Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Rio Rural é exemplo de desenvolvimento sustentável

Programa está entre as iniciativas mais inovadoras selecionadas pela FAO

O programa Rio Rural, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, foi selecionado entre as iniciativas mais inovadoras para o desenvolvimento rural sustentável da América Latina e Caribe, pela FAO (Organização de Agricultura e Alimento das Nações Unidas). O Rio Rural já beneficiou quase 46 mil produtores familiares em 373 microbacias hidrográficas de 78 municípios fluminenses, com incentivos para a adoção de práticas sustentáveis, harmonizando a produção de alimentos e a recuperação ambiental. A Organização de Agricultura e Alimento das Nações Unidas avaliou 242 iniciativas e destacou o programa do Governo do Rio como importante para o fortalecimento das comunidades rurais. O comitê de avaliação – formado por especialistas da FAO, do Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura, do Fundo de Inovação Social do Chile e da Comissão Econômica da América Latina e Caribe – selecionou os 12 vencedores.
Realizado em parceria com o Banco Mundial, o programa Rio Rural contempla agricultores com apoio técnico e financeiro na implantação de projetos econômicos nas diversas cadeias produtivas e ações ambientais com foco na gestão de recursos hídricos. Até o fim de 2018, a iniciativa terá investido um total de US$ 152 milhões em ações para a melhoria das práticas agrícolas.

Renda no campo
As ações do programa são responsáveis pelo aumento da renda no campo e melhoria das práticas agrícolas e ambientais, entre elas: pastejo rotacionado, plantio direto, sistemas agroflorestais, ordenha mecânica e tanques de resfriamento para leite. Como contrapartida, os beneficiários realizam ações de conservação ambiental em seus sistemas de produção. Entre os principais projetos incentivados estão a proteção de 8.290 nascentes, recuperação de mata ciliar e áreas de recarga hídrica. As práticas produtivas sustentáveis implantadas já abrangem 1,5 milhão de hectares.

Escoamento da produção agrícola
Com o objetivo de facilitar o escoamento da produção rural até os mercados consumidores, o governo do estado tem investido na recuperação e manutenção de estradas vicinais. O programa Estradas da Produção, da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, já beneficiou mais de 280 mil produtores rurais. No total, cerca de 3,3 mil quilômetros dessas vias foram recuperados em todo o território fluminense. Com uma extensa cobertura em todo o estado, o programa já beneficiou diretamente a população rural de 72 municípios, sendo nove no Norte, 14 no Noroeste, 16 na Serra, 15 no Sul e 18 na Região Metropolitana.
Segundo a Emater Rio (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio de Janeiro), responsável por executar o programa, a melhoria das condições das estradas vicinais também proporcionou a redução do custo de frete, da manutenção de veículos e do consumo de combustível, além de garantir o transporte de produtos em época de chuva.

 

Tags

Compartilhe:

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE