Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Petrópolis terá concurso para a Guarda Municipal

O prefeito Rubens Bomtempo anunciou concurso público para a Guarda Municipal.

O concurso faz parte do conjunto de medidas que a Prefeitura, em parceria com a Polícia Militar e com a sociedade civil organizada, tomará para combater as motos irregulares em Petrópolis.

“Estou anunciando aqui a abertura do concurso para a Guarda Municipal. Isso é prioridade máxima. É pra ontem. Precisamos fortalecer a nossa Guarda Municipal, para ela ter uma atuação mais contundente, mais robusta, sempre em parceria com a Polícia Militar. O último concurso para a Guarda foi em 2005, no nosso governo”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Também estão previstas outras medidas para combater as motos irregulares: a intensificação das ações de fiscalização conjuntas entre Guarda Municipal e Polícia Militar, com o apoio da CPTrans; o financiamento da regularização das motos pelo município; uma campanha robusta de sensibilização junto a motociclistas e empresários; um selo para o empresário que contratar entregadores com motos regulares; um trabalho de educação nas escolas; entre outras.

Reunião extraordinária em resposta ao “rolezinho” de Natal

Essas ações foram debatidas durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Segurança Pública, na Casa dos Conselhos Municipais Augusto Ângelo Zanatta. O governo municipal irá trabalhar nessas propostas nos próximos dias, para, na próxima reunião do conselho, já apresentar um proposta para ser executada.

A reunião foi uma resposta do município ao acontecido na madrugada de Natal em várias cidades do país (Petrópolis foi uma delas). Os chamados “rolezinhos”. Encontros de dezenas de motociclistas, com motos com o escapamento adulterado, para, propositadamente, provocar um barulho excessivo pelas ruas por onde passam.

“Vamos combater esse problema com diálogo, inteligência e repressão. Entendi que, na madrugada do Natal, nós fomos desafiados. E nós aceitamos o desafio. Vamos enfrentar o problema. Se, em 2 anos, nós conseguimos recuperar a cidade do maior desastre da história de Petrópolis, nós temos capacidade de cuidar de todos os problemas, inclusive desse”, disse Bomtempo.

Também participaram da reunião: o comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar (Petrópolis), tenente-coronel Celso Jorge Lydia Filho; o secretário de Segurança, Serviços e Ordem Pública (SSSOP), Ramon Mello; o diretor-presidente da CPTrans, Thiago Damaceno; e, representando o Conselho Comunitário de Segurança, Guilherme Lacombe e Alvanei Abi Daoud.

Tags

Compartilhe:

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

LADRÕES DE RESIDÊNCIAS: Troca de tiros e quadrilha presa na Barra do Imbuí

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Bolsonaro não responde à PF em depoimento sobre golpe de Estado

Governo do Estado atua nas cidades afetadas pelas chuvas

Moradores denunciam possível foco do mosquito em casa abandonada

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE