Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Parque Municipal de Teresópolis investe em observação de aves

Unidade de conservação cria atrativos e inicia parcerias com proprietários rurais

Este mês a equipe do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis deu o primeiro passo no cadastro de propriedades para contribuição com o “Programa Municipal de Observação de Aves de Teresópolis”. A primeira propriedade cadastrada foi o Sítio Saíra Azul Orgânicos, localizado na região de Santa Rita, diretamente conectado às florestas protegidas do PNMMT no Segundo Distrito do município. Publicado no Diário Oficial 145 de 04 de agosto de 2022, o programa visa estimular a atividade turística no município, principalmente no entorno de unidades de conservação. O objetivo principal é fortalecer atividades locais que já trabalham e/ou produzem algum tipo de produto, seja cultivo, hospedagem e atividades de ecoturismo.
A observação de aves é uma atividade que vem crescendo no Brasil e no Mundo. Teresópolis possui uma grande vocação para o tema, principalmente por abrigar em seu território três unidades de conservação da modalidade Parque em esferas políticas diferentes, além de contar com diversas Reservas do Particular do Patrimônio Natural. A conservação ambiental também ganha com a prática de observação de aves, principalmente considerando que os observadores possuem predileção em caminhar em ambientes bem conservados, buscando o melhor registro da ave que procura. Neste aspecto, as áreas protegidas são o foco predileto destes observadores.

Em atividade exploratória realizada no dia 15 de agosto passado, o observador profissional de aves Luca Barboza registrou na propriedade mais de 120 espécies de aves, como a corujinha do mato, pica-pau-verde-barrado e o bacurau ocelado

Sítio Saíra Azul
A visita ao Sítio Saíra Azul marca um grande passo e conquista deste programa. A propriedade, unidade de produção orgânica certificada, já trabalha com diversos atrativos turísticos, como hospedagem, café da manhã e almoços para grupos e hóspedes, visita guiada e venda de produtos orgânicos. Além disso, está parcialmente inserida nos limites do PNMMT, protegendo um importante fragmento florestal da unidade de conservação municipal. Os proprietários, Ester Farinha e Mário Costa, destacaram que “Estamos muito orgulhosos porque, através de nosso trabalho, conseguimos contribuir para a preservação da fauna e flora da região de Santa Rita. Um ambiente livre de agrotóxicos, que não compactua com a caça e captura de animais silvestres, nos presenteia com a beleza das cores e cantos dos pássaros, além da presença dos saguis e outros animais. Ao PNMMT só temos a agradecer pela parceria e constante apoio”. O endereço pode ser acessado através do Link https://goo.gl/maps/zdH5kXEwgvi7TuxD7. Os agendamentos e visitas podem ser agendadas através do Instagram @sitiosairaazulorganicos ou WhatsApp (21) 991061263.

A primeira propriedade cadastrada foi o Sítio Saíra Azul Orgânicos, localizado na região de Santa Rita, onde mais de 100 espécies foram avistadas

Registro fotográfico
Em atividade exploratória realizada no dia 15 de agosto passado, o observador profissional de aves Luca Barboza registrou na propriedade mais de 120 espécies de aves, como a corujinha do mato, pica-pau-verde-barrado e o bacurau ocelado, espécie está com o primeiro registro para o município de Teresópolis. Além da grande diversidade de aves, o fotógrafo também registrou um grupo da espécie de primata ameaçado de extinção, o Sagui-da-serra-escuro, espécie que já vem sendo estudada e monitorada em outra região do PNMMT e agora passa a ganhar um novo registro.
“Recebi o convite para realizar um levantamento de espécies no Sítio Saíra Azul com muito entusiasmo, afinal, eu já conhecia o entorno e sabia do potencial. Ao chegar no local me surpreendi positivamente com a recuperação realizada no local, parte da mata já se recuperando, e boa parte da mata primária ainda intacta. E embora essa região tenha uma mata mais seca que o normal em Teresópolis, na parte mais alta encontramos ainda um pouco da mata úmida característica da cidade. O que faz o local ter uma grande variedade de espécies, assim como uma boa quantidade de indivíduos. Creio que ainda vamos ver novas espécies no local,” destacou o observador de aves, Luca Barboza.

Victor Cunha, Chefe do PNMMT, com os proprietários do Sítio Saíra Azul, Ester Farinha e Mário Costa

Atrações em Santa Rita
Além de parcerias com produtores rurais, o PNMMT tem investido em atrativos para observadores de pássaros na sede Santa Rita. Ano passado foi construída uma torre de observação no meio da Trilha do Jacu, espaço que permite avistar de cima ou bem mais próximo a copa das árvores, e atualmente está em curso a criação de lago para atrair a avifauna específica de áreas alagadas. Em seguida, quando todo o entorno do espelho de água ficar pronto, serão construídas cabanas para a observação de aves.
Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis desenvolve a prática da observação de aves, que cria a relação com as aves em seus ambientes naturais, com respeito e harmonia com a natureza. Atualmente são 314 espécies catalogadas na área do parque, que está inserido no bioma Mata Atlântica, um dos ecossistemas mais ricos em biodiversidade do planeta e que possui cerca de 50% das aves brasileiras. Outra dica para os interessados no assunto é o livro sobre a avifauna do PNMMT, que pode baixado no site do Unifeso.

O sítio Saíra Azul está parcialmente inserida nos limites do PNMMT, protegendo um importante fragmento florestal da unidade de conservação municipal
Ano passado foi construída uma torre de observação no meio da Trilha do Jacu, espaço que permite avistar de cima ou bem mais próximo a copa das árvores
Ainda na sede Santa Rita atualmente está em curso a criação de lago para atrair a avifauna específica de áreas alagadas


Edição 23/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Novos radares começam a funcionar na Rio-Teresópolis x Além Paraíba

Polícia encontra plantação de maconha com direito a estufa em Teresópolis

Friaca: Pedra do Sino abaixo de zero!

Ladrão deixa sítio às escuras no Alto

Polícia investiga morte de morador do Morro do Tiro

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE