Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Rua Dr. Oliveira: moradores denunciam perigo afundamento de calçada

Situação de risco pode piorar ainda mais com as obras da empresa Águas da Imperatriz

Isla Gomes

Moradores da Rua Dr. Oliveira, uma das principais vias de acesso a bairros como Pimenteiras e Barra do Imbuí, denunciam trecho em que a pista está afundando. Parte da calçada já caiu em pequeno córrego que passa ao lado da pista e eles temem que a situação possa piorar ainda mais com a obra que está sendo realizada pelas Águas da Imperatriz, uma vez que isso pode pressionar mais o solo no local. Eles alegam que esse problema já é recorrente no local. O trecho, que fica entre o posto de saúde de Pimenteiras e a escola Lar de Isabel já está estreito para os pedestres, pondo em risco a segurança dos mesmos, que podem cair junto com o chão. Por dia passam centenas de pessoas por ali, incluindo crianças indo para a escola. Carros também têm avançado para a “calçada” deixando pedestres em risco uma vez que a calçada se confunde com a rua e os veículos que precisarem de acostamento também correm o risco de afundar junto com o asfalto.

“Esse trecho aqui está muito perigoso, não tem uma contenção e a rua está cedendo. Com a proximidade da obra da Águas da Imperatriz nós tememos que caia ainda mais”, destaca a moradora Regina Fechó. Foto: Isla Gomes/O Diário


Em entrevista ao Diário, a moradora Regina Fechó relatou sua indignação. “Esse trecho aqui está muito perigoso, não tem uma contenção e a rua está cedendo. Com a proximidade da obra da Águas da Imperatriz nós tememos que caia ainda mais. Nesse caminho passam muitos estudantes, muitas crianças e pessoas idosas indo para o posto de saúde. O trecho fica exatamente entre uma escola e um posto de saúde, o que agra a situação. Vale frisar que esse é um problema recorrente, já teve uma vez que esse mesmo trecho caiu desmoronou tanto que as pessoas passavam pela pista dos carros. Aqui em Pimenteiras nosso IPTU não é barato, em contrapartida nosso bairro necessita de muitos reparos e não recebe a atenção apropriada do poder público. Eu já abri um protocolo junto à prefeitura para reclamar disso, mas, até agora nada foi feito” enfatiza.

Mais depoimentos
A aposentada Conceição Gonçalves também é moradora do local e fez questão de destacar sua opinião. “Eu acho que as autoridades precisar prestar atenção nessa situação. Neste trecho da Dr. Oliveira passam muitos idosos como eu e meu marido, além dos pais que passam ali levando as crianças para a escola. Está cada vez mais difícil para nós passarmos por ali e a tendência é ficar cada vez mais complicado, tanto para os carros quanto para nós transeuntes”, desabafa.

“Eu acho que as autoridades precisar prestar atenção nessa situação. Neste trecho da Dr. Oliveira passam muitos idosos como eu e meu marido, além dos pais que passam ali levando as crianças para a escola”, desabafa a aposentada Conceição Gonçalves. Foto: Isla Gomes/O Diário

O que diz a prefeitura
O Diário entrou em contato com a prefeitura, através da Assessoria de Comunicação, no final da tarde da quinta-feira (02). Em nota encaminhada para a nossa redação, eles afirmam que: “a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos informa que os reparos do referido trecho da Rua Dr. Oliveira estão na programação para serem executados o mais breve possível”.


Edição 25/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Moradores de Albuquerque continuam convivendo com lamaçal

TCE-RJ emite parecer prévio favorável à aprovação das contas do Governo do Estado

Teresópolis recebe ações pelo “Maio Laranja”

Lançamento da pré-candidatura de Alex Castellar

Mudanças na temperatura podem provocar gripes e resfriados

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE