Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Papai Noel dos Correios recebe pedidos da criançada

Em Teresópolis não há mais sistema de cartas, apenas cadastro pela internet

Foi lançada no dia 14 de novembro a Campanha Papai Noel dos Correios 2023 no Rio de Janeiro. O evento, que abriu o período de adoção de cartinhas em todo o estado do Rio, foi realizado no edifício-sede da empresa, na Cidade Nova. Além do Papai Noel e do mascote Carteirito, participaram da cerimônia a Superintendente Estadual dos Correios no Rio de Janeiro, Clarissa Mazzon, e a representante da Subsecretaria de Articulação e Integração da Rede – Secretaria Municipal de Educação, Viviane Motta. O evento contou com o lançamento de selo da edição 2023 e com apresentação de dança das alunas do Instituto João Gonçalves da Silva. O grupo musical Talentos Internos, formado por empregados da empresa, animou os convidados.
Como incentivadores da criatividade e da redação de textos, os Correios requisitam que as cartas sejam manuscritas. Além disso, no cadastramento será exigido o CPF da criança. O envio deve ser feito preferencialmente de maneira digital, através do Blog do Noel (https://blognoel.correios.com.br/blognoel). É necessário fotografar ou digitalizar para envio ao Blog. Atendendo aos critérios de seleção de cartas da campanha, as cartinhas são disponibilizadas para adoção. É importante ressaltar que não são selecionadas cartas que contenham endereço, telefone ou foto da criança.

Padrinhos e madrinhas
Para adotar uma ou mais cartinhas, basta retirá-las em uma agência participante da ação ou acessar o Blog da campanha. No caso de Teresópolis, somente virtualmente. Na página, clique em “Adoção On-line” e siga os passos. Para visualizar as cartinhas disponíveis em cada cidade ou município, é necessário escolher a localidade. Aqueles que desejam tirar sonhos do papel devem ficar atentos às diferentes datas de início e fim da campanha em cada estado. Cada pessoa escolhe a carta que vai adotar, de acordo com o presentinho solicitado. Sendo assim, há pedidos para todos os gostos e bolsos, pois há crianças que pedem brinquedos bem simples.
A entrega de presentes deverá ser feita presencialmente, no ponto de entrega mais próximo da localidade indicada no Blog e conforme o cronograma da campanha. Os presentes precisam estar identificados com as informações da cartinha. E fique atento: os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no Blog. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

O Papai Noel dos Correios
Há 34 anos, a campanha disponibiliza cartas com pedidos de crianças matriculadas do 1º ao 5º ano do ensino Fundamental, independentemente da idade, de escolas da rede pública e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com as Secretarias de Educação para trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP, bem como promover a inclusão social.

Como surgiu a campanha?
A campanha nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, encontravam cartinhas escritas por crianças e destinadas ao Papai Noel. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo. A Campanha Papai Noel dos Correios é tão antiga e conhecida da sociedade que, atualmente, muitos padrinhos e madrinhas adotam cartinhas porque receberam presentes dos carteiros quando eram crianças e jamais esqueceram dessa emoção.

Tags

Compartilhe:

Edição 17/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Preso acusado de receptação de sinal de Tv a cabo em Saquarema

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

Teresópolis: Passagens de ônibus dos doentes crônicos continuam sem solução

Polícia Ambiental flagra mais um desmatamento em Albuquerque

Parque Nacional terá processo seletivo para agente ambiental

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE