Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Número de homicídios em Teresópolis já é quase o dobro do ano passado

Somente até setembro, segundo o ISP, município registrou 17 assassinatos

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP), setor estatístico mantido através dos registros realizados nas delegacias de polícia, entre janeiro e setembro deste ano foram contabilizados 17 assassinatos em Teresópolis. Mesmo se olhando isoladamente, o número já é preocupante – levando-se em conta que o município é bastante tranquilo e, por vários anos seguidos, esteve na lista dos mais seguros para se viver no país. Quando se compara ao mesmo período de 2021, ele fica ainda mais inquietante. No ano passado foram registrados nove assassinatos nos primeiros nove meses. Além disso, o número contabilizado somente até setembro passado já é maior do que todo ano de 2021, quando foram 16 mortes dolosas comunicadas na 110ª Delegacia de Polícia.
Ainda de acordo os dados oficiais da Secretaria de Segurança do Estado do Rio, os meses de 2022 com maior número de mortes foram janeiro, maio, julho e setembro, com três assassinatos em cada um. Em outubro, ainda em curso, pode-se destacar negativamente a última semana, quando quatro mortes brutais foram registradas em Teresópolis. Extraoficialmente, a informação é que a grande maioria desses casos tem relação com o tráfico de drogas – envolvendo dívidas e disputas por pontos de venda de entorpecentes em bairros como Rosário, Paineiras, Vale da Revolta e Quinta-Lebrão.

Menor apreendido
Nesta quarta-feira, 26, o 30º BPM conduziu para a 110ª Delegacia de Polícia um adolescente acusado de envolvimento em um assassinato no bairro de Paineiras no último fim de semana. O jovem foi encontrado no Meudon estava de posse de R$ 3 mil, dinheiro que não soube explicar a procedência. Na casa da mãe dele foi encontrado um revólver calibre 38, que teria sido utilizado no crime, além de drogas e uma touca ninja.

Jovem esquartejado
O último homicídio comunicado na 110ª DP foi descoberto na última terça-feira, 25, quando o corpo de um jovem de 25 anos foi encontrado esquartejado e já em estado de decomposição, jogado às margens da rodovia Rio-Bahia em sacos pretos. O cadáver foi encontrado por populares, que acionaram a Polícia Rodoviária Federal. Após perícia, o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), sendo confirmada sua identidade após exame feito por papiloscopista. Trata-se de um rapaz de 25 anos, morador de São Pedro, que estava desaparecido há quase um mês. Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre a motivação para o crime. Informações que possam contribuir com o trabalho da polícia podem ser passadas para os telefones 190 e 2742-7755. Não é necessário se identificar.

Compartilhe:

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

Do abrigo para o lar, a importância das feiras de adoção de pets

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE