Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Operações para fiscalizar motos irregulares completam três meses

Ação do Estado ultrapassa 30 mil abordagens, com mais de 21 mil autuações

Lançada há três meses, no dia 18 de julho, a força-tarefa do Governo do Estado, que reúne agentes do Detran.RJ, Detro, policiais militares e policiais civis para reprimir a circulação de motos sem placas e irregulares registra números expressivos: 30.174 abordagens; 21.149 autuações; 450 operações; 4.180 motos rebocadas; e 211 CNHs recolhidas por motivos diversos – por estarem vencidas, cassadas, suspensas ou com o motociclista sem capacete e dirigir ameaçando os demais veículos.
Nesta terça-feira, dia 18/10, as operações acontecerão, no turno da manhã, em Niterói e Copacabana, e, à tarde, no Encantado, em Maricá e na Barra da Tijuca. À noite elas acontecem em Jacarepaguá.
As cinco principais infrações registradas nesses três meses são: licenciamento atrasado, condução de veículo sem CNH ou permissão para dirigir, além de veículo com sistema de iluminação ou sinalização alterados, veículo em mau estado de conservação e sem placas.
As operações de fiscalização acontecem todos os dias da semana, de segunda-feira a domingo, nos turnos da manhã, da tarde e da noite. Os locais são determinados seguindo um planejamento estratégico, escolhidos conforme denúncias que chegam à Ouvidoria do Detran.RJ e por estatísticas do Instituto de Segurança Pública (ISP).

SOBRE AS OPERAÇÕES:
Diariamente, são mobilizados cerca de 20 agentes do Detran.RJ, PM, Polícia Civil e Detro, em cada uma das seis operações. Para dar mais transparência aos procedimentos, os policiais militares atuam com câmeras portáteis. Além de garantir a segurança da operação, os PMs fazem revistas à procura de armas e drogas. Já os policiais civis atuam, também, em busca de condutores com mandados de prisão em aberto.
Os agentes do Detran atuam na fiscalização de trânsito, aplicando multas e demais penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro. O Detro, por sua vez, disponibiliza os reboques que transportam os veículos apreendidos para dois pátios – localizados nos bairros Engenho da Rainha e Vargem Grande. Os agentes do Detro também estão reprimindo o transporte clandestino durante as operações.

Edição 20/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

População transforma terreno vizinho da UPA em lixão clandestino

Cães farejadores ajudam polícia a encontrar grande carga de drogas

Jovem encontrado morto na BR-116 tem passagem por tráfico, diz PCERJ

Prefeito diz que não vai pagar o aumento de ninguém

Teresópolis: matagal toma conta de rua no Golfe

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE