Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

SAMU de Teresópolis é destaque em atendimento de trauma

Equipes do município tiveram boa colocação em congresso realizado a nível nacional

Isla Gomes

Em funcionamento no município há pouco mais de dois anos, o SAMU tem se mostrado de grande importância em diversos atendimentos à população, completando lacunas deixadas por outros setores nos últimos anos. Nesse período, as equipes da unidade local do Serviço Móvel de Urgência, que tem sede na Rua Júlio Rosa, na Tijuca, têm passado por cursos de aperfeiçoamento e participado de congressos com o objetivo de melhorar o importante serviço prestado no município. Na semana passada, dois desses grupamentos foram deslocados para participar do 6º Encontro Nacional de Trauma, dentro do Congresso Brasileiro de Trauma, realizado no município de Concórdia, em Santa Catarina, retornando para casa com excelentes colocações em ações com participação de equipes de todo o país.
No evento realizado nos dias 19, 20 e 21 de abril, o SAMU de Teresópolis ficou com a quarta colocação na Categoria Desenvolvimento, com as equipes Bravo e Alfa, no cenário Standard Nacional, e uma terceira colocação na Categoria Desenvolvimento, no cenário Complex Nacional. Nossa reportagem esteve na unidade nesta sexta-feira para conversar com a coordenação sobre o congresso. “Foi um privilégio para a gente poder estar participando do ‘Desafio Nacional de Trauma’, fomos com o objetivo de participar, mas, tivemos ótimos resultados dentro de uma disputa de um cenário nacional. A medicina evolui o tempo todo e junto com ela os protocolos também, o SAMU de Teresópolis tem acompanhando esses novos protocolos e temos fetos diversos treinamentos em nossa base. Tudo isso deu uma base perfeita para que pudéssemos obter esse resultado excelente, sendo avaliados e aprovados por nomes renomados do nosso cenário”, destacou o Coordenador do SAMU Teresópolis, Pablo Féo.

As provas exigiam que os profissionais participantes identificassem agravo da “vítima” e de imediato já demostrassem quais deveriam ser os procedimentos diante do quadro. Foto: Isla Gomes/O Diário

Equipe unida
Integrantes do grupamento que presta importante serviço no município também falaram com o Diário. “Nós conseguimos um feito muito importante para o município com esse congresso, pois, lá estavam equipes do país inteiro. Na realidade é um desafio no qual nós disputamos com nós mesmos, somos avaliados pela nossa conduta e de acordo com a numeração de pontos que conseguíamos éramos classificados no ranking. As equipes no congresso foram niveladas do técnico de enfermagem ao médico, disputando as mesmas provas, de forma igual, para que todos possamos apresentar os conhecimentos técnicos que fazem a diferença na vida da população”, conta o enfermeiro Antônio Carlos Ribeiro.
O também enfermeiro Paulo Cesar Carreiro falou sobre a importância de aperfeiçoamento das técnicas aplicadas. “O exercício do SAMU em prática na rua não é fácil, então no congresso a gente pôde sentir na pele essa função, sendo testados a todo o momento. As provas exigiam que identificássemos agravo da ‘vítima’ e de imediato já demostrássemos quais deveriam ser os procedimentos diante do quadro. Nossa profissão lida com vidas reais, por isso a importância de estarmos sempre aprimorando nossos conhecimentos. Esse tipo de evento faz a gente lembrar o quanto é essencial estar sempre evoluindo como profissionais da saúde”, destaca.

“Nós conseguimos um feito muito importante para o município com esse congresso, pois, lá estavam equipes do país inteiro”, ressaltou o enfermeiro Antonio Carlos Ribeiro. Foto: Isla Gomes/O Diário


“São anos me dedicando a essa profissão, então o sentimento de ser destaque neste congresso é de pura gratidão. A minha área de atuação é de emergência e participar de um desafio desses no qual somos testados o tempo inteiro não foi fácil, mas, poder representar o SAMU de Teresópolis foi uma honra. Vale destacar que representamos não só Teresópolis, mas, o Estado todo, pois, fomos as únicas duplas representando o Rio de Janeiro”, reforça a enfermeira Cristina Mello.
Condutor socorrista, Bernardo Queiróz agradeceu também o apoio recebido para a participação no congresso. “O desafio já teve início quando nós resolvemos sair daqui o deslocamento já foi um teste. Sinto muita gratidão por ter feito parte dessa equipe de destaque, agradeço a Deus, nossas famílias e a todos os coordenadores que a todo o momento nos apoiaram. Nosso grupo do SAMU Teresópolis está sempre preparado para oferecer um desempenho de excelência, seja em competições ou nas ruas de Teresópolis, agindo na vida real para salvar vidas”, pontua.

Edição 18/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Barra do Imbuí recebe serviços gratuitos do “RJ Para Todos” nesta quinta, 23

Camex zera tarifa de importação para garantir abastecimento de arroz

Sepultado o servidor público André Luiz

Restaurante Donna Tê realiza mais uma edição do “Jantar Imperial”

Portais de Hércules, o lugar mais bonito da Serra dos Órgãos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE