Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Morreu a locutora Rosana de Moraes

Radialista, apresentadora de televisão, organizadora de eventos, Rosana deixa exemplo de força e fé

Faleceu no início da tarde desta quinta-feira, 16, a radialista e locutora Rosana de Moraes, de 56 anos. Ela estava internada no Hospital das Clínicas Constantino Ottaviano (HCTCO) nas últimas semanas. Há mais de uma década, Rosana lutava contra um câncer de mama e suas consequências, sempre buscando utilizar sua experiência para ajudar a outras mulheres a passar por essa situação – além de divulgar o máximo de informações para outras mulheres pudessem iniciar o tratamento o mais rápido possível, em qualquer sinal da doença. “Não se esqueça do autoexame todos os dias do ano e de marcar a sua mamografia anual, assim como o preventivo uterino”, publicava Rosana em suas redes sociais durante as campanhas pelo Outubro Rosa, tendo iniciado em Teresópolis movimentos que até então, mesmo com esse trabalho a nível nacional, não tinham tanto destaque.
Parecia faltar alguém de muita força e fé, com uma enorme vontade de viver, como Rosana, para que as ações relacionadas à prevenção contra o câncer de mama ganhassem engajamento no município.  “A gente passa a dar mais valor à vida no sentido de não precisar correr tanto. O que é importante é a alimentação, conviver com a família, ser feliz, fazer caminha, exercícios e não se acomodar”, relato ao Diário durante uma das campanhas que realizou sobre o tema.
O velório será realizado a partir das 20h desta sexta-feira, 17, no cemitério Carlinda Berlim, o Caingá, e o sepultamento está marcado para as 11h do sábado. Irmã de Laércio e Gustavo de Moraes, casada com Sérgio Ricardo, mãe de Bernardo, Rafaela, Gabriele e Maria Eduarda, Rosana nasceu em Teresópolis. Aluna das escolas Hygino da Silveira e Carmo, depois de morar em Campos dos Goytacazes e Búzios por curto período, nos anos 1990, levada pelo sucesso que fez como locutora da rádio Ativa FM, voltou ao município para trabalhar na Diário TV. Também fez locução na rádio Diário FM e assinou coluna no jornal O DIÁRIO. Foi exemplo de mulher guerreira, do bem e sempre disposta, boa amiga de quem teve o privilégio do seu convívio, e amiga especial de todos do DIÁRIO, onde contribuiu com o seu conhecimento e simpatia por muitos anos.

Edição 20/06/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Montanhista é atropelado na rodovia Rio-Teresópolis

“CADÊ O DINHEIRO DO ROTATIVO?”: Gratuidade da passagem de idosos entre 60 e 64 anos pode ser suspensa em Teresópolis

Mulher grávida participa de assalto em Vieira

Delino Tomé corre mais de 900 quilômetros em 14 dias seguidos

Cantor Chrystian morre em São Paulo, aos 67 anos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE