Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Obras de reforço do túnel extravasor de Petrópolis são concluídas

Sem reformas desde sua construção, na década de 1960, reforço estrutural aumenta segurança para moradores da Cidade Imperial

A população de Petrópolis tem motivo para se sentir mais segura. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Cidades (Seic), concluiu a primeira fase de obras que reforçaram a estrutura do túnel extravasor que desvia a intensidade do Rio Palatino para o Rio Itamaraty, evitando riscos de inundações e deslizamentos de imóveis construídos nas ruas por onde passa a galeria. A Seic também iniciou o processo de licitação para a segunda fase das intervenções. A previsão é que o edital seja publicado até a primeira quinzena de maio.

  • Este foi mais um passo importantíssimo para a prevenção de tragédias em Petrópolis. As obras do túnel extravasor vão evitar enchentes e deslizamentos na região. Desde as fortes chuvas de fevereiro do ano passado, seguimos com a missão de garantir o máximo de segurança e qualidade de vida para os moradores, incluindo intervenções de infraestrutura e programas sociais – afirmou o governador Cláudio Castro.

As obras no túnel fazem parte do pacote de medidas adotadas pelo governador Cláudio Castro após as fortes chuvas que castigaram a cidade em 2022. O total investido para as intervenções em andamento é de cerca de R$ 500 milhões.

— Construído na década de 1960 pelo governo federal, o extravasor nunca recebeu nenhum tipo de intervenção e, agora, poder entregar ao morador de Petrópolis uma galeria reforçada, sem riscos de rompimento, é um compromisso do Governo do Estado em assegurar a tranquilidade e segurança da população — explica o secretário de Infraestrutura e Cidades, Uruan Andrade.

As ações de recuperação do túnel extravasor incluem a recuperação da tomada d’água, desassoreamento do Rio Palatinato, no deságue do Extravasor e no Rio Itamaraty; limpeza e desobstrução em toda extensão; ajuste da confluência do Extravasor com o Rio Itamaraty, reforma e recuperação da estrutura e execução de galerias para o ordenamento da drenagem e esgotamento sanitário.

As duas fases de obras no Túnel Extravasor, que tem 3,2 km de extensão, 4 metros de largura e 4 metros de altura, somam investimentos de R$ 74,12 milhões.

Recuperação de ruas, drenagem e contenção de encostas
Além do reforço na galeria subterrânea, a Seic também vai entregar em breve as obras na Avenida Washington Luiz, com o reforço do canal do Rio Quitandinha, Complexo da Rua Teresa, que inclui a Rua Nova e a 24 de Maio, além da Conde D’Eu e Olavo Bilac. A secretaria está licitando as obras de contenção de encostas nos bairros de Castelânea (Vila Vasconcelos), Caxambu (Rua Bartolomeu Sodré) e Quitandinha (Rua Uruguai).

A Rua Pedro Ivo, na Cascatinha, recebeu obras em encostas, drenagem e reforma da calçada. As obras foram concluídas em fevereiro. Na Avenida Washington Luiz, no Centro, próximo a uma antiga fábrica de tecidos, estão sendo reconstruídos os muros de contenção do Rio Quitandinha. As ações estabilizaram o solo das áreas que foram afetadas pelas chuvas e ofereceram uma camada de proteção que impedirá novos desmoronamentos da pista.

Foram recuperados os muros de pedras remanescentes, a canalização, a pavimentação e o guarda-corpo entre as ruas Rocha Cardoso e Doutor Nelson Rocha de Sá Earp. Na Getúlio Vargas, mais especificamente na Avenida Portugal, as cortinas atirantadas foram concluídas.

Na Rua 24 de Maio, cinco cortinas de contenção foram fixadas, além de drenagem das escadas hidráulicas que direcionam o fluxo de água para o saneamento da rua. Na Rua Nova, por sua vez, foram feitas perfurações em rochas com o objetivo de alcançar as camadas mais profundas da terra. Com as perfurações, que variam entre 12 e 18 metros, foi possível assegurar a estabilidade dos terrenos.

Na Rua Conde D’Eu, no bairro Castelânea, estão em andamento a contenção e revegetação de encostas, a recuperação do morro e a revitalização da rede de drenagem.

Compartilhe:

Edição 13/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Receita Federal em Teresópolis fala sobre declaração de IR 2024

“Agroturismo”, um convite para novas descobertas em Teresópolis

Direito do Unifeso é avaliado pelo MEC como 4º melhor do estado do RJ entre 94 universidades públicas e privadas

“Tesouros da Serra” prestigia o Fórum Regional de Turismo

Domingos de abril com promoção no Parc Magique e fazendinha do Le Canton

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE