Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Projeto da prefeitura prevê mais quatro anos de dívidas

Na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira, dia 5, foi recebido o projeto encaminhado pela prefeitura de Teresópolis que define as diretrizes e metas da administração municipal para os próximos quatro anos, o chamado Plano Plurianual, que envolve principalmente a divisão orçamentária em prioridades. A vereadora Cláudia Lauand verificou falhas na elaboração do documento e alertou para uma das consequências graves que podem ocorrer, caso o projeto seja aprovado da forma como chegou que seria a continuidade nos atrasos de salários do funcionalismo, pois consta na proposta que o município continuará gastando mais do que arrecadando.

Marcus Wagner

Na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira, dia 5, foi recebido o projeto encaminhado pela prefeitura de Teresópolis que define as diretrizes e metas da administração municipal para os próximos quatro anos, o chamado Plano Plurianual, que envolve principalmente a divisão orçamentária em prioridades. A vereadora Cláudia Lauand verificou falhas na elaboração do documento e alertou para uma das consequências graves que podem ocorrer, caso o projeto seja aprovado da forma como chegou que seria a continuidade nos atrasos de salários do funcionalismo, pois consta na proposta que o município continuará gastando mais do que arrecadando.
“O projeto do Plano Plurianual é de 2018 a 2021. Pedi ajuda aos vereadores que fazem parte da Comissão de Finanças, porque, pelo que eu vi, as contas não estão fechando, como a gente já sabe. O município está arrecadando muito menos e gastando muito mais, agora como eu sendo vereadora vou aprovar uma peça onde consta que você não tem condições de cumprir o seu orçamento? Eu senti falta também da numeração das paginas até para a gente identificar onde estão os problemas”, disse a vereadora.
De acordo com a parlamentar, ainda é preciso analisar com calma todo o conteúdo com apoio de uma equipe técnica para que mudanças sejam propostas: “Eu pedi para que os vereadores se posicionassem porque é uma peça que precisamos analisar com muito cuidado com a nossa prerrogativa porque é um projeto em que vamos nos basear e uma vez aprovado, nós estaremos afirmando para a população que não iremos ter dinheiro para pagar o funcionalismo, essa é a questão toda. A gente tem que pegar essa peça, analisar e definir estratégias para honrar nossos compromissos”, completou Claudia. 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 23/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Polícia encontra plantação de maconha com direito a estufa em Teresópolis

Friaca: Pedra do Sino abaixo de zero!

Ladrão furta quase R$ 6 mil em medicamentos em Teresópolis

Novos radares começam a funcionar na Rio-Teresópolis x Além Paraíba

Ladrão deixa sítio às escuras no Alto

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE