Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Projeto cria programa alimentar alternativo para pessoas com alergias

Texto aprovado incorporou emendas parlamentares e será votado em redação final

O Estado do Rio pode ganhar um programa de fornecimento de alimentos alternativos e fórmulas alimentares para pessoas com alergias a diversos alimentos como, por exemplo, a carne bovina. É o que prevê o Projeto de Lei 2.875/14, do deputado Bernardo Rossi (SDD), que foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) em segunda discussão, nesta quarta-feira, 01. O texto aprovado incorporou emendas parlamentares e, por isso, ele ainda deverá ser votado em redação final antes de ser encaminhado ao governador Cláudio Castro. De acordo com o texto, o Executivo, que regulamentará a norma, deverá estimular campanhas de voluntariado junto às secretarias municipais de saúde, entidades de classe, associações comunitárias e ONGs. “Seis em cada 100 crianças desenvolvem algum tipo de alergia, e até 8% das crianças com menos de três anos e 3% das pessoas em idade adulta mantêm intolerância a determinados alimentos”, ressaltou o autor do projeto. “Depois da regulamentação do Poder Executivo e da Secretaria de Estado de Saúde, esse programa vai complementar a alimentação oferecida em escolas e hospitais”, explicou Rossi.

Tags

Compartilhe:

Edição 13/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Protetoras sem respostas às críticas feitas à gestão municipal

Sesc Alpina recebe mais uma edição da ChocoSerra

Licenciamento de veículos: taxa de emissão do CRLV-e volta a ser cobrada

“Agroturismo”, um convite para novas descobertas em Teresópolis

GAECO/MPRJ obtém bloqueio de R$ 6 milhões do ex-prefeito do município de Carmo e de outros envolvidos em fraude na compra de respiradores

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE