Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Rio registra alta de 313% em internações e 172% em óbitos por covid-19

Governo trabalha para ampliar centros de testagem no estado

Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro
O Mapa de Risco da Covid-19 divulgado nesta sexta-feira (21) mostra que o estado do Rio de Janeiro voltou a ser classificado como bandeira laranja, o que indica risco moderado para covid-19. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, cinco das nove regiões de saúde do estado (Médio Paraíba, Centro Sul, Serrana, Norte e Noroeste) permanecem com risco baixo, a bandeira amarela. Já as regiões da Baía da Ilha Grande, Metropolitana I, Metropolitana II e Baixada Litorânea estão em bandeira laranja, com risco moderado para covid-19.

Os óbitos tiveram aumento de 172%, passando de 18, na semana epidemiológica 52, para 48, na semana epidemiológica 2. Já as internações passaram de 89, na semana epidemiológica 52, para 368, na semana epidemiológica 02, o que representa um aumento de 313%. 

Os indicadores apontaram que, no período de 11 a 18 de janeiro, a taxa de positividade para Sars-CoV-2 em testes RT-PCR foi de 55%. Nesta quinta-feira (20), a taxa de ocupação de leitos dedicados para casos de covid-19 é de 49% para unidades de tratamento intensivo (UTI), e 42% para enfermaria. 

O boletim indica que o aumento repentino na quantidade de resultados positivos dos testes para detecção de covid-19 foi identificado a partir de meados da 52ª semana epidemiológica (de 26 de dezembro a 01 de janeiro), quando o índice passou de 1,4%, no fim de dezembro, para mais de 20% nos primeiros dias de janeiro. 

“Ainda estamos observando um aumento na curva de casos de covid-19 por causa da circulação da variante Ômicron no estado. Essa é uma variante com alta taxa de transmissibilidade no mundo todo. Diante deste cenário, acionamos o nosso plano de contingência e já convertemos 54 leitos de enfermaria e 35 de UTI para pacientes com covid-19. Na próxima semana, serão mais 20”, informou o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, que informou também que o governo trabalha para ampliar centros de testagem.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores: roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo). Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada localidade.

Testagem
A secretaria esclarece que, neste sábado (22) e domingo (23) vão funcionar os postos de testagem para a covid-19 instalados nas Unidades de Pronto Atendimento de Bangu, Campo Grande II e Jacarepaguá, na Zona Oeste, e Tijuca, Penha e Marechal Hermes, na Zona Norte, além do Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz (HERCruz), em Nova Iguaçu. Os polos localizados no Iaserj e Centro de Atletismo Célio de Barros, no Maracanã, e nos PAMs de Cavalcanti e Coelho Neto e Policlínica Piquet Carneiro ficarão fechados, retornando o atendimento na segunda-feira (24).

O atendimento nesses locais é realizado exclusivamente por agendamento online. Caso a pessoa não possa comparecer, o sistema oferece a opção de desmarcar o teste, reduzindo, dessa forma, o número de faltas.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 14/05/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Câmara aprova representação contra o prefeito de Teresópolis

Cedae vai paralisar o sistema principal nesta terça-feira em Teresópolis