Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Prefeito comemora pagamento de prestação de dívida com o HCT

Em Nota Oficial, prefeitura informa que cumpriu as duas parcelas, e a terceira será paga em dezembro desse ano

Wanderley Peres

“O município de Teresópolis pagou nesta terça-feira, 20/02, R$ 15 milhões ao Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (HCTCO), relativos a 2ª parcela do acordo homologado em audiência de conciliação na 1ª Vara Cível de Teresópolis”, informou, em Nota Oficial, nesta quarta-feira, 21, o prefeito Vinícius Claussen, que totalizou o montante de R$ 30 milhões do acordo, restando apenas o pagamento da terceira e última parcela, de R$ 13.094.806,62, que deverá ser quitada no dia 10 de dezembro de 2024, incidindo sobre ela correção monetária, com base no IPCA-E, até a data do pagamento. “Desta forma, o atendimento à população está mantido e sem ameaças de paralisação”, diz ainda, afinal o descumprimento do acordo incidiria em nova paralização de atendimento.
Sobre valores em aberto com o Hospital das Clínicas, e ainda devidos, a Prefeitura esclarece que se referem a precatórios anteriores a 2017 e, da dívida que pagou, forçadamente, cerca de dois terços dela, afirma serem dívidas do ano passado. “Com a quitação da 1ª parcela de R$ 15 milhões, ocorrida no dia 20 de dezembro de 2023, a Prefeitura totaliza o pagamento de R$ 30 milhões referentes a dívidas do ano de 2023”.
Não é verdade. A dívida não é de 2023 e sim uma dívida de anos anteriores, que teve acordos para pagamentos não cumpridos ao longo do ano passado, daí a paralização do atendimento e a garantia da Justiça à FESO para uma nova paralização, se não fossem pagas as parcelas no prazo firmado.

EXPLICANDO A DÍVIDA
Em 2022, a dívida da Prefeitura com a FESO, antiga e atualizada, havia chegado em R$ 60 milhões. Então a instituição optou pela execução da parte da dívida passada e o parcelamento da dívida recente, que girava em cerca de 30 milhões, parcelando em 10 vezes de R$ 3 milhões, e a partir daí a Prefeitura teria a regularidade dos serviços e faria a regularidade dos pagamentos.
“Os 30 milhões não foram pagos, todo, tanto que só foi recebido agora, por ordem da Justiça, os 18 milhões e meio, e ao longo de 2023 se pagou muito pouco da outra dívida, chegando ela a R$ 96 milhões, deste valor 66 milhões de dívida só em 2022 e 2023. Depois da decisão do TJ, foi pago 18.5 milhões e continua uma dívida de 43 milhões, além do precatório, dívida jogada para o futuro, que um dia vamos receber”, informou o presidente da FESO, Luiz Eduardo Tostes, em entrevista a O DIÁRIO, quando ficou claro que a dívida negociada e paga parte dela se refere a serviços não pagos desde 2020.
“No final de 2022, quando viemos para a negociação do contrato de 2023, o que optamos é que esse contrato seria de 4 meses apenas, para a gente poder cumprir se os pagamentos fossem feitos, e esse contrato cobria somente até maio, quando pararíamos o atendimento. O contrato não foi cumprido e decidimos parar o atendimento, mas houve a decisão da justiça de que não podíamos parar, mesmo com o contrato não honrado, e agora veio a derrubada da decisão, permitindo a paralisação do atendimento e obrigando a Prefeitura ao pagamento do acordado na justiça, quanto à dívida de 2022”.

COMPROMISSO
“A atual gestão mantém o diálogo aberto e respeitoso com o HCTCO e reitera o compromisso de continuar trabalhando para superar as dificuldades econômicas, financeiras e administrativas enfrentadas pelo Município ao longo dos anos devido à crise nacional e à queda da arrecadação, a fim de fazer frente às despesas e atender a população”, diz a Nota, que anuncia a ampliação dos serviços.

Edição 18/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com quatro armas e munições em Teresópolis

Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE