Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Obras de reforço estrutural do Túnel Extravasor aumentam a segurança em Petrópolis

Governo do Estado investiu mais de R$ 315 milhões na reconstrução na cidade após chuvas de 2022

As obras de reforço estrutural do Túnel Extravasor, que já tiveram a primeira etapa concluída no ano passado, garantiram o escoamento das águas das fortes chuvas que afetaram o município de Petrópolis nas últimas 24 horas. Equipes que trabalham na segunda fase das intervenções na galeria reforçaram, nos últimos dias, os serviços de prevenção, com a limpeza e desobstrução das comportas para evitar que o lixo e outros detritos arrastados pelas chuvas bloqueassem a saída de água. O trabalho ajudou a minimizar os alagamentos e garantiu o pleno funcionamento do Extravasor, equipamento construído em 1960 pelo Governo Federal e que não recebia nenhuma investimentos e manutenção desde 1960.

O governador Cláudio Castro ressaltou que sua gestão tem a segurança dos moradores de Petrópolis como prioridade e enfatizou que segue monitorando os locais mais vulneráveis do município.

– Não queremos que o que aconteceu em 2022 se repita aqui ou em qualquer outro municipio. Estamos empenhados em reforçar a infraestrutura do município, uma região que sofre constantemente com fortes chuvas. O Túnel Extravassor, que não recebia investimentos há décadas, é um grande exemplo do nosso comprometimento. E vamos seguir trabalhando todos os dias, para todos – afirmou o governador Cláudio Castro.

Na primeira etapa das obras de reforço do túnel, foram realizados os trabalhos de requalificação do fluxo hidráulico para melhor escoamento das águas pluviais e redução dos riscos de alagamento, desobstrução e desassoreamento do piso do túnel. Já na segunda etapa, que está em andamento, equipes técnicas atuam nos serviços focados nas comportas da galeria, no jateamento de concreto nas paredes e no teto, além de realizar a aplicação de resina anticorrosiva no concreto. O investimento nessa segunda fase é de R$ 41 milhões e a conclusão prevista é para março de 2025. Ao todo, a obra recebe investimento de R$ 109 milhões.

O secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Uruan Andrade, destacou a importância das intervenções em andamento, inclusive para amenizar os impactos causados pelas chuvas.

  • Essas obras são fundamentais para melhorar o escoamento das águas durante os temporais e minimizar os alagamentos no Centro Histórico de Petrópolis. Os moradores da região já percebem hoje a diferença após as intervenções realizadas pelo Governo do Estado – ressaltou Uruan.

Obras de drenagem, contenção de encostas e recuperação de ruas

Além do Extravasor, a secretaria realizou obras de drenagem, contenção de encostas e recuperação de ruas atingidas pelas enchentes de 2022. Na Avenida Washington Luiz, foram reconstruídos os muros de contenção do Rio Quitandinha nos trechos que sofreram erosão nas margens, recuperados os muros de gabião remanescentes, refeita a canalização e recompostos o pavimento e guarda-corpo entre as ruas Rocha Cardoso e Doutor Nelson Rocha de Sá Earp.

Na Avenida Portugal, foram realizadas obras de contenção de encostas, recuperação da cobertura vegetal do morro e drenagem das ruas. Já na Rua Conde D´Eu, no bairro Castelânea, o governo executou a contenção de encostas, a revegetação e recuperação da rede de drenagem. O mesmo tipo de intervenção aconteceu nas ruas Teresa, 24 de Maio e Nova, no Centro. Houve a remoção de rochas soltas e a instalação de uma barreira dinâmica para evitar deslizamentos. Na Rua Pedro Ivo, na Cascatinha, foram realizadas a recuperação da calçada e parte da via, que deslizou com o impacto das chuvas. Foram executadas a contenção de encostas, recuperação da encosta e recuperação da drenagem.

A secretaria também realiza obras de pavimentação de diversas ruas na cidade, por meio do Programa Somando Forças. No momento, estão em execução obras de drenagem e pavimentação na Estrada Luís Gomes da Silva, no Caetitu. Além dessas obras, o Estado já iniciou o processo licitatório para contenções de encostas nas Ruas Uruguai, Bartolomeu Sodré e Avenida Paulista.

Tags

Compartilhe:

Edição 20/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Trilha mais antiga da Serra dos Órgãos completa 183 anos

“PREFEITO, CADÊ O DINHEIRO DA CAUSA ANIMAL?” Protetoras visitam canil e denunciam insalubridade

Feriado de São Jorge com promoção no Parc Magique do Le Canton

A festa pelo livro de Edinar Corradini

Anvisa mantém proibição ao cigarro eletrônico no país

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE