tirar do ar vídeo que liga Lula a crimes

Cármen Lúcia atendeu a pedido da campanha de Lula

Agência Brasil – Brasília 

A ministra Cármen Lúcia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ordenou, na noite de ontem (16), a remoção de um vídeo publicado no perfil do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) no Twitter em que o parlamentar liga o candidato do PT à presidência Luiz Inácio Lula da Silva a supostos crimes de corrupção e apoio ao crime organizado. 

Ela atendeu a pedido da campanha de Lula, que disse que as informações no vídeo são mentirosas. A ministra proibiu Flávio de veicular novamente esse tipo de conteúdo, associando o candidato a informações inverídicas. 

O vídeo publicado pelo parlamentar cita que Lula recebeu R$ 300 milhões em desvios investigados pela Lava Jato e que ele financiou ditaduras na Venezuela e em Cuba, além de se referir ao presidenciável como “apoiado pelo narcotráfico”. 

Na decisão, Cármen Lúcia afirmou que nada do que é dito no vídeo possui “suporte em dados verídicos”, tratando-se de “veiculação de mensagem mentirosa, ofensiva à honra e à imagem de candidato à presidência da República”. 

Ela estipulou multa de R$ 2 mil por dia em caso de descumprimento da decisão e determinou a notificação do senador para que ele apresente defesa, caso julgue necessário.

Tags

Compartilhe:

Edição 20/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

População transforma terreno vizinho da UPA em lixão clandestino

Cães farejadores ajudam polícia a encontrar grande carga de drogas

Jovem encontrado morto na BR-116 tem passagem por tráfico, diz PCERJ

Prefeito diz que não vai pagar o aumento de ninguém

Teresópolis: matagal toma conta de rua no Golfe

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE