Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Moradores de Santa Rita cobram melhorias nas estradas

Grupo esteve na prefeitura e Câmara para lembrar compromissos não cumpridos

Na última quinta-feira, 27, um grupo de moradores da região de Santa Rita, no Segundo Distrito de Teresópolis, esteve no palácio Teresa Cristina, sede do governo municipal, para tentar uma reunião com o prefeito Vinicius Claussen. O motivo: cobrar promessas feitas pela gestão no início de 2022 em relação a melhorias nas estradas daquela localidade, que se destaca na produção agrícola e tem investido cada vez mais em turismo rural. Os representantes da grande comunidade não conseguiram ser ouvidos pelo prefeito, mas receberam de um representante do governo promessa de conclusão de serviços que já eram para ter sido finalizados – visto que o período chuvoso, quando as vias ficam ainda mais prejudicadas, já bate à porta. “Não conseguimos nada além de palavras de apoio. O prefeito não nos recebeu. Vamos fazer mais o quê? Um descaso”, pontua a agricultora Ester Farinha, que enfatiza ainda o risco de prejuízo para um segmento que pode contribuir para mudar a realidade de diversas famílias da região e também com a conservação ambiental. “Como incentivar o turismo rural se não temos o básico, o direito de ir e vir?”, questiona.

Cansados de esperar pelas promessas não cumpridas, moradores de Santa Rita voltaram à sede do governo municipal


Outro produtor, Alfredo Mager esteve na Câmara de Vereadores para cobrar dos ocupantes das cadeiras do Legislativo um posicionamento. “Pela terceira vez vamos entregar um oficio com compromissos que o prefeito assumiu com a gente em 1º de junho de 2022, junto com vereadores Rangel, João Miguel e Paulinho Nogueira, serviços que foram iniciados e não foram concluídos. Foi feito o centro de Santa Rita, parte do serviço na principal, mas para aquele que mora na ponta, nos cantinhos onde a van escolar não consegue passar, nada foi realizado. Precisamos que o prefeito dê continuidade trabalho e conclua compromissos que assumiu com a comunidade. Há pontos críticos que precisam de brita corrida, de escoamento saída para águas pluviais, senão será material jogado fora”, enfatizou.
Os produtores rurais concordam que foi bem feito o asfalto no acesso do Holliday, porém o serviço só chegou até as proximidades da sede local do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, no sentido Cruzeiro, e, para o lado de Arrieiro, até pouco depois da entrada de um condomínio. Assim, quem mora nos muitos “cantinhos” em Santa Rita, Santana, Andradas e Engano, por exemplo, continua com a preocupação se vai conseguir sair ou chegar de casa quando as chuvas fortes começarem a assolar a região.: “As vans escolares não conseguem cumprir os percursos e as crianças ficam sem escola por boa parte do ano”, conta Simone, residente em Andradas. “Não conseguimos entregar nossos produtos agrícolas”, alerta o agricultor Anesio, que reside em local conhecido como Timóteo. Sobre esse trecho, esta semana a PMT teria realizado uma ação em uma via pública particular, segundo denúncias.
Nesta sexta-feira, 28, cobramos um posicionamento do governo municipal em relação às reclamações registradas pessoalmente na sede da PMT pelos moradores da região de Santa Rita. Em nota, encaminhada para a redação do jornal O Diário e Diário TV, através da Assessoria de Comunicação, a Secretaria Municipal de Agricultura informa “que atualizou todos os pontos críticos para futuro asfaltamento”. Porém, não foram indicados prazos para a realização de tão importante serviço

Turismo e agricultura
Com acesso pela BR-116, via Holliday, Andradas ou Cruzeiro, ou ainda pela localidade do Arrieiro, vizinha à Posse, a região de Santa Rita tem sido motivo de muitos olhares de turistas nos últimos anos graças às intervenções feitas na sede local do PNMMT, unidade de conservação que oferece trilhas para todas as idades e garante ainda que fauna e flora possam encontrar equilíbrio novamente depois dos impactos causados pela Tragédia de 12 de Janeiro de 2011. Além disso, produtores rurais voltaram a investir na região e tem grande expectativa de crescimento em uma área que foi devastada pela força das enxurradas e deslizamentos de terra 11 anos atrás. Porém, para isso, é preciso ir muito além da participação popular e o cumprimento das obrigações políticas não pode ficar restrito ao período eleitoral – vale frisar.

Edição 24/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Festival Sesc de Inverno terá shows com Mumuzinho e Paralamas do Sucesso

Onde estão os vereadores de Teresópolis?

Promoção de Férias no Parc Magique e Fazendinha do Le Canton no domingo (28)

Novos radares começam a funcionar na Rio-Teresópolis x Além Paraíba

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE