Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Rio de Janeiro sediará a maior competição escolar do mundo entre os dias 18 e 27 de agosto

Estado fará aporte de R$ 5 milhões por meio da Lei Pelé para a Gymnasiade, que terá 22 modalidades em equipamentos olímpicos da capital

O Rio de Janeiro vai sediar a Gymnasiade, a maior competição escolar do mundo. O tema foi tratado durante reunião do governador Cláudio Castro com representantes da Internacional School Sport Federation (ISF), da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) e da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, no Palácio Guanabara, nesta quinta-feira (9/3). Como parceiro do evento, o Governo do Estado fará um aporte de R$ 5 milhões para o evento, por meio da Lei Pelé. 

A novidade quebra um jejum de 10 anos sem a capital fluminense receber o evento. A Gymnasiade será realizada entre os dias 18 e 27 de agosto e vai resgatar uma importante memória esportiva no Rio: as provas serão realizadas nos equipamentos onde aconteceram os Jogos Olímpicos de 2016.  

– Temos grande satisfação em receber um evento que envolve vários países. É mais uma demonstração de que o Estado do Rio consolidou o resgate do seu potencial e credibilidade para sediar grandes eventos esportivos. No último ano, recebemos os Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), que já foram um sucesso, além do Rio Open, no último mês. Temos uma vocação natural para o esporte e uma pluralidade de espaços para prática de diferentes modalidades. Estamos fortalecendo uma importante cadeia no estado, que, além de alavancar o segmento, movimenta o turismo e a nossa economia. Além disso, seguimos vocacionando nossas escolas para termos a atenção do aluno que precisamos. O esporte é um desses caminhos – ressaltou o governador Cláudio Castro.

Ao todo, serão 22 modalidades disputadas, sendo três do paradesporto. Entre elas estão o Atletismo, Atletismo Adaptado, Badminton, Basquete 3×3, Boxe, Dança, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Judô, Judô Paralímpico, Esgrima, Karatê, Natação, Paranatação, Taekwondo, Wrestling, Skate, Xadrez, Tiro com Arco e Orientação. E mesmo a pouco mais de 160 dias da próxima edição, a Gymnasiade no Rio já entrou para a história como a maior de todas pelo número recorde de modalidades, que nesta edição ainda vai contar com a estreia do Skate e Surfe na disputa.

A expectativa é que o Rio receba 4 mil participantes, sendo 2.100 estudantes-atletas, com idade entre 13 e 15 anos de escolas públicas ou particulares. O evento terá entrada gratuita.

– É um privilégio para o Rio de Janeiro sediar mais uma vez um evento esportivo global. O governador, desde o início, nos determinou a trabalhar junto à CBDE e à ISF para garantir as melhores competições escolares do mundo. Principalmente para os atletas-estudantes, que terão a oportunidade de receber a Gymnasiade no legado olímpico do Rio. As 22 modalidades serão disputadas nas arenas olímpicas e queremos fazer dessa oportunidade uma chance de inclusão e troca cultural entre os estudantes do mundo todo que estarão aqui – analisou o secretário de Esporte e Lazer, Rafael Picciani.

Comitiva internacional em campo

Os ajustes para a realização do evento já estão a todo vapor. Para que toda a organização operacional e técnica esportiva da competição seja planejada e traçada, desde o começo da semana, membros da ISF (executivos e presidentes técnicos esportivos das modalidades) estão na cidade do Rio para a vistoria técnica, que envolve a integração do comitê organizador da ISF e do Comitê Organizador Local da CBDE. 

– Estamos organizando as visitas preliminares para assegurar que todas as condições estão de acordo para receber a Gymnasiade 2023, em agosto, no Parque Olímpico, e estamos muito satisfeitos com o espaço porque todas as necessidades já estavam devidamente prontas quando chegamos. Podemos ter certeza de que todos os atletas do mundo ficarão extremamente felizes em vivenciar mais uma vez o espírito e os valores olímpicos – disse o presidente da ISF, Laurent Petrynka.

Para o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, o Rio de Janeiro se destaca internacionalmente como referência para o esporte.

– Mais uma vez o Governo do Rio está demonstrando o seu compromisso com o esporte, com a educação e com a cultura do nosso povo. Quando conversamos sobre realizar esse evento, diferentes países de imediato citaram o Rio de Janeiro. Todo mundo ama o Brasil e identifica o Rio como expressão máxima do que temos de melhor em nosso país. Estamos no caminho certo para mostrar o que o Brasil tem de positivo – finalizou Antônio.

A Gymnasiade é uma realização da ISF, junto com a CBDE, com apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio de Secretaria de Estado de Esporte e Lazer; do Sesc Rio; da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ); da Prefeitura do Rio; e do Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte.

Compartilhe:

Edição 19/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com quatro armas e munições em Teresópolis

Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE